PREVENÇÃO É A MAIOR PROTEÇÃO

PREVENÇÃO É A MAIOR PROTEÇÃO
PREVENÇÃO É A MAIOR PROTEÇÃO

domingo, 31 de julho de 2022

Eleições 2022: enquetes e sondagens estão proibidas a partir de 15 de agosto

Caso seja apresentado como pesquisa eleitoral, esse tipo de levantamento será reconhecido como pesquisa de opinião pública sem registro na Justiça Eleitoral
A realização de enquetes ou sondagens sobre as Eleições 2022 está proibida a partir de 15 de agosto. A determinação está prevista na Resolução TSE nº 23.600/2019 e no calendário eleitoral. Segundo a norma, enquete ou sondagem é “o levantamento de opiniões sem plano amostral, que dependa da participação espontânea da parte interessada, e que não utilize método científico para sua realização, quando apresentados resultados que possibilitem à eleitora ou ao eleitor inferir a ordem das candidatas e dos candidatos na disputa”. A última vez em que as enquetes ou sondagens foram permitidas, nas Eleições Municipais de 2012, tiveram sua divulgação condicionada à informação clara de que se tratava de mero levantamento de opiniões, sem controle de amostragem científica. Em 2021, a norma do TSE sobre o tema sofreu algumas alterações. Entre elas, a determinação de que, se esse tipo de levantamento for apresentado ao público como se fosse uma pesquisa eleitoral, ele será reconhecido como pesquisa de opinião pública sem registro na Justiça Eleitoral. Outra mudança foi a previsão de que, a partir do dia 15 de agosto, caberá o exercício do poder de polícia contra a divulgação de enquetes, mediante a expedição de ordem para que sejam removidas, sob pena de crime de desobediência, sem prejuízo de eventual representação cabível. Anteriormente, esse tipo de levantamento deveria ser punido com o pagamento de multa. Contudo, com as alterações, o poder de polícia não mais autoriza a aplicação de ofício, pela juíza ou pelo juiz eleitoral, de multa processual ou de sanção a ser aplicada em representação. Assim, por possuir natureza administrativa, eventual caso sobre o assunto tramitará no Processo Judicial Eletrônico de 1º Grau da Justiça Eleitoral, na classe processual Notícia de Irregularidade da Propaganda Eleitoral (NIP). Pesquisa eleitoral Enquete ou sondagem eleitoral não é a mesma coisa que pesquisa eleitoral. Enquanto a pesquisa deve seguir os rigores dos procedimentos científicos, a enquete apenas faz a sondagem da opinião dos eleitores. A pesquisa sobre as eleições é a indagação feita ao eleitorado, em um determinado momento, a respeito das candidatas e dos candidatos que podem disputar ou já concorrem no pleito. Os dados e as informações são cadastrados no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e nos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs). O registro da pesquisa na Justiça Eleitoral deverá conter as seguintes informações: quem contratou a pesquisa e quem pagou, com os respectivos números no CPF ou no CNPJ; o valor e a origem dos recursos; a metodologia usada; e o período de realização do levantamento. Qualquer pessoa pode consultar as pesquisas eleitorais já registradas. Fonte:https://www.tse.jus.br/

sábado, 30 de julho de 2022

Secretário de Desenvolvimento Econômico Cristiano Rodrigues no ESPAÇO CIDADE

Na última edição do programa SABADÃO DO BRANDÃO da Rádio Cidade FM 98.1, no quadro ESPAÇO CIDADE deste sábado 30 de Julho de 2022, Recebemos . Cristiano do Nascimento Rodrigues, é natural de Brasília-DF e a muitos anos morador de Águas Lindas de Goiás, sempre ativo nos movimentos da Igreja Católica. Cristiano Rodrigues ou Cristiano da Farmácia nome usado nas Urnas Eletrônicas na eleição de 2020 quando saiu candidato a vereador pelo PODEMOS, obtendo 520 votos e ficando com uma suplência. Logo após a posse do prefeito Dr. Lucas Antonietti, Cristiano Rodrigues assumiu uma cadeira na Câmara Municipal de Vereadores e devido a um ajuste político administrativo foi convidado a assumir a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, desafio feito, desafio aceito. Já na Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico Cristiano Rodrigues tem se empenhado para trazer condições para os empresários gerarem mais empregos em nossa cidade, em parceria com outras Secretarias Municipais a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico trouxe para a nossa cidade, a estrutura do SENAI que tem vários cursos que qualifica a nossa população para o desafio da criação de novos empregos. Entre outras conquistas da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, a prefeitura já trabalha o projeto das coberturas das feiras públicas, do Pérola e a do Jardim Brasília que terão uma estrutura moderna e avançada, que trará UM NOVO TEMPO para os feirantes da nossa cidade. A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico também é responsável pelas áreas públicas que ficam entre a BR 070 e as vias marginais ( respeitando à Lei Federal, em um acordo entre o DNIT e os municípios brasileiros ) , que também terão um projeto próprio responsável e que garanta uma armonia entre os Empresários e os trabalhadores autônomos que já exploram os espaços públicos com ( Traleres e Quiosques ) e também com a garantia da legalidade necessária. Cristiano Rodrigues, deixou bem claro que a determinação do Prefeito Dr. Lucas Antonietti é que tudo seja feito ( Dentro da Legalidade ) para garantir UM NOVO TEMPO para a nossa população . Foto: Assessoria do Secretário. Por: Samuel Bezerra.

Deputado Estadual Zé da Imperial no ESPAÇO CIDADE

Na última edição do programa SABADÃO DO BRANDÃO da Rádio Cidade FM 98.1, no quadro ESPAÇO CIDADE deste sábado 30 de Julho de 2022, Recebemos . José Barbosa da Silva, carinhosamente conhecido como Zé da Imperial, é Deputado Estadual pelo MDB e veio para Águas Lindas de Goiás-GO no início de 1998 onde foi trabalhar na recém chegada Metalúrgica Aço Forte, foi empresário no ramo de panificadoras e hoje atua no ramo da construção civil. Zé da Imperial foi candidato a vereador pelo PTB no ano de 2016, sendo eleito com 1.058 votos, assumiu o mandato por 1 ano e 6 meses, renunciando para fazer um trabalho a nível de estado e sair candidato nas eleições de 2018. Já no PSC, Zé da Imperial sai candidato em 2018 a Deputado Estadual obtendo 17.823 votos e ficando na primeira suplência da coligação, no último mês de maio Zé da Imperial assumiu o mandato de Deputado Estadual e já apresenta demandas ao governo de Ronaldo Caiado que trazem melhorias coletivas para Águas Lindas de Goiás-GO, ( a construção da sede definitiva do Colégio Estadual " Emília Ferreira Branco ) " e de mais um novo Colégio Estadual para que venha a atender a região dos Setores Querência e Camping Club. A geração de empregos e rendas são o carro chefe das motivações do Deputado Estadual Zé da Imperial e ele tem um desafio muito grande em fazer uma parceria entre o estado de Goiás e o município de Águas Lindas de Goiás, para a implantação do Pólo Industrial . O Deputado Estadual Zé da Imperial hoje se encontra filiado ao MDB e mais uma vez se coloca a disposição do eleitor do estado de Goiás como Pré Candidato à Deputado Estadual. Foto: Assessoria do Deputado. Por: Samuel Bezerra.

ELEIÇÕES 2022 --Candidatos e imprensa devem estar atentos às inovações da legislação, alerta juiz do TRE

Momento de ir às urnas está cada vez mais próximo l Foto: Reprodução--
Vicente Lopes falou para jornalistas sobre as mudanças nas regras para o pleito deste ano, especialmente quanto ao uso de redes sociais e às responsabilidades por disparos em massa--- O Tribunal Regional Eleitoral do Estado de Goiás (TRE-GO) realizou um encontro com a imprensa goiana e escalou seu membro que está há mais tempo na Corte para apresentar à imprensa as principais inovações para as eleições deste ano, especialmente as contidas na Resolução nº 23.671/2021, que alterou ou incluiu algumas normas para a propaganda eleitoral no ano de 2022. Após a abertura do presidente, desembargador desembargador Itaney Francisco Campos, o juiz-membro titular Vicente Lopes falou sobre as mudanças, condutas vedadas, divulgação jornalística e propaganda eleitoral e também esclareceu dúvidas dos jornalistas. Ao final, concedeu entrevista destacando o empenho da Justiça Eleitoral para as eleições deste ano, talvez as mais desafiadoras da história da Corte. Vicente Lopes é advogado e o membro mais antigo do tribunal. Compôs o TRE-GO como juiz-membro substituto nos períodos de janeiro de 2015 a janeiro de 2017. Foi reconduzido ao cargo em agosto de 2017 e em novembro de 2018 tomou posse no cargo de juiz-membro titular. Em janeiro do ano passado, foi reconduzido ao cargo de juiz-membro titular. Foi juiz gestor de metas do TRE-GO e ocupou os cargos de Ouvidor da Justiça Eleitoral Goiana e o de Diretor da Escola Judiciária Eleitoral de Goiás. Em dezembro de 2020, foi eleito Presidente do Colégio Permanente de Juristas da Justiça Eleitoral. Entre as inovações nas regras para o pleito deste ano, está a tipificação de crimes eleitorais, com penas severas e um cenário de atuação mais contundente da Justiça Eleitoral. Entre as condutas tipificadas como criminosas estão a contratação direta ou indireta de grupo de pessoas com a finalidade específica de emitir mensagens ou comentários na internet para ofender a honra ou denegrir a imagem de candidato, candidata, partido ou coligação. Igualmente incorrem em crime as pessoas contratadas. Também é considerado crime divulgar, na propaganda eleitoral ou durante período de campanha, fatos que se sabe inverídicos, em relação a partidos ou candidatas e candidatos, capazes de exercerem influência perante o eleitorado. “Também comete crime quem produz, oferece ou vende vídeo com conteúdo inverídico acerca de partidos ou candidatas e candidatos”, esclarece Vicente Lopes, assim como assediar, constranger, humilhar, perseguir ou ameaçar, por qualquer meio, candidata a cargo eletivo, ou detentora de mandato eletivo, utilizando-se de menosprezo ou discriminação à condição de mulher, ou à sua cor, raça ou etnia, com a finalidade de impedir ou de dificultar a sua campanha eleitoral ou o desempenho de seu mandato eletivo. A questão da violência política de gênero teve destaque na abordagem do juiz eleitoral, que explicou que é crime praticar violência política contra a mulher, sendo esta toda ação, conduta ou omissão com a finalidade de impedir, obstaculizar ou restringir os direitos políticos da mulher.Vicente Lopes falou ainda sobre as regras para a realização de debates entre os candidatos, pelos veículos jornalísticos, para as eleições proporcionais e majoritárias, programação normal e noticiário no rádio e na televisão e divulgação na imprensa escrita. Impulsionamento Presidente da Comissão de Direito Político e Eleitoral da OAB-GO, Marina Morais destacou a relação que o TRE-GO tem construído com a imprensa, em especial pela realização do Café com a imprensa. “Tem sido um evento muito proveitoso em todas as suas edições”, elogiou. Sobre a Resolução nº 23.671/2021 do TSE, que alterou ou incluiu algumas normas para a propaganda eleitoral no ano de 2022, ela vê avanços. “Já nos primeiros artigos esclareceu questões que levantavam controvérsias, como a possibilidade de impulsionamento de conteúdo na pré-campanha e trouxe também importantes balizas para a propaganda antecipada, que antes retirávamos da jurisprudência e não da Resolução, o que concede ainda mais segurança jurídica”, avalia Marina Morais.
O advogado Wandir Allan, ex-presidente da Comissão de Direito Eleitoral da OAB-GO, também destaca avanços no que diz respeito à propaganda eleitoral. Para ele, mais relevante é a caracterização da desinformação como um ilícito, a partir da cassação do deputado Fernando Francischini, por abuso dos meios de comunicação a disseminação de notícias falsas, por meio de redes sociais. “O TSE já deu mostras de que vai tratar de uma maneira muito séria a desinformação”, alerta Wandir Allan, citando ainda inovações sobre a caracterização da propaganda extemporânea, não só o pedido explícito de votos fora do período autorizado, 16 de agosto, mas também que veicule informações que alterem o sistema ou o processo eleitoral, e a autorização expressa para o impulsionamento de conteúdo pelos pré-candidatos. Banco de dados Outro ponto comum destacado tanto por Marina Morais como por Wandir Allan é a inclusão de dispositivos que buscam adequar a logística de propaganda à Lei Geral de Proteção de Dados, a LGPD. “Temos agora várias previsões sobre como partidos e candidatos podem lidar com bancos de dados, tutelaram o disparo em massa, exigiram o consentimento (de quem recebe). Isso mostra como a Justiça Eleitoral tem se movimentado para acompanhar a realidade das eleições e as constantes mudanças legislativas, inclusive em outros ramos do Direito”, avalia Marina. “Sobre o disparo em massa de conteúdos, independentemente de ser conteúdo verídico ou não (sendo inverídico, há a configuração de crime), é proibido que qualquer candidato, partido, coligação ou federação partidária faça uso de serviços de disparo em massa, com exceção daqueles disponibilizados pelo próprio aplicativo, como a lista de transmissão do WhatsApp”, observa o advogado, acrescentando que contratar software ou um bot (robô para o envio de conteúdo para números indeterminados) é um ilícito e pode inclusive configurar abuso de poder econômico. “A única hipótese de envio é para aqueles números em banco de dados formado pelo candidato ou pelo partido ao longo de sua trajetória política, ou seja, respeitando os limites da LGPD, que é a efetiva finalidade para a qual o dado foi coletado. Desafio Para Marina Morais, o maior desafio da Justiça Eleitoral nestas eleições será o combate à desinformação. “Nesse ponto, a Justiça Eleitoral tem se movimentado bastante, produzido muitos eventos, e, inclusive, a OAB-GO possui uma comissão específica para tratar do tema, presidida pelo colega Dr. Samuel Balduíno. Estou certa de que, unindo esforços, teremos resultados positivos em promover a informação fidedigna ao eleitor”, afirma a presidente. Wandir Allan acredita que a maior dificuldade para a Justiça eleitoral será o acompanhamento dos shows artísticos para arrecadação de recursos de campanha. Eles estão previstos na resolução do TSE para as eleições deste ano. Neles, não serão permitidos atos de campanha, transformando esses shows em comícios, mas tão somente a arrecadação de recursos para campanhas eleitorais. “Será um desafio para a fiscalização do Ministério Público e para a atuação da Justiça Eleitoral”, pontua o advogado. Por Marco Aurélio Fonte:https://www.jornalopcao.com.br/

sexta-feira, 29 de julho de 2022

PP, PL, SD, Pros, Agir e PTB declararam apoio à reeleição de Ibaneis

Foto:Divulgação
No total, sete partidos já anunciaram que vão estar com Ibaneis Rocha (MDB) nas eleições de 2022 Sete partidos já declararam apoio à reeleição do governador Ibaneis Rocha (MDB). Além do próprio MDB, PP, PL, Solidariedade, Pros, Agir e PTB afirmaram que farão campanha para Ibaneis. O mais recente partido a entrar para o grupo favorável ao governador foi o Solidariedade. Na quinta-feira (28/7), o presidente do Solidariedade-DF, deputado federal por Goiás Lucas Vergílio, anunciou o apoio à reeleição: “O projeto de Ibaneis é o melhor para o Distrito Federal e para a Ride (Região Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal e Entorno).” Ibaneis disse que a entrada do Solidariedade na campanha é “muito importante”. “É um partido que está bem constituído no DF e já tem sua nominata com nove candidatos a deputado federal e 25 a distritais. Outra coisa que é muito importante é a força do partido no Entorno do DF, que vem unir, neste momento, as (duas) regiões nessas candidaturas”, afirmou. No dia anterior, o Pros-DF declarou que irá apoiar Ibaneis nas eleições de 2022. “O Pros é um fiel aliado do governador Ibaneis”, disse o presidente do Pros-DF, Wanderlei Espindola. O grupo de Ibaneis também tem conversado com outros partidos, como Republicanos, PMN, Avante, Patriota, PRTB e PSD. Outros candidatos A disputa pelo Governo do Distrito Federal tem, até o momento, nove pré-candidatos: os senadores Reguffe (União Brasil), Izalci Lucas (PSDB), Leila Barros (PDT); o ex-secretário de Educação, Rafael Parente (PSB); o deputado distrital Leandro Grass (PV); Keka Bagno (PSol); Professor Lucas Salles (DC); e Robson da Silva (PSTU). Além de Ibaneis, Leandro Grass é quem tem, até o momento, mais partidos aliados. Ele é o representante da federação formada pelo PV, PT e PCdoB. Em maio, União Brasil, Podemos, Cidadania, PSC e Novo selaram “pacto” a favor da candidatura de Reguffe ao GDF. Porém, Cidadania agora está em federação com PSDB, de Izalci. E o PSC-DF é presidido por Luís Felipe Belmonte, que é marido da deputada federal Paula Belmonte (Cidadania). Com a canetada para que a legenda da congressista apoie a candidatura de Izalci, ainda não se sabe qual rumo o PSC deve seguir nas eleições de outubro: se acompanha Paula ou se apoia um projeto adversário. Izalci Lucas é o candidato a governador escolhido pela Federação PSDB-Cidadania. Os demais pré-candidatos seguem em negociação por apoio. Os partidos têm até o dia 5 de agosto para realizar convenção em que devem ser definidos os candidatos. O registro das candidaturas deve ser apresentado ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) até 15 de agosto. Por Isadora Teixeira e Caio Barbieri Fonte:https://www.metropoles.com/

Neymar pode ser preso e ficar de fora da Copa do Catar

Promotoria espanhola pede dois anos de prisão pelo crime de corrupção. Julgamento deve ocorrer em 17 de outubro--- Investigação pede que Neymar e outros envolvidos em transferência sejam presos por dois anos | Foto: Reprodução Nos últimos meses, Neymar tem passado por momentos turbulentos em relação a sua permanência no clube francês Paris Saint‑Germain (PSG), onde ainda não é dada como certa sua permanência. Mesmo com o camisa 10 falando que deseja continuar no clube, nem mesmo o presidente garante que isso vá acontecer. Se não bastasse essa indefinição e a popularidade em baixa com a torcida do PSG, Neymar enfrentará mais uma questão complicada, dessa vez fora dos gramados. Segundo o jornal El País, o jogador poderá ser submetido a um julgamento sob acusação de corrupção. Caso o Tribunal de Justiça de Barcelona, aceite a denúncia feita pela promotoria, o craque da seleção brasileira poderá ser preso e ficar fora da Copa do Catar. O julgamento está previsto para acontecer dia 17 de outubro e tem a ver com a negociação entre Santos e Barcelona, em 2013. A DIS, empresa que fez a mediação da transferência do jogador na época, moveu uma ação contra o atleta, além de dois ex-presidentes do time espanhol e o pai do jogador. A empresa alega ter sido enganada pelos réus quanto aos valores envolvidos e pede uma indenização de 150 milhões de euros. Entenda o caso O Barcelona afirmou, na época, que o valor da negociação ficou em torno de 57, 1 milhões de euros, porém, a empresa DIS desconfiou da fraude e fez a denúncia. A justiça espanhola então começou a investigar e descobriu que, na verdade, os valores foram bem mais altos que o informado, girando em cerca de 83, 3 milhões de euros. Por conta disso, os advogados da DIS pedem reparações financeiras e a prisão de todos os envolvidos pelo crime de corrupção. O Ministério Público espanhol exige uma prisão de dois anos a todos os investigados no caso, o que, se for realmente acatado pela justiça, deixaria Neymar de fora da Copa do Mundo do Catar em novembro. Segundo os promotores, Neymar e seu pai, ao assinar contratos simulados, ignoraram, que os direitos do jogador pertenciam ao Santos e à DIS. Se o desfecho desse julgamento for mesmo a prisão de Neymar, a sua carreira poderá chegar ao fim aos 30 anos de idade. O camisa 10, que já participou de dois mundiais sem conseguir jogar uma final sequer, corre o risco de ter sua biografia manchada e ser lembrado não pelo bom futebol, mas pelo que fazia fora de campo. Pelo que parece, somente uma intervenção divina será capaz de livrar o craque brasileiro. Por Cilas Gontijo Fonte:https://www.jornalopcao.com.br/

quinta-feira, 28 de julho de 2022

MDB oficializa Simone Tebet como candidata ao Palácio do Planalto

Apesar da confirmação, há ala no partido que defende apoio à candidatura de Lula. Foto: Reuters--
Ainda não há definição de quem será o vice na chapa Mesmo sem consenso interno e ainda sem a definição para o vice na chapa, a senadora Simone Tebet foi oficializada para concorrer ao Palácio do Planalto pelo MDB nas eleições de outubro. O nome dela foi confirmado pelo partido na convenção nacional que foi realizada de forma virtual em Brasília nesta quarta-feira (27). Foram 262 votos a favor e 9 contrários à indicação. Em uma mensagem na internet, PSDB e o Cidadania também confirmaram o apoio à candidatura de Simone Tebet, decisão essa que foi tomada de forma unanimidade na convenção nacional da Federação dos dois partidos. Como o senador tucano Tasso Jereissati continua dando sinais de que vai rejeitar o convite para ser o vice da chapa, aumentam as chances de uma chapa totalmente feminina, com a senadora Eliziane Gama, do Cidadania, para ocupar o cargo. Na convenção, o ex-presidente Michel Temer defendeu a candidatura da senadora, que somente o partido pode trazer pacificação ao país, mas cobrou uma defesa das medidas adotadas por ele enquanto estava no cargo, como a reforma trabalhista e o do ensino médio. Apesar da confirmação do nome de Tebet, existe um racha no MDB. Uma ala do partido defende a indicação da senadora, mas outra faz campanha ao ex-presidente Lula. Uma terceira ainda quer a reeleição de Jair Bolsonaro. Para evitar que o nome de Tebet fosse rejeitado, o presidente do partido, Baleia Rossi, se comprometeu a liberar os estados para fazerem campanha para o candidato que quiserem. Além do MDB, PSDB e Cidadania, o Progressistas também decidiu anunciar o posicionamento nas eleições de outubro. No entanto, o PP vai apoiar à reeleição do presidente Jair Bolsonaro. O prazo para as convenções partidárias para confirmar os nomes na disputa deste ano segue até o dia 5 de agosto. Além de Tebet, até agora, Ciro Gomes, do PDT, Lula, do PT, André Janones, do Avante, e Jair Bolsonaro, do PL, Leonardo Péricles, da UP, já tiveram os nomes confirmados para a disputa presidencial. Fonte:https://www.band.uol.com.br/

quarta-feira, 27 de julho de 2022

UMNOVOTEMPO| Audiência Pública

Sua opinião é muito importante para o município! Participe! Dia 28 de Julho às 14 no auditório da Câmara Municipal. Prefeitura e você juntos para um novo tempo! #prefeitura #aguaslindasdegoias #umnovotempo

Eleições 2022: dados de candidaturas são atualizados de hora em hora no DivulgaCandContas

Na página, podem ser consultadas informações sobre concorrentes já registrados
Eleitoras e eleitores já podem consultar informações sobre candidaturas na página DivulgaCandContas, administrada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O site é atualizado de hora em hora, durante todo o dia, de acordo com os dados mais recentes fornecidos pelos 27 Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) do país. Constam da página as informações declaradas pelas candidatas e pelos candidatos escolhidos nas convenções partidárias que já solicitaram o registro à Justiça Eleitoral. Informações sobre candidaturas É possível consultar no DivulgaCandContas os números dos processos de registro de candidatura e dos Demonstrativos de Regularidade de Atos Partidários (DRAP), informações sobre ocupação, cor/raça e lista de bens declarados pelos postulantes a cargos eletivos, bem como o partido político e a coligação aos quais os candidatos pertencem, se for o caso. Também serão exibidos na página os resultados dos julgamentos dos requerimentos de registro, na medida em que forem sendo analisados pelos TREs ou pelo TSE. Com exceção das decisões da Justiça Eleitoral quanto aos requerimentos de registro, todos os dados são informados pelas próprias candidaturas por meio do Sistema de Candidaturas – Módulo Externo (CANDex). Vale lembrar que as informações referentes aos cargos de deputado federal, deputado estadual e deputado distrital – no caso do DF – bem como de senador e governador são de responsabilidade dos TREs, que organizam e coordenam os pleitos estaduais. Já os dados das candidaturas à Presidência da República são atribuição direta do TSE. Divulgação dos relatórios financeiros A partir do dia 16 de agosto, com o início da propaganda eleitoral, o site também passará a divulgar as prestações de contas das pessoas que pretendem disputar o pleito de outubro. Dessa data em diante, os partidos políticos deverão enviar à Justiça Eleitoral, a cada 72 horas, relatórios financeiros de campanha, que ficarão disponíveis para consulta pública no DivulgaCandContas. Fonte:https://www.tse.jus.br/

terça-feira, 26 de julho de 2022

Pré Candidatura do Pastor Daniel de Castro a Deputado Distrital Cresce e Avança por Todas as Cidades do DF.

Por Moisés Tavares--
PROJETO NAÇÃO MADUREIRA---Pastor Daniel de Castro tem o apoio do Ministério de Madureira e de seu Bispo Primaz Dr Manoel Ferreira, de muitas outras igrejas Assembleias de Deus de diversos Ministérios e de Igrejas independentes-------- A Pré candidatura a deputado distrital do Pastor Daniel de Castro vem crescendo a cada dia e avançando por todas as cidades do Distrito Federal. Pastor Daniel de Castro, está preparado para representar a população do Distrito Federal e em suas caminhadas, encontros, reuniões e visitas, tem recebido cada vez mais apoios. Com uma agenda cheia, o Pastor Daniel de Castro tem percorrido por várias cidades, Brazlandia, Samambaia, Incra, Ceilandia, Planaltina, Formosa, Vicente Pires, 26 Setembro, Santa Maria, em todas as cidades o Pastor Daniel de Castro está presente e o número de apoiadores ao seu projeto politico tem aumentado cada vez mais. No Entorno, onde há uma expressiva quantidade de eleitores do Distrito Federal, Pastor Daniel de Castro tem encontrado lideranças politicas e comunitárias que estão abraçando a sua causa politica por acreditarem no projeto e na pessoa do Pastor Daniel de Castro que tem sido um dos politicos mais respeitados do Distrito Federal, pois, por onde passou deixou sua marca de bom gestor. VEJA ABAIXO FOTOS DE ALGUMAS REUNIÕES