A CADA DIA, VIVEMOS MAIS PERTO DA VALPARAÍSO QUE QUEREMOS

A CADA DIA, VIVEMOS MAIS PERTO DA VALPARAÍSO QUE QUEREMOS
VALPARAÍSO QUE EU QUERO 27

sábado, 31 de agosto de 2013

HILDO E JIRIBITA ,JUNTOS PELO MESMO IDEAL

Por Moisés Tavares
Fotos :Divulgação/internet

LUIZ ALBERTO JIRIBITA,É O VICE PREFEITO QUE TODO PREFEITO QUERIA TER
                                                    
                         vice prefeito Jiribita atendendo no gabinete do prefeito Hildo do Candango

Essa dupla de administradores esta deixando muita gente que torcia e torce para que tudo dê errado neste governo,com a cara no chão.Nos governos anteriores prefeito e vice nunca se entenderam,teve um prefeito que brigou com o vice no dia da posse e todos nós sabemos dessa história,os outros se desentenderam  e hoje neste mandato há uma harmonia entre Hildo e Jiribita ,há um entendimento e respeito,nunca antes na história desse município um vice prefeito havia assumido o lugar do prefeito,atendendo no lugar do prefeito e no gabinete do prefeito e neste governo isso é natural,porque essa dupla esta preocupada com o povo,com o desenvolvimento,com as melhorias para a cidade,essa dupla não tem vaidade politica,egoísmo,e nem ambição e quem ganha com isso é a cidade e seu povo.
Nas ruas e avenidas ,nos bairros ao encontro das pessoas,Hildo e Jiribita vão juntos,trocam idéias,debatem temas,nas reuniões,associações,nas inaugurações e em outros eventos o vice prefeito Jiribita tem ido representar o prefeito Hildo e quando estão juntos nos eventos o vice prefeito tem a oportunidade,participa ativamente do governo, e isso nunca existiu em nossa cidade,os vices prefeitos sempre foram jogados para o escanteio,não participavam do projeto governamental,neste governo isso mudou,essa é a diferença,essa é uma das principais mudanças.O respeito entre prefeito e vice neste governo  é uma marca registrada,pois há um projeto que foi traçado ,um plano de governo que foi desenhado e que deve ser levado a sério,pois há um compromisso que foi feito em prol das milhares de pessoas que confiaram nesta dupla e que depositaram os votos,a politica tem que ser tratada com ética e respeito.


                                                    






   







                             
             


                                           
                                                  
                                                     

MOVIMENTOS DE OPOSIÇÃO

Alberto FragaPartidos se articulam para entrar com força na disputa pelo Buriti no próximo ano. No PR, mudança no comando pode atrair os ex-governadores José Roberto Arruda e Joaquim Roriz.
Os últimos dias trouxeram ao bastidor político do Distrito Federal um esboço que pode se consolidar como uma alternativa ideológica ao governo de Agnelo Queiroz nas próximas eleições. As peças do tabuleiro para o ano que vem não estão todas postas à mesa, mas é possível encontrar sinais de que a direita se articula para entrar com força na disputa pelo Palácio do Buriti.
O Partido da República (PR), por exemplo, ensaia uma postura de oposição ao governo, do qual integra a base atualmente. O presidente da sigla no DF, deputado federal Ronaldo Fonseca, foi afastado do cargo, na última terça-feira, pela executiva nacional e substituído provisoriamente por Salvador Bispo. Articulista político experiente, Bispo mantém profunda amizade com os ex-governadores Joaquim Roriz  e José Roberto Arruda (ambos sem partido) e já os chamou para as fileiras do partido.
“Atendi um pedido do presidente (nacional) do PR (senador Alfredo Nascimento) para fortalecer a nominata do PR no DF, que estava fraca, com o objetivo de viabilizar três distritais e pelo menos um federal”, diz Bispo. O articulista trabalhou nas campanhas de Roriz ao Senado e de Arruda ao GDF, em 2006. Enquanto foi presidente do então PSD, no fim da década de 1990, ajudou a eleger quatro distritais nas campanhas de 1998 e de 2002. “O partido era desacreditado, sem nomes fortes, mas ajudei a viabilizar a eleição, pelo PSD, de Wilson Lima, Pedro Passos, Rôney Nemer e Carlos Xavier”, conta.
Salvo-conduto
De outro lado, o presidente regional do PMDB, vice-governador Tadeu Filippelli, liberou o deputado federal Luiz Pitiman dos quadros do seu partido. Isso pode favorecer uma autorização judicial para que Pitiman deixe a legenda sem ser acusado de infidelidade partidária. Filippelli assinou um salvo-conduto para a saída do parlamentar. O documento foi anexado ao processo em que Pitiman pede, no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), justa causa para deixar a legenda. Ele deve migrar para o PSDB. Esse movimento do Filippelli deixa aberta a porta para a formação de uma nova parceria política entre os dois partidos, que, juntos, já governaram o Distrito Federal.
“Num primeiro momento, quando ele pensou em deixar o partido, havia um clima conflituoso, mas, depois, ele recolocou seus argumentos e teve a grandeza de reconhecer que nem todas as suas colocações representavam bem os fatos que se passavam, o que fez com que tudo ficasse nos trilhos certos”, ressaltou Filippelli. Pitiman também comentou a movimentação que implicou no salve-conduto. “Ficou evidente que a minha permanência no partido era insustentável desde que deixei a Secretaria de Obras, em 2011. Mas o salvo-conduto foi uma gentileza da direção do PMDB, que abre uma possibilidade de alianças no futuro”, ressaltou.
“Não tenho dúvidas de que a aliança entre PSDB, DEM e, eventualmente, PP e PSD, pode fazer frente ao governo que está aí”, avalia o presidente do DEM, Alberto Fraga. Para ele, os nomes da “centro-direita conservadora” da cidade devem girar em torno de Roriz e Arruda. “Porque eles têm maior destaque. Mas temos que preparar o campo de uma forma que, se eles não forem candidatos, possamos contar com um grupo forte e livre de vaidade”, diz.
Sob intervenção
Uma intervenção da executiva nacional do PR contorceu os rumos políticos do diretório regional da sigla. A mudança, oficializada pelo presidente da legenda, senador Alfredo Nascimento, trouxe, na última terça-feira, nomes ligados ao ex-governador Arruda. Além de Salvador Bispo, o ex-presidente da Terracap na gestão do ex-governador Antônio Gomes também chegou à legenda na condição de secretário executivo. Com isso, o deputado federal Ronaldo Fonseca e o secretário de Trabalho, Renato Andrade, devem desembarcar do partido. “Na segunda-feira, devo ir ao TSE (Tribunal Superior do Trabalho) para pedir minha desfiliação, pois fui afastado por um ato de gabinete. Não fomos ouvidos e a formação da nossa nominata, que estava pronta, não foi levada em conta”, diz Fonseca.
Regras eleitorais
Pela legislação eleitoral, os partidos têm até um ano antes das eleições para obter registro de seus estatutos no TSE. Portanto, as legendas precisam resolver essas pendências até 5 de outubro deste ano. Os interessados em disputar as eleições também devem se filiar a novos partidos até essa mesma data.
Por Arthur Paganini
Fonte: Correio Braziliense

Codeplan diz que é viável criação de cinco municípios no Entorno do DF


A análise revela ainda que os distritos de Jardim Ingá e Campos Lindos têm condições bastante favoráveis para se emancipar, por serem localidades com atividades econômicas expressivas, com destaque para o setor terciário, no primeiro, e o agroindustrial, no segundo
Postado por Moisés Tavares


Jardim Ingá, Campos Lindos, Jardim ABC,  Morro Alto e Girassol estão na lista (Agência Brasil)
Jardim Ingá, Campos Lindos, Jardim ABC, Morro Alto e Girassol estão na lista
A Companhia de Planejamento do Distrito Federal (Codeplan) apresentou nesta sexta-feira (30/8) um estudo sobre os possíveis impactos da criação de cinco municípios no entorno da capital. Pelo Projeto de Lei Complementar (PLC) 416/2008, que trata da criação de municípios.

No Entorno do Distrito Fedral, cinco municípios goianos têm distritos e núcleos urbanos que se enquadram nos critérios estabelecidos pelo projeto: Jardim Ingá, em Luziânia; Campos Lindos, em Cristalina; Jardim ABC, na Cidade Ocidental; Morro Alto, em Padre Bernardo; e Girassol, em Cocalzinho de Goiás.

Aprovado no Senado, o PLC 416, de autoria do senador Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR), possibilita a criação de 400 municípios no país e foi encaminhado à Câmara para deliberação dos deputados.

Segundo o estudo da Codeplan, com base nas condições estabelecidas pelo projeto, as associações municipalistas calculam em 6 mil habitantes a população mínima necessária para criação de municípios na Região Centro-Oeste, número amplamente superado pelas cinco áreas goianas. O projeto exige também um requerimento à Assembleia Legislativa, subscrito por 20% dos eleitores da região geográfica diretamente afetada, e um estudo que comprove a viabilidade econômico-financeira, político-administrativa e socioambiental e urbana dos distritos e núcleos escolhidos.

“Durante muito tempo, as relações do Distrito Federal com a região do Entorno foram conflitantes, mas agora o governo quer transformar essas relações em parceria”, disse o presidente da Codeplan, Julio Miragaia, ao apresentar o estudo. De acordo com Miragaia, o governo local vem adotando medidas neste sentido, com a assinatura de convênios e outras ações para beneficiar a região.

Para ele, a criação dos cinco municípios previstos no estudo não produzirá mudanças na situação dessas áreas em relação ao Distrito Federal, pois elas já têm uma integração muito grande com a capital, já que grande parte de seus moradores trabalham em Brasília e usam seus serviços habitualmente, como a rede hospitalar e o transporte público.

O secretário adjunto de Desenvolvimento da Região Metropolitana do Distrito Federal, Arquicelso Bites, também destacou o interesse em trabalhar em parceria com o governo de Goiás, pois “não interessa uma rivalidade com o a região do Entorno”. Bites ressaltou que tal política é baseada na realidade de fatos como o de que a região é o principal fornecedor de mão de obra para Brasília, com um percentual de 30% a 40% de moradores nas cidades do Entorno.

O estudo da Codeplan conclui que a criação dos cinco municípios, “por si só, não equacionará a forte assimetria verificada com o núcleo metropolitano, mas para esses cinco distritos ou núcleos urbanos consolidados, a emancipação poderá representar a mitigação de uma ampla gama de problemas, em particular o precário acesso a serviços públicos”.

A análise revela ainda que os distritos de Jardim Ingá e Campos Lindos têm condições bastante favoráveis para se emancipar, por serem localidades com atividades econômicas expressivas, com destaque para o setor terciário, no primeiro, e o agroindustrial, no segundo. O estudo destaca que os núcleos urbanos de Monte Alto, Jardim ABC e Girassol “são ainda, essencialmente, cidades dormitório do Distrito Federal, com diminuta atividade econômica, e dependeriam, basicamente, de transferência de recursos federais e estaduais.

sexta-feira, 30 de agosto de 2013

VEM AÍ!!!!! MARCHA PARA JESUS 2013

ENQUANTO ISSO,EM ÁGUAS LINDAS DE GOIÁS
VEM AÍ!!!!!       MARCHA PARA JESUS  2013





OBRAS DO PAC PARA ENTORNO DO DF E DE GOIÂNIA


O BRT que ligaria Ceilândia a Águas Lindas de Goiás está orçado em R$ 550 milhões. O governador apresentou também à coordenação do PAC um projeto complementar ao VLT de Goiânia, incluindo algumas passagens subterrâneas, passagens de nível, construção de centrais subterrâneas e estacionamentos. “Isso – disse o governador – atenderia à demanda dos comerciantes e da Câmara dos Dirigentes Lojistas – CDL.


Na reunião, o governador apresentou dois projetos básicos que irão beneficiar todos os municípios da região do entorno sul do Distrito Federal, além de várias cidades do DF. Os projetos, que estão vinculados ao PAC da Mobilidade Urbana das Grandes Cidades

O governador Marconi Perillo voltou à coordenação do PAC da Mobilidade Urbana, na sede do Ministério do Planejamento, para apresentar novos projetos visando beneficiar as regiões metropolitanas do Distrito Federal e de Goiânia, em obras de melhoria na infraestrutura de transporte das duas capitais.

Na última sexta-feira, Marconi já havia se reunido com o coordenador geral do PAC, Maurício Muniz, ocasião em que apresentou três projetos – extensão do BRT de Santa Maria (DF) a Luziânia, criação de um BRT entre Ceilândia (DF) e Águas Lindas de Goiás e adequações ao projeto original do VLT de Goiânia.

Na reunião, o governador apresentou dois projetos básicos que irão beneficiar todos os municípios da região do entorno sul do Distrito Federal – Luziânia, Novo Gama, Cidade Ocidental e Cristalina, em Goiás, além de várias cidades do DF. Os projetos, que estão vinculados ao PAC da Mobilidade Urbana das Grandes Cidades, têm um valor estimado de R$ 800 milhões.

O BRT que ligaria Ceilândia a Águas Lindas de Goiás está orçado em R$ 550 milhões. O governador apresentou também à coordenação do PAC um projeto complementar ao VLT de Goiânia, incluindo algumas passagens subterrâneas, passagens de nível, construção de centrais subterrâneas e estacionamentos. “Isso – disse o governador – atenderia à demanda dos comerciantes e da Câmara dos Dirigentes Lojistas – CDL.

Ele reforçou ainda o pedido da extensão do Eixo Anhanguera beneficiando a Vila Pedroso, Jardim das Oliveiras, Vila Mutirão e o Vera Cruz. “Trata-se de um BRT que com certeza melhoraria muito a qualidade de vida de quem usa o transporte público nessas regiões. Esse projeto atenderia a, pelo menos, 800 mil pessoas”, observou.

Somando todos os projetos, o governo de Goiás estima um custo de R$ 1,85 bilhão para a execução de todas as obras neles contidas. “Agora vamos trabalhar junto ao Ministério das Cidades e a Coordenação do PAC, para que os projetos sejam aprovados, os recursos liberados e as obras executadas”, destacou Marconi.

A expectativa do governador é que todos os projetos apresentados por Goiás sejam integralmente apoiados pelo governo federal e os recursos liberados. “As principais obras que beneficiam o entorno do Distrito Federal serão executadas em rodovias federais. Portanto, é do interesse do governo federal que a mobilidade urbana desta região seja melhorada”, analisou.

Marconi destacou também a parceria com o governo do Distrito Federal. Elogiou a disposição da administração do DF em equacionar os graves problemas de transporte urbano que afetam os moradores da Capital Federal e dos municípios do entorno. “É necessário destacar o empenho do governo do DF para viabilizar essas importantes obras. Quando procuramos resolver um problema da região, estamos todos empenhados na solução de gargalos que afetam também os moradores do DF. O benefício, portanto, será para toda a região metropolitana do Distrito Federal”, finalizou.

Fonte: DM online

Secretaria de Ação Social realiza o 1º desfile da Miss Terceira Idade




A Secretaria Municipal de Ação Social de Águas Lindas de Goiás vem 
realizando um excelente trabalho por intermédio do Centro de Referência e Assistência Social  (CRAS,) realçando isso, na tarde desta quinta-feira (29), aconteceu mais um evento: o 1º Desfile para a escolha da Miss Terceira Idade realizado no CRAS Pérola.
O evento contou com a presença de idosas que fazem parte das atividades do Centro de Convivência dos Idosos (CCI), onde 24 integrantes desfilaram no 

clima de muita música romântica, sendo avaliadas por 8 jurados dentre eles a 
primeira-dama e secretária de Ação Social Aleandra de Sousa.Segundo a coordenadora do CRAS Pérola, Fernanda Kelley, “tais atividades fazem uma grande diferença para a vida das participantes que muitas vezes sofrem com problemas de saúde e esta convivência, interatividade e o ato de sorrir trazem melhorias consideráveis em vários aspectos para elas”, afirmou.
O CCI desenvolve atividades com cerca de 200 idosas, das quais 24 
participaram do desfile que presenteou a 1ª colocada que recebeu a faixa de Miss 3ª Idade 2013 Maria do Socorro do Nascimento, a 2ª posição ficou com Isabel de Castro Mendes e a 3ª com Terezinha de Matos. A alegria foi contagiante e todas receberão uma linda lembrancinha, diga-se de passagem, fabricadas no próprio CRAS a partir de material reciclável.

Os CRAS’s em Águas Lindas estão localizados no Jardim Barragem II, Pérola e Águas Lindas II e estão desenvolvendo atividade que envolve toda família, uma delas é o projeto “FamiliAção”, projeto que tem como objetivo envolver as famílias vinculadas ao programa Bolsa Família, para auxiliar na geração 
de renda e também na convivência e fortalecimento vínculos familiares e interpessoais.
Outro projeto importante para as famílias é o Cine CRAS que alcança crianças de 6 a 12 anos com suas respectivas famílias. Também são realizadas periodicamente reuniões do PAIF que é o serviço de Proteção e Atendimento Integral às Famílias, que é um trabalho de caráter continuado que visa a fortalecer a função de proteção das famílias, prevenindo a ruptura de laços, promovendo o acesso e usufruto de direitos e contribuindo para a melhoria da qualidade de vida. 
Fizeram parte da mesa como jurados: a primeira-dama Aleandra de Sousa, a coordenadora geral dos CRAS’s Edna Fernandes, a diretora do trabalho Maria Fábia, a coordenadora do programa Bolsa Família Caroline Leal, a coordenadora do CRAS Águas Lindas II Regina de Almeida, a coordenadora do CCI Ana Cristina, a vereadora Irísmar, o vereador Aluísio da Artec e o diretor do Procon Abrão Israel.


Assesoria de Imprensa da Prefeitura
Fotos: Beto Castanheiro

Hildo do Candango inaugura biblioteca em Águas Lindas



O prefeito de Águas Lindas de Goiás, Hildo do Candango e o secretário de Educação participaram na manhã desta sexta-feira (30), da inauguração da nova Biblioteca Municipal, localizada no Jardim da Barragem II.









Durante a solenidade de inauguração, também estiveram presentes o vice-prefeito Luiz Alberto Jiribita, a primeira-dama e secretária de Ação Social Aleandra de Sousa, o diretor da biblioteca Severino Nunes, o supervisor do Sesi Eliel de Souza Ramos.
Hildo fez questão de enfatizar a importância de investir na educação. “A parte boa de ser prefeito é poder ver o sonho de tanta gente ser concretizado. A burocracia nos impede de fazer tudo que desejamos, mas com muito trabalho estamos conquistando uma cidade melhor”, afirmou.
A Fanfarra das Escolas Municipais, comandada pelo maestro Mardoqueu Ferreira, também se apresentou na inauguração, e o prefeito Hildo emocionado disse que ouvir as crianças tocando traz paz e tira um pouco o stress da política.

O vice-prefeito, Luiz Alberto Jiribita, afirmou que enquanto este governo estiver inaugurando escolas, bibliotecas e entregando uniformes, não estaremos inaugurando cadeias. “Este não é o governo do eu, mas sim do nós, pois trabalhamos para a nossa cidade, é o nosso povo. E as obras estão espalhadas por todos os cantos”, concluiu.
Já a primeira-dama Aleandra de Sousa afirmou que hoje a cidade ganha mais educação. “Há muito tempo Águas Lindas tinha apenas uma biblioteca, isso aqui é um marco para nossa cidade. E não queremos parar por aqui não, queremos muito mais para nossas crianças e jovens”, indagou Aleandra.
O secretário de Educação, Silvério Correa, falou da importância da leitura. “Os livros não estão ultrapassados, o livro conta a nossa história e isso é importante. Mas também pensando no futuro, temos computadores que oferece uma infinita possibilidade de conhecimento. Espero que nossas crianças e jovens usufruam de tudo isso da melhor maneira possível”, completou.
Para o diretor da biblioteca, Severino Nunes é mais um sonho realizado. Ele agradeceu ao prefeito Hildo e a primeira-dama Aleandra pelo apoio e à comunidade, Severino fez o convite, “venham conhecer a nova biblioteca, que foi feita para vocês, aproveitem para aumentar o seu conhecimento”.
Durante a inauguração, um convênio entre o Governo Municipal e o SESI também foi firmado, onde jovens e adultos terão a oportunidade de voltar a estudar, através do EJA. Segundo o supervisor do SESI, Eliel Ferreira, muitas outras parcerias irão surgir, porque essa administração se preocupa com a educação e capacitação de seus moradores.
Estiveram presentes a subsecretária Estadual de Educação e irmã da homenageada Solange das Vigis, o secretários de Obras Vicente Manoel, a diretora do Trabalho Maria Fábia, o subsecretário Municipal de Educação Deusimar Macedo, os vereadores Aluísio da Artec, Giva Felipe e Natália, além de professores, diretores e a comunidade em geral.
A Biblioteca conta ainda com espaço para o Telecentro, onde as pessoas da comunidade poderão ter acesso a internet, além da sala de aula do Bolsa Futuro que oferece cursos de capacitação para adolescentes acima de 16 anos. Para se inscrever basta ir até o local e se informar.
Saiba mais
O nome da biblioteca foi escolhido em homenagem a uma professora da cidade, Janete das Vigis de Castro, que faleceu recentemente, e por ser uma colaboradora da cidade, alguém que acreditou e trabalhou para a educação do município.
Família e amigos da homenageada estiveram presentes, e emocionados agradeceram pelo reconhecimento dado a Janete.


Assessoria de Imprensa da Prefeitura / Fabiana Fernandes
Fotos: Beto Castanheiro

quinta-feira, 29 de agosto de 2013

Concurso de Redação


Concurso_Redação
O concurso tem como objetivo incentivar os alunos, do 3º ao 5º das escolas municipais, à pesquisa, escrita e leitura. Além do tema, que tem a dinâmica de desenvolvimento da cidade e a perspectiva de expressão participativa dos alunos e crescimento da cidade.

quarta-feira, 28 de agosto de 2013

PMDB REAGE A OFENSIVA DO BURITI


filippelli
Os deputados distritais do PMDB saíram ontem em apoio às declarações do vice-governador Tadeu Filippelli, que reagiu ao tratamento que recebeu no episódio da substituição do ex-administrador Néviton Pereira Júnior, indicado por ele, por Erivaldo Alves Pereira, militante do PT na cidade.
Para Rôney Nemer e Wellington Luiz, a atitude de Agnelo Queiroz reflete  desrespeito à base governista na Câmara Legislativa. Para eles, esse desrespeito já vem se estendendo há algum tempo e pode representar o ponto de partida para um racha dos dois principais partidos do Novo Caminho.
Tratamento diferente
“Nós, deputados do PMDB, comungamos da mesma opinião do vice-governador Filippelli. A forma como foi feita a substituição foi desrespeitosa. Quadros do PT, que tiveram problemas no governo, foram retiradas discretamente, sem alarde. Qual a intenção do governo com isso?”, protesta Rôney Nemer, referindo-se à exoneração de Néviton, anunciada durante coletiva no Buriti na última sexta-feira.
Wellington afirma que “a situação é desconfortável” para o partido e para os distritais, especialmente pelo fato de a Justiça ter pedido o afastamento de Néviton e não a exoneração, como ocorreu com o administrador, que é tenente-coronel. “E se for provado que não há nenhuma culpa dele? As consequências deste episódio são danosas não só para a sequência da carreira política dele, mas para a vida pessoal”, indigna-se o distrital.
Cobrança de juízo
Sobre um possível rompimento entre o PMDB e o governo, Wellington acredita que a situação requer juízo de ambas as partes: “É uma crise”, constata.
Uma liderança do PMDB, que pediu para não ser identificada, afirmou que apoiaria uma debandada do partido do GDF: “Sou a favor, pelo tratamento que a base e os deputados do PT vêm recebendo do governo, há muito tempo. O Filippelli é que tem segurado,  mas se fosse outro já teria saído do governo”.
Decisão não foi partidária, mas técnica, diz PT
Segundo o deputado federal Roberto Policarpo, presidente regional do PT,  as informações que chegaram a ele foram de que o vice-governador Tadeu Filippelli foi avisado da exoneração de Néviton Pereira antes da publicação no Diário Oficial. Não é o que diz o próprio Filippelli.
Policarpo afirmou ainda que a troca não foi uma escolha política, mas técnica. “A decisão do governador Agnelo Queiroz foi técnica e não partidária, diante de uma situação complicada. O PT não está tentando substituir os espaços do PMDB”, diz o presidente.
Segundo caso
Ele destaca que esse é o segundo adminstrador peemedebista  que tem problemas na administração de Santa Maria. “Desta vez o governador procurou alguém com o perfil da cidade e, por coincidência, o nome acabou sendo do partido”, conta o deputado.
Policarpo avalia que Filippelli está bem representado no governo e que o racha seria muito ruim para a aliança. “Esperamos manter a aliança, mas qualquer outro entendimento cabe ao PMDB. Se acontecer será uma perda muito grande, mas não acredito que isso ocorra”, analisa Policarpo, afirmando que os partidos “devem sentar para conversar”.
Saiba Mais
A falta de trato com a base na Câmara Legislativa é motivo de reclamação por parte dos parlamentares há tempo.
Segundo os distritais, dificilmente eles são recebidos por membros do governo para tratar de questões políticas.
O governador Agnelo também não admite, por parte dos parlamentares, ações que vão contra sua gestão.
Vítima da intransigência do GDF, após se posicionar a favor da greves na área de segurança, o deputado Wellington perdeu todos os cargos em que havia indicações suas no Executivo durante apenas uma semana, Isso inclui a Administração Regional do Varjão.
Segundo o distrital, o governo quis negociar a regional com ele, que recusou. “Para tirar foi uma semana, mas para devolver o governador demorou uma ano“, reclamou Wellington.
Fonte: Da redação do clicabrasilia.com.br

ENTRA E SAI NO PTB:CRISTIANO ARAÚJO SAI E WASHINGTON MESQUITA ENTRA

Cristiano Araujo
Já está praticamente definido o ingresso do distrital Washington Mesquita no PTB. A filiação terá efeito imediato. O único distrital do partido, Cristiano Araújo, considera-se fora dele. Cristiano estuda sua nova filiação entre quatro legendas. A opção aparentemente mais viável é o PV. Sabe-se que Cristiano considera o PV, mesmo sem Marina Silva, uma opção interessante.
Oposição, nem pensar
Cristiano já avisou o critério básico para a seleção de seu destino político. Quer um partido que esteja na base do próximo governo. Não pretende militar na oposição, pois acha que isso o impede de trabalhar.
Ainda pensando
Washington Mesquita deve deixar a filiação para a última hora. Diz que até o fim de setembro decide se sai do PSD.
Fonte: Jornal de Brasília – Coluna do Alto da Torre – Eduardo Brito

PR JÁ ESTÁ NA ESFERA DE ARRUDA

jose-roberto-arruda
Já desembarcou em Brasília, por obra e graça do deputado Valdemar Costa Neto, a lista dos integrantes da nova comissão regional provisória do PR. Terá como presidente Salvador Bispo, que participou dos governos Roriz e Arruda. Para o atual presidente do PR, deputado Ronaldo Fonseca, “isso significa que o PR do Distrito Federal foi entregue ao ex-governador José Roberto Arruda.
Fonte: Jornal de Brasília – Coluna do Alto da Torre – Eduardo Brito

Leia mais artigos:

PRESIDENTE DEIXA PARTIDO


pastor Ronaldo Fonseca
Ronaldo Fonseca se considera fora do PR. Para ele, “é uma questão de coerência”. Ele assumiu a presidência regional – de forma semelhante à intervenção agora adotada, por imposição da direção nacional e sob a forma de executiva provisória – com a missão de rever a orientação do PR. “O partido estava alinhado ao governo anterior e passou a apoiar o novo governo”, resume ele. Como presidente regional, Fonseca elaborou inclusive as nominatas do PR para a Câmara Legislativa e para a Câmara dos Deputados. Agora, não terá a mínima ideia do que acontecerá com essas chapas. Sabe apenas que Salvador Bispo não chegará sozinho. Haverá uma listagem de novas filiações.
Na Justiça Eleitoral
A primeira providência do deputado será solicitar à Justiça Eleitoral autorização para mudar de partido. Acha que a intervenção, em si, basta como argumento. Sabe também que se trata de uma corrida contra o relógio. O prazo para filiação a tempo de concorrer às eleições do ano que vem esgota-se a 5 de outubro. A Justiça Eleitoral não costuma pronunciar-se em tempo tão curto.
Escolha de hospedeiro
Por isso mesmo, e de forma previsível, as primeiras opções de Ronaldo Fonseca se referem a partidos recém-formados, ou em via de se registrarem, como legenda-hospedeira. O deputado    conversou  com o PEN — que poderá presidir —, com o novo PROS e até com os organizadores do partido de Paulinho da Força. Tem convites, ainda, de dois partidos de  maior peso, o PMDB e o PDT.
Fonte: Jornal de Brasília – Coluna do Alto da Torre – Eduardo Brito

Governo de Águas Lindas realiza reunião do Plano Plurianual


IMG_0541A Prefeitura de Águas Lindas de Goiás realizou na tarde desta terça-feira (27) um reunião com secretários municipais e diretores de departamento para debater a elaboração do Plano Plurianual (PPA) 2014 a 2017. Segundo o secretário de Planejamento Nilson Serafim que essas ações acontecem conforme o Programa Desenvolver, criado nessa gestão.
Na oportunidade, foram discutidos quais os projetos que cada secretário quer implementar nos próximos anos. Para o secretário Nilsinho, o Programa surge com a necessidade de criar um governo que planeja. “Nós estamos tentando implementar o PPA participativo, que tem a colaboração dos secretários. E isso vai beneficiar a população, porque é através de toda essa programação que o município vai conseguir investimentos do Governo Federal”, completou.
A reunião do PPA aconteceu com a participação dos secretários de Administração Aderson Teixeira, de Ação Social Aleandra de Sousa, da Saúde Willem Madison, de Educação Silvério Correa, de Meio Ambiente Oliveira Júnior, de Indústria e Comércio Nilson Formiga.
Saiba mais
O Plano Plurianual está previsto no artigo 165, da Constituição Federal de 1988, e é o instrumento de planejamento que estabelece, de forma regionalizada, as diretrizes, objetivos e metas da administração pública municipal direta e indireta. Visa diagnosticar a área de atuação, estabelecer desafios, determinar as políticas públicas, estabelecer indicadores para mensuração e avaliação das demandas levantadas, formas para execução e entrega dos serviços e produtos propostos no plano.
Assessoria de Imprensa da Prefeitura / Fabiana Fernandes
Fotos: Beto Castanheiro

terça-feira, 27 de agosto de 2013

Vice-prefeito de Águas Lindas participa de aula inaugural do Pronatec



Uma parceria entre o Governo Municipal e o Senai, através do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) cursos profissionalizantes estão sendo oferecidos no município.

Na tarde desta terça-feira (27), o vice-prefeito Luiz Alberto Jiribita, participou da abertura do Curso de Auxiliar Administrativo e de Montagem e Configuração. O evento também contou com a presença da primeira-dama e secretária de Ação Social Aleandra de Sousa, da diretora do Trabalho Maria Fábia, do secretário de Educação Silvério Correa, do coordenador geral do Pronatec Adiel Santana e além dos alunos.

Na oportunidade, o vice-prefeito Jiribita demonstrou a sua preocupação ao falar da educação. “Nós não estamos apenas preocupados, mas também tomando decisões pensando no futuro da população dessa cidade”.

Para ele, apenas através da educação é possível se fazer uma cidade melhor. “E nós queremos dar condições para que vocês que estão aqui fazendo o curso e todos que queiram ser capacitados, conquistem o seu espaço no mercado de trabalho e também na vida”, concluiu.

Já a primeira-dama, Aleandra disse que as secretarias de Ação Social e Educação estão unidas com o propósito de capacitar os jovens da cidade. “Nós estamos trabalhando para trazer mais cursos profissionalizantes. Inclusive o nosso desejo é trazer também cursos de línguas como inglês e espanhol”, afirmou.




Assessoria de Imprensa da Prefeitura / Fabiana Fernandes

Fotos: Beto Castanheiro
 -