UM NOVO TEMPO

UM NOVO TEMPO
+ DE 40 ATENDIMENTOS PEDIÁTRICOS

sexta-feira, 31 de agosto de 2012


VILMAR ROCHA ESTIMULA BASE NO ENTORNO


Wilson Silvestre/ Jornal Opção=
Deputado federal licenciado e secretário da Casa Civil, Vilmar Rocha (PSD) estimula a base de sustentação do governo Marconi Perillo no Entorno do Distrito Federal, entrar para valer na disputa pelas prefeituras. Vilmar lembras aos pré-candidatos de que “não importa o partido já que todos buscam o mesmo objetivo: fortalecer o governo de Goiás”.
Recentemente, Vilmar recebeu os deputados estaduais Hildo do Candango (PTB), líder nas pesquisas de intenção de votos na corrida pela Prefeitura de Àguas Lindas de Goiás, e Sônia Melo (PSDB), também liderando no Novo Gama. Aos dois, Vilmar disse que terão o apoio integral do PSD, pois nestes municípios o partido não é cabeça de chapa.

O chefe da Casa Civil acredita que a base do governo vai sair fortalecida na região. “Os governos de Marconi sempre investiram no Entorno, por isso ele tem o reconhecimento da população, como ficou provado na disputa para o governo de Goiás.”
Quarta-feira 29 de agosto

ACABA A GREVE DA POLICIA CIVIL DO ENTORNO

Greve - Polícia Civil retorna ao trabalho
30 de agosto de 2012
 Em assembleia realizada ontem, categoria aceitou proposta do governo e paralisação de 50 dias acaba.
As delegacias de polícia e distritos policiais localizados em todo o Estado voltam a funcionar plenamente a partir de hoje. Numa tumultuada assembleia-geral realizada na tarde de ontem, escrivãos, agentes policiais, motoristas e demais servidores da Polícia Civil decidiram suspender a greve da categoria iniciada há exatos 50 dias. Eles aceitaram a proposta apresentada pelo governo que garante a reestruturação da carreira policial, com promoções imediatas; a diminuição do intervalo de 4 anos para 2 anos entre promoções e mudanças de nível e a concessão do bônus de 5% a 20% sobre o valor do salário para os profissionais que estão na ativa.
 Todas essas garantias serão transformadas em projeto de lei, a ser encaminhado para aprovação da Assembleia Legislativa. A reunião que colocou ponto final na mais longa paralisação dos policiais civis foi realizada no Teatro Madre Tereza Garrido, no Colégio Santo Agostinho, no Centro, por mais de duas horas. Cerca de mil policiais compareceram à assembleia-geral. Inicialmente, os representantes da União Goiana dos Policiais Civis (Ugopoci) e do Sindicato dos Policiais Civis do Estado de Goiás (Sinpol) apresentaram aos colegas, por meio de data-show, uma planilha indicando como ficará o vencimento, conforme o nível e a classe.
Os dados apresentados pela Secretaria Estadual de Segurança Pública e Justiça (SSP) às entidades indicam que, com as promoções imediatas, o salário do profissional de terceira classe (em início de carreira) passará de R$ 2.971,00 para R$ 3.566,00. Já os que estão no topo da profissão, na classe definida como especial, terão o vencimento de R$ 4,3 mil acrescido para R$ 5.637,00.
Fonte: Sinpol-GO

quarta-feira, 29 de agosto de 2012


AVENIDA JK: CARTÃO POSTAL, TRANSTORNO OU SUPERFATURAMENTO?


Vereador Aderson da Modelle

A revitalização da Avenida JK bradada aos quatro cantos como a obra que marcaria a administração atual está naufragando literalmente. A mesma avenida que é o coração pulsante da economia águaslindense padece do mau planejamento e execução da obra... Em 2010 quando iniciada a sua revitalização com claros fins eleitoreiros foi realizada de forma que pudesse tirar o foco do adversário político do prefeito, o que acabou se arrastando por quase oito meses, prejudicando e muito os comerciantes que tiveram prejuízos incontáveis em período natalino. Não bastasse isso, hoje claramente a Avenida menos de um ano depois de sua chamada “revitalização” mostra de forma grotesca erros primários de estruturação, como a falta de bocas de lobo para recolhimento de águas pluviais, desnível do terreno onde a água escorre para dentro dos comércios, a jardinagem feita com tamanho desprezo pelo verde, e que hoje, as palmeiras que custaram a fortuna de Ali Babá, mais de 90% estão mortas ou em avançado estado de degradação.
O vereador Aderson da Modelle comenta sobre o caso: “É uma vergonha o que fizeram com essa avenida, estamos vivendo na cidade dos absurdos. Gastaram mais de seis milhões de reais na revitalização, conforme contratos de licitação de elétrica, pavimentação, readequação de calçadas e jardinagem e o que temos é uma Avenida tão ruim quanto a que existia antes da obra. Está claro que existem indícios de superfaturamento. 
A Avenida que devia ser um Cartão Postal, segundo a propaganda, tornou-se um transtorno. Além do péssimo trabalho nas calçadas, que impossibilita o acesso aos cadeirantes, quando chove, a Avenida se torna intransitável, formando um lago, devido ao absurdo desnível entre as vias, que joga a enxurrada para dentro das lojas. Além disso a Faixa de Pedestre, que é símbolo de segurança no trânsito, já pode ser visto como um risco à segurança, pois já se encontra degradada devido à falta de  planejamento e material de  baixa qualidade. Fora o prejuízo dos comerciantes, o que vemos hoje chega a dar vergonha pelos erros cometidos e a falta de planejamento. Não temos vagas suficientes de estacionamentos, bocas de lobo, jardinagem morreu e fica a impressão que jogamos dinheiro público no ralo”.
É claro para qualquer cidadão morador de nosso município ver que temos um projeto que foi mal planejado e executado, cabe aos órgãos competentes fiscalizar e não permitir que erros grotescos como esses voltem a se repetir em nossa cidade. Isso mostra mais uma vez que o governo do município não tem a menor consideraçao pelo maior empregador e gerador de renda do município: o comerciante.
Trabalhador foi morto por bandidos

Um jovem trabalhador e pai de duas filhinhas, foi covardemente assassinado provavelmente por causa de apenas R$7,00 que tinha em seu bolso

Por Carlos Leal/TVCMN




Rodrigo da Silva 28 anos, funcionário da CAENGE, foi morto hoje 29/08 por volta das 06h00m, no Setor águas Lindas-II quando ia para o trabalho. Conforme os parentes, amigos e colegas de trabalho, Rodrigo era um cidadão trabalhador e um bom pai de família. Era casado e tinha duas filhinhas que amava muito, uma com pouco mais de 1 ano e outra com 5 anos, sendo que a mais velha sofria de câncer e havia sido operada recentemente. 
Ouvimos o senhor Carlos que era encarregado de Rodrigo, e mesmo nos disse que ele era um exemplo de funcionário e que já trabalhava na empresa a quase 3 anos. Os colegas Frederico, Israel e Ari, também estavam no local e afirmaram as palavras do encarregado, complementado que os trabalhadores estão constantemente sendo vítimas de marginais. 
A guarnição da VTR-2084 composta pelos soldados Reginaldo e Batista, estavam no local preservando a cena do crime até que a chegada da perícia. Os militares disseram que, com as greves das polícias civis do DF e de Goiás, os policiais militares estão sobre carregados de serviço com tantas ocorrências, sendo que a maioria dos crimes está sendo praticados por marginais do DF que estão migrando para Águas Lindas.





Protesto no Pérola-I
O protesto foi feito para pedir a conclusão das obras de pavimentação asfáltica que de acordo com os moradores estão paradas

da redação/TVCMN


Um grande número de manifestantes protestou  contra a paralização das obras de pavimentação asfáltica de uma avenida. De acordo com os moradores, o protesto também tem o objetivo de denunciar a constante falta de água e a insegurança no transito, pois hoje uma criança que saia de uma creche quase foi atropelada.
Os moradores reclamam da falta de atenção com que são tratados quando procuram alguém da Prefeitura para reclamar. Eles dizem que vários deles já estiveram lá para tentar reclamar, mas nem se quer foram atendidos, e por causa disso tomaram a iniciativa de protestarem democraticamente fechando a rua. 
Um dos moradores estava muito exaltado e falava continuamente que estavam esquecidos pelo poder público. Outros diziam que querem também que seja resolvido o problema da falta de água e que enquanto o asfalto não for feito que a rua seja aguada diariamente. 
  "A Assessoria de Imprensa da Prefeitura Municipal de Águas Lindas informa as obras de asfaltamento do setor serão iniciadas nesta terça-feira, dia 28".


Comprovado: fumar maconha diminui QI, diz pesquisa

Enquanto o Senado e a Câmara ainda discutem a permissão para a produção e o porte de drogas para consumo próprio (PLS 236/12) no Brasil, pesquisadores britânicos e neozelandeses revelam estudo em que adolescentes que fumam maconha podem se tornar adultos menos inteligentes.
Os resultados, publicados na revista científica americana Proceedings of the National Academy of Sciences (PNAS), apontam que o quoeficiente de inteligência, o famoso QI, sofre uma redução pelo uso contínuo da planta da espécie Cannabis sativa.
Foram avaliadas 1.037 pessoas (52% homens) nascidas entre 1972 e 1973 na cidade neozelandesa de Dunedin. A maioria foi acompanhada dos 3 aos 38 anos de idade.
De acordo com os autores da Universidade de Otago, na Nova Zelândia, da Universidade Duke e do King’s College de Londres, ambos no Reino Unido, o prejuízo psicológico e cognitivo – ligado a áreas como atenção, raciocínio e memória – é maior entre os usuários mais jovens.
Os pré-adolescentes também tendiam a se tornar usuários persistentes anos mais tarde. Segundo os cientistas, liderados pela pesquisadora Madeline Meier, os efeitos tóxicos da maconha sobre o cérebro continuaram se manifestando no dia a dia mesmo depois da interrupção do uso, de os indivíduos passarem por anos de educação formal e de evitarem outras drogas – incluindo as lícitas, como o álcool.
Os problemas cognitivos foram relatados também por pessoas que conheciam bem os voluntários. De acordo com os autores, como a interrupção ou a diminuição do consumo de Cannabis não foi capaz de restaurar completamente o funcionamento cerebral, isso pode estar ligado ao fato de a adolescência ser uma fase de grande desenvolvimento do órgão.
Os pesquisadores concluem, então, que deve haver um esforço conjunto para retardar o início do uso da maconha, na tentativa de minimizar seus danos à inteligência.
Fonte: Bem Estar

terça-feira, 28 de agosto de 2012


Aluna de 13 anos faz sucesso com página sobre problemas da escola

Via Facebook, estudante mostra falhas de infraestrutura e pedagógicas da instituição em que estuda em Florianópolis

Tatiana Klix - iG São Paulo
Com 13 anos, uma estudante da sétima série do ensino fundamental em Florianópolis, em Santa Catarina, cansou de reclamar da própria escola verbalmente e resolveu criar uma página no Facebook só para isso. “Estou fazendo essa página sozinha pra mostrar a verdade sobre as escolas públicas. Quero o melhor não só para mim, mas para todos”, diz Isadora Faber, aluna da Escola Básica Municipal Maria Tomazia Coelho, da Praia do Santinho, na abertura da Fan Page chamada de “Diário de Classe”.
Facebook/Reprodução
Isadora se inspirou em blog de aluna escocesa para criar a página Diário de Classe no Facebook
A ideia surgiu a partir de uma conversa com a irmã mais velha, de 24 anos, que contou para Isadora que uma escocesa havia feito um blog com fotos da comida da escola . “Eu resolvi fazer sobre tudo”, lembra a estudante e agora celebridade nas redes sociais. A página publicada no dia 11 de julho vem provocando reações de colegas, professores, funcionários e pais da escola em que estuda desde que foi criada, mas explodiu nas redes sociais somente nesta segunda-feira. Pela manhã, tinha 1000 recomendações. Às 19h30, eram mais de 14 mil. 

Tamanho sucesso fez a secretaria de educação de Florianópolis marcar uma reunião para esta terça-feira com a direção da escola e as diretorias de infraestrutura e de ensino fundamental da prefeitura, para discutir se as postagens de Isadora têm procedência e tomar as providências necessárias, se for o caso.
Na página, Isadora registra com imagens e relata em textos problemas de infraestrutura – como fios desencapados e mesas quebradas – e pedagógicos. Esses últimos são os que mais causaram problemas à estudante, que sofre pressão de colegas e professores. 

Isadora filmou um pedaço da aula de matemática, para mostrar como o “professor não é apto a ensinar”, e publicou o vídeo no Facebook. “Ele simplesmente não consegue nos dar aula, não consegue explicar matéria, não cobra respeito da turma, é como se não tivesse professor, a gente não aprende nada”, disse Isadora ao iG . A diretora da escola, que segundo Isadora respeita a iniciativa da Fan Page, foi contra neste caso e a pressionou a tirar as imagens do ar. 

“Quando posto algo da aula, ela não gosta e diz que coisas que acontecem em local fechado não deveriam ser públicas”, relata Isadora, que também teve que se acostumar com uma colega que deixou de falar com ela e com piadas maldosas de funcionárias do refeitório, que riem das fotos que ela tira e publica.
Mas Isadora, que conta com o apoio dos pais para a iniciativa, está satisfeita com os resultados obtidos até agora e não pretende desistir até a sua escola se tornar de qualidade. Portas, maçanetas, fios desencapados e um ventilador já foram trocados, a diretora está conversando mais com os alunos e a expectativa é que o professor de matemática saia da escola. “A diretora disse que amanhã teremos novidades sobre isso”, conta. "Já está mudando bastante, muito melhor que antes", diz orgulhosa. 
"Essa janela fica bem na frente da escola e eles não tem vergonha de mostrar". Foto: Isadora Faber
1/5

Veja alguns relatos feitos por Isadora:
"Me pressionaram de todas as formas para eu retirar os videos das aulas de matemática. Se arrependimento matasse já estava morta, mas se continuarem sem dar explicações vou publicar todos de novo e mais alguns, ou vai passar o ano todo sem aula de matemática decente??"
"De 5 aulas de hoje, só tivemos 2 com os professores titulares, as outras 3 foram com professoras substitutas. Quando temos aulas com auxiliares elas dão um texto e uma pergunta e é sempre isso, acho que o tempo poderia ser melhor aproveitado".
"Eu criei está página porque agora começam os "senhores candidatos" a mostrar coisas que nunca são verdade, escolas de cenários!"
"Alguns professores falam que é a pior profissão do mundo, mais se eles ficarem parados da no mesmo porque estão recebendo de qualquer jeito. Por favor se não gosta da profissão muda, mais agora ficar parado encostado na porta só faz com que a nossa vida piore e atrase. Isso sim é ruim ver o tempo passar e saber não vou aprender e vou passar de ano, pra alguns é muito bom mais comigo não é por ai não, ensina ou muda de profissão. Eu acho isso".


POLÊMICA: Aluna de 13 anos faz sucesso com página sobre problemas da escola

FONTE: IG

Com 13 anos, uma estudante da sétima série do ensino fundamental em Florianópolis, em Santa Catarina, cansou de reclamar da própria escola verbalmente e resolveu criar uma página no Facebook só para isso. “Estou fazendo essa página sozinha pra mostrar a verdade sobre as escolas públicas. Quero o melhor não só para mim, mas para todos”, diz Isadora Faber, aluna da Escola Básica Municipal Maria Tomazia Coelho, da Praia do Santinho, na abertura da Fan Page chamada de “Diário de Classe”.
A ideia surgiu a partir de uma conversa com a irmã mais velha, de 24 anos, que contou para Isadora que uma escocesa havia feito um blog com fotos da comida da escola . “Eu resolvi fazer sobre tudo”, lembra a estudante e agora celebridade nas redes sociais. A página publicada no dia 11 de julho vem provocando reações de colegas, professores, funcionários e pais da escola em que estuda desde que foi criada, mas explodiu nas redes sociais somente nesta segunda-feira. Pela manhã, tinha 1000 recomendações. Às 19h30, eram mais de 14 mil.
Tamanho sucesso fez a secretaria de educação de Florianópolis marcar uma reunião para esta terça-feira com a direção da escola e as diretorias de infra-estrutura e de ensino fundamental da prefeitura, para discutir se as postagens de Isadora têm procedência e tomar as providências necessárias, se for o caso.
Na página, Isadora registra com imagens e relata em textos problemas de infraestrutura – como fios desencapados e mesas quebradas – e pedagógicos. Esses últimos são os que mais causaram problemas à estudante, que sofre pressão de colegas e professores.

Participe: pesquisa quer mudar lei para diferenciar usuário de traficante de drogas

A proposta para mudar a lei que trata do uso de drogas no país está desde sexta-feira (24) disponível para consulta e debate no portal e-democracia, da Câmara dos Deputados. 
O objetivo do portal é incentivar a participação no debate de temas importantes e, com as opiniões, oferecer subsídio aos parlamentares que atuam na área relacionada ao projeto.
A intenção da proposta sobre o uso de drogas é fixar regras mais claras para diferenciar usuários de traficantes, calculando, por exemplo, a quantidade máxima de cada tipo de droga que caracterizaria uma pessoa como usuária.
O projeto foi elaborado pela Comissão Brasileira sobre Drogas e Democracia, entidade da sociedade civil, e apresentado na quarta-feira (22) ao presidente da Câmara, Marco Maia (PT-RS). A previsão é que o texto fique disponível no portal por até três meses.
Portal
Página do site e-democracia, da Câmara dosDeputados, destaca projeto
e-democracia permite a qualquer pessoa consultar projetos e dar sua opinião. Criado em 2009, tem 17,8 mil usuários e abriga tanto propostas de parlamentares – como mudanças na Lei de Licitações – quanto da sociedade, como essa que modifica a lei sobre o uso de drogas.
A proposta do marco civil da internet está no portal, com uma tabela comparativa entre o projeto original, o texto proposto após a discussão e a autoria das mudanças sugeridas – há usuários do e-democracia mencionados.
Como opinar
A navegação é simples: o primeiro passo é fazer um cadastro com nome e e-mail. Em seguida, o usuário recebe um e-mail do portal com um link para confirmar a criação do perfil e cadastrar uma senha. Feito o acesso, é possível navegar pelos projetos em discussão.
A proposta que modifica a legislação de drogas (lei 11.343/2006) está disponível num documento em formato que permite comentários e interação entre usuários, como aprovar ou desaprovar o que alguém tenha dito ou responder a uma pessoa. Também é possível participar de um fórum e criar novos tópicos para discussão.
Assinaturas
A Comissão sobre Drogas está trabalhando para recolher assinaturas para o projeto. Já são quase 113 mil, segundo o Avaaz, portal de petições on line. Se chegar a 1 milhão, poderá ser apresentado no Congresso como projeto de lei de iniciativa popular.
O diretor de campanhas do Avaaz, Pedro Abramovay, diz que a discussão no e-democracia será positiva para o projeto, mas não espera apenas posições favoráveis. “A gente sabe que não quer a criminalização do usuário, essa lógica de guerra de dizer que quem é pobre é traficante e quem é rico é usuário”, diz.
Para Abramovay, colocar a proposta para discussão num site ligado à Câmara dos Deputados já é um avanço em relação aos tabus que o assunto levanta.
Fonte: G1

Bancada evangélica convoca líderes de igrejas para debate urgente

O presidente da Frente Parlamentar Evangélica (FPE), deputado João Campos, fez uma convocação de urgência para os membros da bancada e líderes de diversas denominações evangélicas para uma reunião nesta quinta-feira (30), onde será discutida a reforma do Código Penal Brasileiro.
“Sabemos que o momento é delicado e que todos estão com compromissos em suas bases durante o período eleitoral, mas a reforma do Código Penal tem um cronograma a ser cumprido no Senado e entendemos que não podemos deixar de informar a Igreja Evangélica Brasileira o que está acontecendo”, descreve a carta enviada aos parlamentares e reproduzida no site da FPE.
Campos destaca que a reforma é um dos maiores desafios a serem enfrentados no Congresso Nacional, e afirma que, diferente do que muitos imaginam, a tramitação do projeto pode se dar quase que totalmente ainda nesse ano. Ele explica que em reunião, ocorrida no dia 8 de agosto, ficou definido que o prazo para apresentação de emendas é até o dia 5 de setembro e a votação do parecer final acontecerá de 28 de setembro a 4 de outubro.
Segundo a convocação, com o apoio do senador Magno Malta, foi organizado um grupo de trabalho no Senado para acompanhar de perto a tramitação do PLS 236/2012, com direito a espaço físico, computadores, telefones e toda estrutura necessária para acompanhar as tramitações.
As assessorias dos gabinetes e dos integrantes da FPE devem ajudar na elaboração de emendas, enviando-as até o dia 30 de agosto. Para que isso aconteça, o deputado João Campos aconselha que os parlamentares “busquem ajuda de juristas em suas bases, em suas igrejas, em suas instituições pois muitos deles já têm propostas prontas para o novo Código Penal e se sentiriam honrados em ter a oportunidade de colaborar com a formulação do novo texto”.
A reunião desta quinta-feira acontecerá em dois momentos diferentes: às 9h, no Plenário 7 do Anexo II da Câmara dos Deputados – apenas com deputados federais, assessores e líderes das denominações; e às 10h30min, no Plenário 19 da Ala Nilo Coelho no Senado Federal, com o senador Magno Malta, membro titular da Comissão da Reforma e o senador Pedro Taques, relator do PLS 236/2012.
Para mais informações estão disponíveis os seguinte contatos: (61) 3303-4161/5867, 3303-1655, fax (61) 3303-1656; e-mail magnomalta@senador.gov.br ou ainda pelo celular (61) 9161-5023 (Dra. Damares Alves).
FONTE:VERDADE GOSPEL

Eleições 2012: Saiba quais são as reais atribuições de um vereador

Entenda por que nem todas as promessas podem sair do papel

 

Folheto com propostas que serão difíces de se realizada por um vereador 














Durante as campanhas eleitorais é comum que candidatos a vereador prometam o que, em tese, não poderão cumprir por falta de amparo legal. Muitas vezes falam o que o eleitor gosta de ouvir e acabam prometendo aquilo que não podem cumprir. Esta prática pode ser considerada fraude eleitoral.
De acordo com Marcia Dias, professora do departamento de Ciências Sociais da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), a função do vereador é ser um agente político de representação da população que o elegeu. Segundo ela, entre as atribuições principais de um vereador está a regulamentação do Poder Executivo, dando suporte para que ele possa exercer suas funções e colocar em prática os projetos aprovados. Em outra palavras, o vereador é a pessoa eleita pela população para vigiar ou cuidar do bem e dos negócios do povo em relação à administração pública, ditando as leis necessárias para esse objetivo.
Ainda assim não existem restrições para que o vereador realize outras atividades desde que respeite a Constituição Federal e a Lei Orgânica do Município. Eles devem trabalhar em função da melhoria da qualidade de vida da população, elaborando leis, atendendo às reivindicações e desempenhando a função de mediador entre a comunidade e o prefeito.
Conforme Marcia Dias é preciso estar atento, pois vereadores não trabalham com as macro-políticas da administração. “O que ele pode fazer é sugerir a inclusão de algumas soluções no orçamento municipal, mas a decisão final não é dele, é do Poder Executivo, na figura do prefeito”, explica a especialista.
Para ela, ainda mais importante do que o poder de sugestão de um vereador é seu poder de negociação dentro das bases de governo. “Assim como as andorinhas, um vereador só não faz verão. Sem uma articulação eficiente entre oposição e situação dentro de um governo municipal, o vereador não poderá fazer nada”, destaca. É justamente neste período eleitoral que a população deve ficar atenta. Promessas grandiosas e grandes investimentos poderão nem sair do papel, mesmo que haja interesse do candidato.
Fonte: O Alvoradense

Santa Lúcia Estremeceu com a Onda Vermelha do 14!!
Fotos e texto: Silvano Silva  
Aconteceu na noite de sábado dia 25 de Agosto o primeiro grande comício da coligação do 14 ou da onda vermelha qe anda se espelhando pela cidade de Águas Lindas e tomando conta dos corações das pessoas que sonham com mudanças e dias melhores para se viver.
Aproximadamente duas mil pessoas acompanharam as propostas dos candidatos a vereador e do grande momento em que Hildo do Candango assumiu os microfones para poder apresentar suas propostas ao público presente.
Antes porém fez discurso como sempre visceral o radialista Luís Alberto o Jiribita fez questão de lembrar os ataques sofridos por sua pessoa em nome de uma luta injusta mas que tem a verdade prevalecente. "Somos atacados dia e noite por jornais que são pagos pelo dinheiro de nosso povo para denegrir a imagem de homens como eu e Hildo do Candango, que não devemos nada pra ninguém e nunca fomos procurados pela policia federal".
Um dos pontos alto da noite aconteceu durante a exibição do vídeo onde o governador de nosso estado Marconi Perillo, afirma categoricamente que os recursos do asfalto do programa rodovida que foram destinados para Águas Lindas foram pedidos do deputado Hildo do Candango com a aprovação do governador e da Assembléia do estado, bem como o IML, sub secretaria de educação e o Corpo de Bombeiros que vieram  para a nossa cidade ( o vídeo você pode acompanhar aqui: http://www.youtube.com/watch?v=z03W9w8atV4 )  Outro Vídeo que foi apresentado mostra o ex - governador Joaquin Roriz do DF apoiando a candidatura de Hildo a prefeitura de Águas Lindas.
Quando o candidato do 14 assumiu os microfones O bairro Santa Lúcia estremeceu pois estava ali desmascarada uma mentira plantada pela situação que tenta permanecer no poder. Hildo do Candango lembrou de seus projetos e fez questão de frisar o candidato Carlinhos do Super Mais que é morador do bairro: "Carlinhos é um amigo pessoal, foi a primeira pessoa com quem me relacionei aqui em Águas Lindas quando cheguei, era meu vizinho e por diversas vezes sua família tomou conta da minha, é um homem honrado e trabalhador que luta todos os dias com sua família para ganhar seu sustento, tenho uma grande consideração por ele e sua família e por tud que já passamos juntos."
A onda vermelha que invadiu o Santa Lucia ainda está crescendo e vai tomar conta de nossa cidade conscientizando cada cidadão para que possamos reescrever a história dessa cidade com desejos e sede de mudança, vamos construir um novo caminho para os nossos filhos agora é Hildo 14 e Jiribita.

Polícia Civil pode encerrar greve nesta quarta-feira
Paralisação já dura 48 dias. Categoria analisará amanhã propostas do governo em assembleia geral
Ketllyn Fernandes

Ao que tudo indica, a greve da Polícia Civil em Goiás segue em direção ao fim, embora permaneçam alguns “impasses” a serem resolvidos. É o que evidencia relato do presidente do Sindicato dos Policiais Civis (Sinpol-GO), Silveira Alves Moura. Na manhã desta terça-feira (28/8), Silveira afirmou ao Jornal Opção que de fato as negociações com o governo avançaram e que resta apenas decidir a respeito do piso salarial da categoria.

“Na quinta-feira passada nos reunimos com o governador [Marconi Perillo] e tratamos da questão da produtividade, redução do tempo de promoção de quatro para dois anos e também da reestruturação do nosso plano de carreira. Ficou pendente o impasse do piso”, disse. Silveira afirmou que aguarda para hoje uma posição do secretário de Segurança Pública e Justiça, João Furtado Neto, sobre a questão do piso.

O secretário disse nesta manhã em coletiva que a expectativa é que a paralisação termine amanhã e que a negociação com os grevistas continua, referindo-se à assembleia geral agendada para esta quarta-feira à tarde. “Não pretendemos suspender a greve e continuar negociando, ou acabamos ou continuamos, depende da posição do governo”, pontuou Silveira.

A categoria pede um piso de R$ 7.520, o que equivale a 55% do piso dos delegados goianos, que é de R$ 12.898. Policiais civis e escrivães rejeitaram a proposta inicial do governo que previa uma bonificação por produtividade, vista como sendo uma espécie de golpe. Pela proposta da Secretaria Estadual de Gestão e Planejamento (Segplan), o bônus pode aumentar em até 20% os vencimentos atuais, que segundo a Segplan, receberam aumento de 9,5% em maio último, como as outras categorias de servidores públicos do Estado.
Os policiais civis estão em greve há 48 dias. Desde então, mais de 70 mil inquéritos investigativos estão parados em todo o estado, já que somente 30% do efetivo tem realizado as atividades policiais. Dessa forma, apenas flagrantes e crimes hediondos têm sido atendidos. Não estão sendo realizados interrogatórios, investigações e oitivas de testemunhas.
FONTE:JORNAL OPÇÃO

DF tem 100 mil jovens em situação de extrema pobreza

 A Câmara Legislativa realizou na manhã desta terça-feira (28) audiência pública para debater políticas públicas de juventude no Distrito Federal. Dados do Cadastro Único dos Programas Sociais do Governo Federal revelam a existência de cerca de 100 mil jovens entre 15 e 29 anos em situação de extrema pobreza no DF. "São várias juventudes com diferentes realidades, e todas elas precisam de políticas públicas para desenvolverem suas potencialidades", ressaltou a deputada Arlete Sampaio (PT), que sugeriu o debate e presidiu os trabalhos da audiência pública.
Segundo o coordenador de juventude do DF, Carlos Odas, o DF tem 734 mil cidadãos com idade entre 15 e 29 anos, o correspondente a um terço da população total. Metade dessas pessoas está concentrada em três regiões administrativas e, ainda de acordo com Odas, 52% dos homicídios registrados são cometidos por jovens de 18 a 24 anos.
"Falar de juventude é falar de cultura, trabalho e educação, mas é falar sobretudo de desigualdades, as quais são passadas de geração para geração", disse Odas. Em desenvolvimento pela Coordenadoria de Juventude, o Programa de Atenção Integral aos Jovens do DF prevê a criação de políticas de afirmação, como a implementação de Conselhos de Juventude integrados por jovens e eleitos por pessoas desse mesmo segmento.
A importância da participação ativa da juventude no debate sobre suas demandas e na construção de políticas públicas para o setor foi ressaltada pelo assessor da Secretaria Nacional de Juventude, Bruno Elias. Essa foi, também, uma das principais reclamações de garotos e garotas que participaram da audiência desta manhã. Eles querem falar e ser ouvidos. Esse ponto - ao lado de um diagnóstico da situação da juventude no DF e da adoção de estratégias intersetoriais para agregar as políticas - foi apontado por Elias como essencial no processo de elaboração de um plano distrital de juventude.
O papel da educação – Desafios não faltam. Conforme lembrou a deputada Arlete Sampaio: "O DF registra altos índices de evasão escolar e é preocupante o envolvimento de jovens em casos de violência letal, como vítimas e algozes".
"Essa escalada da violência é assustadora, é preciso muito mais do que polícia", defendeu o secretário de Cultura do DF, Hamilton Pereira. Em sua opinião, a sociedade vive uma crise na escola e no modelo de produção e transmissão de conhecimento.
Para o deputado Prof. Israel Batista (PEN), o cerne dos problemas e desafios está na educação: "A prioridade deve ser a melhoria da escola pública, hoje já se discute o uso de tablets nas salas de aula, mas as pessoas não sabem nem escrever". Ele criticou, ainda, a estrutura física das escolas públicas, que muitas vezes se assemelham a uma prisão, com grades, banheiros detonados, quadras esportivas descobertas e sem bibliotecas.
A "revolução escolar" defendida pelo Professor Israel precisa envolver, no entanto, uma atuação que extrapola as competências do Estado. Isso é o que defende o secretário de Desenvolvimento Social e Transferência de Renda do DF, Daniel Seidel: "A própria juventude tem que ser protagonista dessa revolução".
Denise Caputo - Coordenadoria de Comunicação Social


POLÍCIA MILITAR VAI AJUDAR NA FISCALIZAÇÃO DE PROPAGANDAS ELEITORAIS


MP/GO =
A Polícia Militar auxiliará o Ministério Público a fiscalizar irregularidades em relação à propaganda eleitoral em Goiânia. A confirmação desta parceria foi feita em reunião realizada em (24/8) à tarde, na sede do MP-GO, pelo subcomandante do Policiamento da Capital, tenente-coronel Wesley Siqueira; o comandante da Central de Operações da Polícia Militar (Copom), major Nélio José Cintra, e o capitão Henrique, representando o tenente-coronel Castro, comandante do Batalhão de Trânsito.


Segundo garantiram aos promotores eleitorais Alice de Almeida Freire e José Augusto Falcão, as 150 viaturas que fazem o policiamento da capital serão designadas para abordar ilegalidades referente ao pleito eleitoral de 2012. Segundo requerido pelos promotores, será observada primordialmente a colocação de adesivos e plotagens em automóveis, de acordo com o que está previsto na legislação.


Entretanto, também serão objeto de abordagens aglomerações que impeçam a visibilidade do trânsito, assim como a fixação de propaganda em árvores e jardins de áreas públicas, de cavaletes e todos os itens constantes na recomendação já expedida pelo MP aos candidatos a prefeito e vereador de Goiânia –clique aqui para ler a íntegra do documento.


A promotora Alice Freire esclareceu pontos abordados pela recomendação, acrescentando que a intenção da parceria é que a fiscalização seja feita em caráter preventivo a possível irregularidades. “O eleitor parece estar bastante consciente das regras eleitorais, mas temos que combater eventuais desvios”, salientou.

Entretanto, caso haja a materialização de afronta à legislação eleitoral, a PM poderá inclusive, solicitar a presença do oficial de Promotoria que está auxiliando a Coordenação das Promotorias Eleitorais da Capital para auxiliar a registrar a comprovação da irregularidade.
Ação integrada

Além da Polícia Militar, o MP-GO contará também com o auxílio da Agência Municipal de Trânsito, Transportes e Mobilidade (AMT), que nesta semana sinalizou que apoiará a fiscalização de eventuais irregularidades em relação à propaganda eleitoral. Dessa forma, já na próxima semana deverá ser realizada a primeira ação conjunta do MP goiano com os esses órgãos em caráter educativo e fiscalizatório. (Texto: Cristina Rosa - fotos: João Sérgio / Assessoria de Comunicação Social do MP-GO)

HILDO DO CANDANGO PARTICIPA DE CAMINHADA RELÂMPAGO NO JARDIM BRASÍLIA

Da Redação =
A caminhada que teve inicio as 10:30 da manhã 27 de agosto foi rápida e muito disputada por centenas de pessoas que queriam chegar perto e ouvir o cidadão e candidato Hildo do Candango e seu vice Jiribita.
A caminhada percorreu a avenida que é a artéria comercial da cidade de Águas Lindas de Goiás, muitos cabos eleitorais e candidatos que disputam os cargos de vereadores também acompanharam a caminhada que seguiu até metade do Jardim Brasília. O Sol Intenso e a proximidade da hora do almoço fez com que o restante da caminhada fosse marcado para uma nova data mais oportuna.

PRÓXIMAS ELEIÇÕES TERÃO MAIS VAGAS PARA VEREADORES EM TODO O PAÍS



EBC =
Nas eleições municipais de 2012, serão eleitos 10,4% mais vereadores que em 2008. O aumento no número de vagas nas câmaras de Vereadores se deve à Emenda Constitucional 58, aprovada pelo Congresso Nacional, e que resultou em 5.390 novas cadeiras nos legislativos municipais.
A emenda modificou a fórmula de cálculo da quantidade de vagas nos legislativos municipais e estabeleceu que, agora, elas variam de nove cadeiras para cidades com até 15 mil habitantes até 55 cadeiras para municípios com mais de 8 milhões de pessoas. Pelo novo cálculo, apenas cinco municípios tiveram reduzido o número de vereadores que serão eleitos, enquanto 1.695 aumentaram o número de cadeiras. De acordo com o Censo 2010, o país tem 5.564 municípios.
Proporcionalmente, os estados com municípios que mais criaram vagas foram o Pará (24,5%), Ceará (23,8%) e Maranhão (18,6%). Já os municípios do Tocantins foram os que menos criaram vagas, com aumento de apenas 2,7%.
De acordo com levantamento feito pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM), disputam as 57.434 vagas de vereador, em todo o país, 432.867 candidatos. As mulheres ainda são minoria entre eles, somando 31,5% das candidaturas. Ao todo, 296.810 homens disputam as câmaras municipais, enquanto 136.057 mulheres são candidatas.
O partido que mais tem mulheres disputando uma vaga em câmaras de vereadores é o PSTU, com 42%. O PCO, com 38,5%; o PCB, com 27,1%; e o PSD, com 29,9% são os que têm menos mulheres concorrendo. Os dois últimos partidos não estão atendendo às obrigações da legislação eleitoral, que estabelece cotas mínimas de 30% para um dos sexos.
Em números absolutos, São Paulo é o estado com mais candidatos a vereadores: são 75.160 ao todo. Minas Gerais segue em segundo lugar com 67.865. Já Roraima é o estado com menos candidatos em seus municípios, com 1.508 pessoas concorrendo às câmaras municipais nas eleições que ocorrerão em 7 de outubro.