CAMPANHA DE UTILIDADE PÚBLICA--INFRAESTRUTURA

CAMPANHA DE UTILIDADE PÚBLICA--INFRAESTRUTURA
CAMPANHA DE UTILIDADE PÚBLICA--INFRAESTRUTURA

domingo, 17 de dezembro de 2023

Ministério da Saúde alerta para o risco de insolação por conta do calor extremo

 

O Ministério da Saúde orienta que as pessoas procurem atendimento médico caso sintam mal-estar - (crédito: Carlos Vieira)

Segundo o Inmet, a onda de calor que atingiu o país nesta semana acabará neste domingo (17/12). Na segunda, é previsto que as temperaturas diminuam

O Ministério da Saúde (MS) publicou uma série de cuidados que devem ser tomados durante o período de calor extremo no país. O órgão alerta para o risco de insolação, e orienta que as pessoas procurem atendimento médico caso sintam mal-estar.
A nota, publicada nas redes sociais na manhã deste domingo (17/12), alerta para os seguintes sintomas: 
  • Insolação: pulsação rápida e forte, náusea, cãibras, desmaio, erupção cutânea, e outros; 
  • Desidratação: tontura ao levantar-se, para se deitar ou sentar e alteração na coloração da urina;
  • Queimaduras: pele vermelha, inchada ou dolorida;
  • Exaustão térmica: transpiração, náuseas, cãibras musculares e diarreias. 






Está sentindo mal-estar por causa do calor? Fique atento‼️ As ondas de calor são situações cada vez mais extremas e você pode precisar, SIM, de atendimento médico.

Fonte: https://twitter.com/





Na última terça-feira (12/12), o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um alerta para uma massa de ar quente que ganhou força nesta semana. Segundo a nota, a nova onda de calor intenso, que começou nesta sexta-feira (15/12), vai até este domingo. 

As temperaturas podem superar os 40ºC, nos estados de Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, interior de São Paulo, Goiás e Bahia. 

A partir de segunda-feira (18), uma frente fria irá se deslocar, aumentar a umidade e diminuir as temperaturas, especialmente na região Sul, cessando a onda de calor e trazendo temperaturas mais amenas para o fim de ano. 

Fonte:  https://www.correiobraziliense.com.br/
















Nenhum comentário:

Postar um comentário