UM NOVO TEMPO

UM NOVO TEMPO
+ DE 40 ATENDIMENTOS PEDIÁTRICOS

domingo, 29 de abril de 2018

2018 -Prefeitos do MDB em Goiás defendem aliança com PSDB

Ana Cláudia Lemos, de Caçu, e Ricardo Goulart, de Itarumã, enxergaram com bons olhos declarações do ex-prefeito Maguito quanto à possibilidade de apoio entre as siglas
Os prefeitos Ana Cláudia Lemos, de Caçu, e Ricardo Goulart, de Itarumã, ambos do MDB, aprovaram a iniciativa do ex-governador e ex-prefeito de Aparecida, Maguito Vilela (MDB), de abrir diálogo com o PSDB do governador José Eliton e do ex-governador Marconi Perillo com vistas à corrida eleitoral deste ano.
“Seria interessante se Daniel [Vilela, pré-candidato a governador do MDB] e José Eliton caminhassem juntos. No meu caso, recebo muitos benefícios de um e de outro. Imagine se os dois partidos estivessem juntos? Os prefeitos de oposição seriam extremamente beneficiados”, afirma Ana Cláudia.
“Torço muito por isso [Daniel e Eliton juntos] e acho que tem tudo para dar certo. Ótima iniciativa do ex-governador Maguito”, diz Ricardo Goulart. Ambos fazem parte da ala do MDB que, nos últimos meses, apresentou-se como defensora da postulação de Daniel ao Palácio das Esmeraldas.
O ex-governador Maguito Vilela (MDB) admitiu nesta sexta-feira (27/4), durante entrevista à rádio Sagres 730, que seu partido considera possível uma aliança entre o deputado federal emedebista Daniel Vilela e o governador José Eliton na disputa pelo Governo de Goiás.
Pai de Daniel, Maguito defendeu que as duas legendas intensifiquem as conversações acerca da composição, o que afetaria diretamente as articulações do senador Ronaldo Caiado, pré-candidato do DEM ao Palácio das Esmeraldas, de unir democratas e emedebistas.
“(A conversa entre o MDB e o PSDB em Goiás) tem que acontecer. Eu não vejo motivo nenhum pra não acontecer. Toda aliança ela é saudável. Agora, é lógico que existe uma rivalidade grande aqui em Goiás. Mas eu acho que ela já foi maior no passado. Então, há ambiente pra conversar, sim”, disse Maguito.
O governador José Eliton (PSDB) disse, em recente entrevista, que não fará nenhuma ação em partidos que tenham pré-candidatos ao governo de Goiás, como o MDB, por entender que na política moderna é preciso haver respeito. “Estou conversando com as lideranças de todos os demais partidos e não descarto nenhuma possibilidade”, frisou.
A aproximação entre o MDB e o PSDB é um processo que iniciou há pelo menos 7 anos. O ponto de partida foi bom relacionamento administrativo entre Maguito, que era prefeito de Aparecida de Goiânia, e Marconi, então governador.

Fonte: Jornal Opção

sábado, 28 de abril de 2018

Previdência complementar --Futuros servidores do GDF vão contar com previdência complementar

Falta a autorização da Superintendência Nacional de Previdência Complementar






  Benefício para servidores dos Poderes Executivo e Legislativo, do Tribunal de Contas, da Defensoria Pública e dos municípios do Entorno Foto: Arquivo EBC

 O decreto assinado nessa quarta-feira (25) cria a Fundação de Previdência Complementar dos Servidores do Distrito Federal (DF-Previcom), vinculada à Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão. Assim, os futuros servidores do Governo do Distrito Federal (GDF), dos Poderes Executivo e Legislativo, do Tribunal de Contas, da Defensoria Pública e dos municípios do Entorno poderão aderir à previdência complementar local.
A Secretaria de Planejamento aguarda somente a autorização de funcionamento por parte da Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc), ligada ao Ministério da Fazenda.
Entre as alternativas de previdência já vigentes estão a social (por meio do Instituto Nacional do Seguro Social, o INSS) e a privada (aquela oferecida por instituições financeiras credenciadas pela Superintendência de Seguros Privados/Susep, órgão do governo federal).
“É importante frisar que, com a instituição deste novo modelo [da previdência complementar], nada mudará para os atuais servidores. Para os futuros servidores, o custeio é mais barato. Em vez de pagar 11% sobre a remuneração total, eles pagarão 11% sobre o teto do INSS e o quanto quiserem contribuir a mais. Desse modo, para cada R$ 1 do servidor, o governo coloca R$ 1 na conta individualizada”, explica o secretário de Planejamento, Renato Brown.
Reestruturação previdenciária em andamento
A criação da DF-Previcom faz parte de negociações entre o governo de Brasília e a Câmara Legislativa firmadas no fim do ano passado. À época, o acordo se sustentou em três pilares:
Criação de uma previdência complementar para novos funcionários públicos
Criação do fundo solidário garantidor
Unificação dos fundos capitalizado e financeiro
Foram autorizados a firmar convênios de adesão com a DF-Previcom, na condição de patrocinador dos benefícios e com autorização para oferecê-los a seus servidores:
O Poder Executivo do DF, representado pela Secretaria de Planejamento
A Câmara Legislativa do DF
O Tribunal de Contas do DF
A Defensoria Pública do DF
Os municípios que integram a Região Integrada de Desenvolvimento do DF e Entorno
Cada um desses patrocinadores será responsável pelo recolhimento das respectivas contribuições e pelo repasse.
A DF-Previcom foi estruturada na forma de fundação, de natureza pública, com personalidade jurídica de direito privado e autonomia administrativa, financeira, patrimonial e gerencial.
O aporte inicial ficará sob responsabilidade da Secretaria de Fazenda, no valor de R$ 5 milhões.
Diferença entre a DF-Previcom e o Iprev-DF
O Instituto de Previdência dos Servidores (Iprev-DF) e a DF-Previcom são entidades distintas.
O primeiro é um órgão público de natureza autárquica que administra os planos de benefício básico dos servidores, aposentados e pensionistas. Ao Iprev cabe arcar com os benefícios previdenciários até o teto estipulado para o INSS.
Já a DF-Previcom é uma instituição privada, criada nos moldes da Fundação de Previdência Complementar do Servidor Público Federal do Poder Executivo (Funpresp-Exe), que tem como objetivo cuidar da previdência complementar dos servidores que ingressarem futuramente no serviço público.

(Com informações da Agência Brasília)
Diário do Poder

Vereador Aluísio Da Artec prestigia III Passeata da Educação Inclusiva

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas em pé e atividades ao ar livre

Por Alberto Pessoa
O vereador Aluisio Da Artec prestigiou na manhã desta sexta-feira a III Passeata da Educação Inclusiva na Avenida JK. O vereador falou em nome da Câmara Municipal e destacou a importância do trabalho realizado pela prefeitura em favor das pessoas com necessidades especiais.
"Parabenizamos todas as Escolas Municipais pelo trabalho desenvolvido buscando sempre uma educação igualitária. Agradecemos todas as escolas Estaduais e Particulares aqui presente. Estamos em parceria em prol da Educação Inclusiva. Não podemos deixar de agradecer ao nosso Prefeito pelo trabalho na Educação", disse Artec.
O município conta hoje com 42 salas de Recursos Multi-profissionais nas Escolas Municipais onde tem atendimento Educacional Especializado (A.E.E). Conta também com palestras, orientações e acompanhamentos com psicólogos (as), fonoaudiólogos (as), pedagogos (as) e Serviço Social em todas as escolas da rede municipal.

A imagem pode conter: 4 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé e atividades ao ar livre

sexta-feira, 27 de abril de 2018

Tudo sobre Tétano: o que é, sintomas, causas e transmissão






Olá Pessoal.

Hoje estaremos falando sobre o tétano, o que é, sintomas, causas, transmissão, prevenção e tratamento.

Boa leitura...



O que é o tétano?

Tétano é uma doença grave causada pela infecção da bactéria Clostridium tetani, que entra no corpo através de feridas e produz uma toxina que age no sistema nervoso central, provocando fortes contrações musculares que podem matar. É possível prevenir o tétano através de vacina.


Tipos

Existem alguns tipos de tétano para os quais se deve prestar atenção. São eles:
Tétano localizado

Nessa variedade da doença, as contrações musculares afetam apenas lugares específicos, frequentemente extremidades como mãos, braços e pés. Costuma ser consequência de uma imunização fraca ou mal feita.

Tétano generalizado

A versão mais comum do tétano, afeta o corpo todo. A pessoa sente dores intensas e os músculos se contraem com força.
Tétano cefálico

Uma das versões mais raras do tétano, o tétano cefálico costuma vir de feridas na cabeça ou otites. Ele tem um período de incubação curto, de um a dois dias, pela proximidade com o Sistema Nervoso Central e frequentemente evolui em tétano generalizado.

Tétano neonatal

Outra versão rara da doença, o tétano neonatal, também conhecido como mal-de-sete-dias, acontece quando a bactéria tetânica infecta o coto do cordão umbilical de um bebê recém-nascido.
Causas e agente etiológico

Feridas abertas são o caminho para a bactéria Clostridium tetani, que, diferente do que diz o conhecimento popular, não vive apenas em pregos enferrujados.

Caminhar descalço

A bactéria pode estar na terra, em plantas e fezes de animais ou humanas. Ela é inofensiva quando no intestino, mas faz estrago se infecta o corpo. Caminhar descalço com uma ferida nos pés facilita a contaminação. Além disso, em 10 a 20% dos casos, o tétano acontece mesmo sem ferida aparente.

Falta de vacinação







É possível se imunizar contra o tétano através da vacina antitetânica. Como a bactéria pode ser encontrada em quase qualquer lugar, a vacina é a melhor defesa. A falta dela permite que a bactéria encontre o caminho para o corpo do hospedeiro.

Uma vez na corrente sanguínea, em um ambiente sem oxigênio, a bactéria libera duas toxinas: A tetanolisina, cujo efeito na doença é desconhecido e incerto, e a tetanospasmina, que é uma neurotoxina que alcança o sistema nervoso central e o ataca. Essa toxina é o agente causador do tétano.

Tetanospasmina

Chamada de tetanospasmina, a toxina se espalha pelo sistema circulatório e alcança o sistema nervoso central, causando os espasmos e contrações características do tétano.

Seu efeito faz com que os músculos se contraiam involuntariamente, progredindo no decorrer de várias semanas, frequentemente a partir do maxilar para o resto do corpo. Isso pode levar à morte por insuficiência respiratória quando o diafragma, músculo que controla a respiração, é afetado.

Transmissão: como podemos contrair o tétano?

Esporos da bactéria Clostridium tetani podem ser encontrados nos mais diversos lugares. Feridas, especialmente as causadas por objetos perfurantes (mas não só essas), são o caminho que a bactéria usa para entrar no corpo.

Também é possível pegar a bactéria de outros jeitos. Bebês são contaminados através do corte do cordão umbilical sem esterilização, por exemplo.

Acidentes, como cortes, perfurações e arranhões em contato ou com objetos contaminados são o jeito mais comum de transmissão da bactéria. A utilização de materiais perfurantes contaminados, como agulhas de tatuagem ou seringas, também transmite a doença, além de picadas de insetos infectados.


Fatores de risco
Feridas abertas

Feridas abertas são o principal fator de risco. A bactéria do tétano pode estar em qualquer lugar, portanto qualquer ferida pode servir para ela entrar na corrente sanguínea.

Perfurações

Perfurações levam a bactéria para lugares onde uma simples lavagem dificilmente irá bastar, portanto é recomendado que a vacina esteja em dia.

Utensílios de estética contaminados

Usar agulhas de tatuagem, furar a orelha ou qualquer parte do corpo e qualquer tipo de ferida aberta por material não esterilizado pode causar tétano.
Caminhar descalço


Fezes de animais podem transportar a bactéria, portanto se você caminha descalço em lugares onde animais podem defecar, redobre o cuidado com qualquer ferida.
Além disso, estas pessoas estão no grupo de risco:


* Crianças;
* Idosos;
* Portadores de úlceras de perna crônicas;
* Trabalhadores de construção civil;
* Pessoas com Hanseníase (lepra).

Sintomas

Sintoma característico do tétano, a contração muscular começa pelo maxilar, mas se espalha pelo resto do corpo. As contrações podem ser iniciadas sem motivo, ou através de estímulos como sustos ou o acender de luzes. Outros sintomas, consequências da contração, são:

Trismo
Trismo é a dificuldade de abrir a boca causada pela contração do maxilar e da mandíbula.
Rigidez muscular
Pescoço, costas e abdômen ficam rígidos.

Riso sardônico
Músculos faciais se contraem, dando ao rosto uma expressão forçada de riso involuntário.
Contração de braços e pernas
Membros, tanto inferiores como superiores, se contraem violentamente. A contração pode fragilizar e até quebrar ossos no decorrer de sua duração.

Opistótono
Extremamente característico do tétano, opistótono é o nome dado ao forte espasmo dos músculos da coluna vertebral. A cabeça, pescoço e coluna vertebral do paciente fica em forma de arco côncavo para trás. O corpo se apoia no chão pela cabeça e calcanhares.

Insuficiência respiratória
Sintoma que costuma levar o paciente à morte, a insuficiência respiratória é causada pela contração muscular na região do diafragma, que é o principal músculo de controle respiratório.

Como é feito o diagnóstico do tétano?

O tétano é diagnosticado pela observação de sintomas e de lesões por onde a bactéria pode ter entrado. Geralmente, testes de laboratório só são utilizados para descartar outras condições, como meningite, raiva ou outras doenças com sintomas parecidos.

Tétano tem cura?
Não existe cura garantida. É possível eliminar a bactéria que causa o tétano através do tratamento da infecção, mas a toxina deve ser metabolizada pelo corpo e, enquanto isso não acontece, a doença persiste.

A cura depende do sistema imunológico do paciente e de sua capacidade de aguentar os efeitos colaterais.
Qual o tratamento?


Tratar o tétano é tratar da infecção, eliminando a bactéria e buscando a neutralização da toxina.

Fechar a ferida

É necessário tratar, limpar e cicatrizar a ferida por onde a bactéria entrou.

Os esporos da bactéria podem estar lá, e eliminá-la é extremamente importante, já que enquanto ela estiver presente, continuará produzindo a toxina que causa o tétano.

A bactéria é resistente a álcool, mas água oxigenada, iodo e glutaraldeído são capazes de eliminar a capacidade infecciosa dela.

Antibióticos

Eliminar a bactéria através de antibióticos impede que ela continue produzindo a tetanospasmina.

Anular a toxina

O uso de imunoglobulina serve para neutralizar a toxina. Também é possível usar soro antitetânico. Ambas as substâncias têm efeito na tetanospasmina livre, ou seja, a porção da toxina que ainda não se fixou ao sistema nervoso central (SNC).

Ademais, é necessário esperar que o corpo metabolize a toxina que já se fixou ao SNC.

Tratar os sintomas

Depois de administrados os antibióticos e agentes para neutralizar a toxina, o tratamento consiste em aliviar os sintomas e facilitar a recuperação do corpo.
Para isso, são administrados calmantes e relaxantes musculares, que diminuem os espasmos.

Pode ser necessária a respiração artificial, caso os músculos respiratórios fiquem paralisados.

Caso se tenha conhecimento prévio da infecção, o soro antitetânico pode ser usado logo após a exposição à bactéria e isso pode ser o bastante para impedir a doença de se manifestar.

Quando a doença se instala, o paciente deve ser internado de 3 a 15 dias e pode ser entubado em caso de paralisia do diafragma. É necessário vigiar os doentes o tempo todo, portanto eles podem ser mantidos em uma UTI.

Mal de sete dias

Tétano neonatal é conhecido como o mal de sete dias. Acontece quando, após o parto, o cordão umbilical é cortado com materiais infectados, ou a proteção do coto do cordão é mal feita e ele acaba contaminado.

Os sintomas nos recém-nascidos são:


* Choro constante;
* Dificuldade de abrir a boca e de mamar;
* Rigidez na nuca, tronco e abdômen;
* Contrações abdominais que podem ser confundidas com cólicas;
* Mãos fechadas e flexão dos punhos.


Quando a doença se agrava, o bebê deixa de chorar e pode parar de respirar com mais frequência e por mais tempo, o que pode levar a morte.

O nome de mal de sete dias vem da crença popular antiga de que o recém nascido deve ficar em um quarto escuro por sete dias após o nascimento para protegê-lo do mal. O “mal” seria o tétano neonatal, que costuma afetar o bebê na primeira semana de vida e não era conhecido na época, mas o quarto escuro não protegia o bebê disso.

Bebês contaminados por tétano tem uma taxa de mortalidade de 80%, assim como idosos. O tétano neonatal é extremamente perigoso, mas pode ser prevenido com cuidados na hora do parto e pré-natais.

Animais

Animais domésticos são a principal vítima do tétano, especialmente depois de a humanidade ter desenvolvido as vacinas. Equinos, como cavalos, são especialmente vulneráveis à doença. Logo atrás estão os ovinos (ovelhas), caprinos (cabras) e bovinos.

O tétano também pode afetar cães e gatos. Os sintomas são os mesmos, assim como o tratamento. É preciso observar bem os animais domésticos, cuidando para que eles não tenham possíveis feridas infectadas.
Medicamentos para tétano

Antibióticos, relaxantes musculares e soros antitetânicos são os medicamentos usados para o tratamento do tétano. São eles:


* Amoxicilina;
* Diazepam;
* Imunoglobulina;
* Longactil.


ATENÇÃO
NUNCA se automedique ou interrompa o uso de um medicamento sem antes consultar um médico. Somente ele poderá dizer qual medicamento, dosagem e duração do tratamento é o mais indicado para o seu caso em específico. As informações contidas neste site têm apenas a intenção de informar, não pretendendo, de forma alguma, substituir as orientações de um especialista ou servir como recomendação para qualquer tipo de tratamento. Siga sempre as instruções da bula e, se os sintomas persistirem, procure orientação médica ou farmacêutica.

Prognóstico

O tétano progride rapidamente e em idosos e crianças, e a taxa de mortalidade é extremamente elevada, alcançando os 80%, mas em adultos, 70% dos
pacientes sobrevive. É uma doença perigosa e letal, mas nem a doença, nem o tratamento, quando efetivo, deixam sequelas.
Complicações

Com taxa de mortalidade de 30% entre adultos, o tétano é uma doença perigosa e sofrida. Caso não seja tratada, as chances de morte são maiores ainda. Os espasmos podem causar dores terríveis, além de fraturas nos ossos longos, como os dos braços ou costelas, além de poder romper fibras musculares. É uma doença séria.

Morte

A morte é o maior risco que o paciente corre. O tétano pode causar repetidos espasmos no diafragma, matando por asfixia. Em alguns casos, a respiração assistida é utilizada para manter o paciente vivo, mas nem sempre isso é possível.
Prevenção: como evitar o tétano?


Vacinação

Vacinar-se é o jeito mais fácil e certeiro da prevenção tetânica. Ela está inclusa na vacina tetravalente, dada a crianças com menos de um ano. É necessário renovar a vacina antitetânica a cada 10 anos, já que a quantidade de anticorpos no corpo cai com o tempo.

Em caso de ferimentos, se a pessoa não lembra ou não tomou a vacina nos últimos dez anos, é necessário aplicá-la de novo, especialmente se a ferida foi feita em algum lugar que aparenta pouca higiene.

Lembre-se de que alguém que já teve a doença ainda pode pegá-la de novo e a vacina é o único jeito de imunização.

Higienização de feridas

Limpar bem as feridas com água e sabão logo que elas acontecem pode evitar que a bactéria entre no corpo.

A Clostridium tetani é resistente a fenol, formol e etanol, mas pode ser esterilizada com água oxigenada. Se a ferida for profunda, o médico pode recomendar o soro antitetânico.

Tétano neonatal

Evitar o tétano em recém nascidos também é fácil. A vacinação pré-natal da mãe imuniza o bebê também e é o jeito mais eficaz de impedir o tétano neonatal.

A higienização dos materiais para o corte e proteção do cordão umbilical é necessária para evitar qualquer infecção mais grave.


Apesar de extremamente perigoso, o tétano é uma doença de fácil prevenção. A vacina tornou-a uma doença rara e é extremamente importante para que ela continue assim. Lembre-se de se vacinar e compartilhe esse texto com seus amigos para alertá-los dos perigos do tétano!





Da Assessoria de Comunicação do Dr. Lucas Antonietti

quinta-feira, 26 de abril de 2018

Educação-- José Eliton anuncia pacote de medidas para Educação de Goiás

Entre novidades está a ampliação do programa Goiás + Enem que vai gerar 40 mil vagas e terá programa de TV voltado para preparação dos concluintes do Ensino Médio
Governador José Eliton durante evento +Educação | Foto: André Saddi
O governador José Eliton (PSDB) esteve nesta quarta-feira (25/4) no ginásio do Colégio da Polícia Militar de Goiás – Hugo de Carvalho Ramos para comandar solenidade de lançamento do programa ” + Educação”. Na ocasião, o chefe do Executivo anunciou pacote de medidas que promete inovar e trazer mais qualidade para o ensino do Estado.
Entre as novidades está a ampliação do programa Goiás +Enem, que já existe desde 2013, mas atendia um número limitado de alunos em apenas 29 polos de ensino. A partir de agora, o programa terá 200 polos em todo o Estado, atendendo a 110 cidades.
Além disso, o programa Goiás +Enem na TV vai levar aulas gratuitas com dicas para o Enem através de um programa pedagógico que será transmitido todos os domingos das 10h30 às 11 horas na TV Brasil Central (TBC).
Tecnologia
Durante o evento, o governador José Eliton e o secretário de Educação, Cultura e Esporte (Seduce) Marcos das Neves, também entregaram 1.806 computadores para 301 escolas de Anápolis, Trindade, Goiânia, Inhumas e Aparecida de Goiânia. Cada unidade de ensino recebeu seis computadores para uso administrativo e para a sala de professores.
A entrega oficializou a conclusão do primeiro de três lotes de computadores que a Seduce ainda vai destinar às escolas até o meio do ano. No total, serão distribuídos 7,5 mil equipamentos, ou seja, seis por escola. Os 26 Núcleos de Tecnologia Educacionais (NTEs) espalhados por todo o Estado também serão beneficiados.
A inovação tecnológica na Educação alcançou, com essa novidade, um marco histórico em Goiás. É a primeira vez que o governo estadual destina computadores a todas as escolas da rede pública, proporcionando mais eficiência e velocidade aos processos administrativos.
A entrega dos 7,5 mil computadores integra Plano Estadual de Inovação e Tecnologia na Educação, lançado em março por Marconi Perillo, José Eliton e Raquel Teixeira, à época governador, vice-governador e secretária, respectivamente. O programa também conta com a capacitação de 1.171 servidores públicos, além do lançamento de aplicativos como o Palma da Mão e o Aprender + Inovação.
Segurança
A segurança nas unidades escolares também ganhou atenção do governo de Goiás. O programa Patrulha Escolar, em parceria com a Polícia Militar, vai garantir que todas as escolas do Estado recebam patrulhas semanais da PM, que passa a acompanhar os problemas que cada unidade enfrenta.
Cerca de 300 escolas localizadas no Entorno do Distrito Federal, consideradas mais vulneráveis, também receberão investimentos em ações de vigilância, monitoramento eletrônico e seguro patrimonial. O custo total será de R$ 12 milhões ao ano.
Caravana Aprender+
Lançada em março deste ano, a Caravana Aprender+ 2018 alcançará 429 unidades escolares em todo o Estado. O programa beneficiará diretamente cerca de 450 mil alunos do Ensino Fundamental (do 5º ao 9º ano) e dos três anos do Ensino Médio. A meta é fechar 100% das unidades educacionais até o final do mês de junho.
O material didático, complementar e inovador, será distribuído para todas as escolas com mais de 400 alunos matriculados. Neste ano, as atividades da Caravana Aprender+ foram iniciadas no dia 12 de março pela regional de Rio Verde e já passou por Anápolis, Aparecida de Goiânia, Trindade, Inhumas, Piracanjuba, Bela Vista, Silvânia, Goianésia e Jaraguá. Cada regional atende diversos municípios de Goiás.
Na edição deste ano, o programa traz duas importantes novidades: a possibilidade de o aluno utilizar o próprio exemplar para responder os exercícios propostos – o que representa ganho de tempo e maior comodidade para estudante e professor – e o maior espaço dedicado às competências socioemocionais, conteúdo específico elaborado em parceria com o Instituto Ayrton Senna. Ao todo 10 equipes estarão percorrendo o Estado e realizando as visitas pedagógicas às escolas beneficiadas.
O programa Aprender+ foi lançado em fevereiro de 2017, quando foram entregues gratuitamente 474 mil exemplares do caderno de atividades complementar. Genuinamente goiano, a iniciativa foi idealizada pelo secretário em exercício da Seduce, Marcos das Neves, à época superintendente executivo de Educação, e pela ex-secretária Raquel Teixeira, sendo o principal legado dela à frente da Seduce nesta gestão.

Fonte: Jornal Opção

sexta-feira, 20 de abril de 2018

CCJ aprova prisão para quem reproduz imagem aviltante de cadáver em meio de comunicação

Billy Boss/Câmara dos Deputados

Audiência Pública para prestação de esclarecimentos sobre Operações do BNDES na compra de ações e debêntures do grupo JBS e sobre suposta compra de grande quantidade de dólares, pelo grupo JBS, no dia 17/05/2017, momentos antes da publicação, pelo site do O Globo, sobre gravações envolvendo a empresa. Dep. Fausto Pinato (PP - SP)


 

Fausto Pinato: objetivo é evitar a prática crescente de divulgação de fotos e vídeos de cadáveres na internet, como ocorreu na morte do cantor Cristiano Araújo, em 2015

Pena será aumentada em 1/3 se o responsável pela divulgação tiver acesso à cena por meio de sua profissão. Proposta segue para análise do Plenário
A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) da Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira (17) proposta que pune, com prisão, quem reproduz imagens aviltantes de cadáver na internet e em outras mídias.
Billy Boss/Câmara dos Deputados

O texto aprovado foi um substitutivo do relator, deputado Fausto Pinato (PP-SP), ao Projeto de Lei 2175/15, do deputado Cícero Almeida (PHS-AL)O substitutivo tipifica, no Código Penal (Decreto-Lei 2.848/40), o crime de vilipêndio de cadáver perpetrado nos meios de comunicação.
A proposta estabelece pena de detenção de um a três anos e multa para quem reproduz – em qualquer meio de comunicação – imagens ou cenas aviltantes de cadáver ou parte dele. A pena é aumentada em 1/3 se o responsável pela divulgação tiver acesso às imagens por meio de sua profissão.
O parecer apresentado inicialmente por Fausto Pinato excluía da penalidade as atividades jornalísticas exercidas no estrito cumprimento do direito de informação. Mas, para evitar possíveis inconsistências, levantadas por outros parlamentares da CCJ, o relator retirou essa previsão.
Cristiano Araújo
O relator esclareceu que o objetivo central da proposta é evitar a prática crescente de divulgação de fotos e vídeos de cadáveres na internet.
O deputado lembrou que o projeto foi apresentado por causa da morte do cantor Cristiano Araújo, em junho de 2015, quando imagens do corpo do artista foram divulgadas. No ano passado, determinação judicial obrigou o Google a retirar as imagens da rede.
Tramitação
A proposta segue para análise do Plenário a Câmara dos Deputados.

ÍNTEGRA DA PROPOSTA:

Reportagem - Paula Bittar
Edição - Marcelo Oliveira

quinta-feira, 19 de abril de 2018

Adversários Do Governador Rodrigo Rollemberg Terão Mais Tempo Para Campanha Políti

Coligação de Rollemberg deve ter só um quarto do espaço em TV e rádio das duas maiores alianças que se organizam contra o Buriti.

Francisco Dutra
francisco.dutra@grupojbr.com
Somados, os adversários do governador Rodrigo Rollemberg têm potencial para ter um tempo de televisão e rádio quatro vezes maior do que o atual chefe do Executivo, na batalha pelo Governo do Distrito Federal (GDF). A vantagem pode ser ainda maior, caso o atual titular do Buriti não consiga consolidar uma coligação majoritária competitiva, até as urnas de outubro. Apesar do avanço das redes sociais, a televisão será ferramenta estratégica no embate por votos.
Segundo pesquisa na Justiça Eleitoral, neste instante pré-eleitoral, a Via Alternativa terá o tempo bruto por semana de 35 minutos e 32 segundos por dia no primeiro turno das eleições, contando composições para presidente, governador, vice-governador, senador, deputado federal e deputado distrital. A soma inclui as participações no horário eleitoral e inserções ao longo das programações das emissoras.
Nos dias específicos de propaganda para governador, terão 2 minutos e 38 segundos no horário eleitoral e 10 minutos e 22 segundos nas inserções livres. O grupo é formado por PSD, PSDB, PRB, PPS, PTB, PSC, DC, PMN, PMB, PPL, PSL, PHS e Patriotas. Pelas regras eleitorais, o tempo de TV de cada partido é calculado a partir da bancada na Câmara dos Deputados. Contudo, no embate majoritário só entram na conta, para valer, as seis maiores agremiações de cada coligação. Por isso, o tempo da Via Alternativa não é ainda maior.
A seguir com maior tempo está a pré-candidatura de Jofran Frejat (PR), que apresenta fôlego para 34 minutos e 39 segundos diários. Além do PR, o grupo é formado por MDB, PP, e DEM. Ou seja, pode crescer, caso consiga dois novos aliados. Estarão disponíveis 2 minutos e 36 segundos no horário eleitoral destinado especificamente para o republicano, enquanto as inserções chegarão no patamar de 10 minutos e 6 segundos.

Info/Baggi/JBr.
Juntos, teoricamente, Frejat e a Via Alternativa tem mãos mais de 50% do tempo de TV e rádio. Por outro lado, o governador ainda luta para construir uma coligação viável para reeleição. A grande desaprovação popular do governo tem sido um grande complicador para a construção de alianças.
O PSB nutre boas relações com Rede, SD, Podemos e PV. Em um cenário hipotético, uma coligação do grupo teria bala para 15 minutos e 49 segundos brutos. A campanha de reeleição teria 1 minuto e 10 segundos no horário eleitoral. Inserções, nas datas autorizadas, seria de 4 minutos e 30 segundos.
Outra força política em luta contra o isolamento é o Partido dos Trabalhadores. Colhendo os últimos frutos do auge político entre 2003 e 2016, a agremiação ainda sustenta uma grande bancada de deputados federais. Por isso, terá o maior tempo eleitoral, se consideradas isoladamente as legendas. O potencial bruto é de 14 minutos e 27 segundos diários. No horário eleitoral, a campanha para governador terá 1 minuto e 5 segundos, enquanto as inserções livres serão de, aproximadamente, 4 minutos e 13 segundos.
PPS aposta em inserções
Planejadas com inteligência, as inserções livres são mais eficazes nas campanhas majoritárias, segundo o presidente regional do PPS, Francisco Andrade. Além de apoiar o projeto da Via Alternativa, o partido trabalha pela reeleição do senador Cristovam Buarque e a eleição de pelo um nome para a Câmara dos Deputados.
Partidário da campanha de rua, gastando sola do sapato, o presidente regional do PP, deputado Rôney Nemer, lembra que esta eleição será mais curta, em comparação com as anteriores. Isso amplia a importância da TV, em função da capilaridade do equipamento nas casas dos brasilienses. Os planos do PP focam, inicialmente na eleição de cinco deputados distritais e dois federais.

Roney Nemer /Foto: Elio Rizzo/Cedoc
“A TV vai ser importante para esses candidatos. Só temos um nome da eleição passada. O resto é tudo rosto novo”, comenta Nemer. Neste sentido, a pré-nominata distrital deve prever 180 mil votos.
Temor de notícias falsas é unanimidade na capital
Com um olho na missa e outro no padre, os pré-candidatos ao GDF fazem planos para a TV e também para as redes sociais. Mas no caso da nova fronteira digital, os concorrentes traçam estratégias de divulgação em todas as plataformas, inclusive no Whats’app. Mas a maior preocupação será na defesa das mensagens mentirosas, popularizadas como “fakenews”.
“Infelizmente, existem empresas especializadas em fakenews, especializadas em denegrir a imagem dos adversários. E em apenas uma hora que ficar na nuvem, com todo mundo acessando, o dano será enorme”, lamenta Rôney Nemer. Neste contexto, o PP planeja contratar uma equipe para fazer a defender digital.
Preocupação semelhante é nutrida por Francisco de Andrade. “Será uma luta. A maior nação do mundo elegeu um pessoa, um presidente, que foi naturalmente impulsionado pelas mentiras das fakenews. Temos que estar muito preparado para alertar contra os perfis falsos”, lamenta, fazendo referência ao escândalo na última eleição nos Estados Unidos. Para Andrade, no DF, as chapas majoritárias serão as mais visadas.
Segundo Tiago Coelho, pesquisas mostram que no DF grande parte da população acessa a informação pelo smatrphone. “Vamos mostrar os feitos, demonstrar os defeitos, mostrar o que precisa ser feito com a casa arrumada. Não vai ser do nosso feito o jogo sujo, a agressão. Mas vamos botar o dedo na ferido e buscar o convencimento”, a anuncia o socialista.
Para o vice-presidente regional do PT, deputado distrital Chico Vigilante, quem estiver fora das novas mídias digitais estará fora das urnas. “Agora, que país é esse que gosta tanto de importar modismos? Chegaram a tal ponto que mentira foi rebatizada de fakenews”, alfineta. Nas redes, na TV e no rádio, Vigilante afirma que o partido baterá nas teclas da defesa do Estado Democrático de Direito, do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, da ex-presidente Dilma Rousseff e de Agnelo Queiroz. O partido também baterá nos os problemas locais, principalmente na saúde e segurança.

Deputado Distrital Chico Vigilante / Foto: Myke Sena
PONTO DE VISTA
O tempo de TV é importante na corrida eleitoral, mas não é determinante. Em 2014, o ex-governador Agnelo Queiroz (PT) tinha o maior espaço no horário e acabou derrotado por Rollemberg e Frejat, sem sequer ir para o segundo turno. Mesmo assim, o atual governador não descarta o televisor.
“Vai ser importante para fazer a defesa das entregas de governo, dizer o que vai ser feito no futuro e explicar aquilo que não foi feito”, resume o presidente regional do PSB, Tiago Coelho. Pelas contas do partido, Rollemberg precisa entre 2 minutos e 30 segundos e 3 minutos, contanto programa de eleitoral e as inserções. Para este cálculo, Coelho projeta uma coligação de 6 a 8 partidos. Sem revelar as legendas, diz que 5 já estão com o governador.
“Essa eleição vai ser nos dois ambientes. TV ainda vai ser forte. E a gente acredita que 30% dos eleitores vai se pautar pelas redes”, finaliza. Além da reeleição, o partido está focado em emplacar cargos proporcionais.
SERVIÇO
Via Alternativa
Cabeça de chapa para o GDF
Por hora, os nomes possíveis são do presidente regional do PRB, Wanderley Tavares, do presidente regional do PTB, Alírio Neto e do presidente regional do PSDB, Izalci Lucas.


Fonte: Jornal de Brasília

Aleandra Sousa, uma mulher atuante e determinada



O trabalho desempenhado pela primeira-dama de Águas Lindas de Goiás, Aleandra Sousa, tem ido ao encontro das pessoas mais necessitadas, levando dignidade e direitos àqueles que mais precisam. Aleandra tem sido enfática quando o assunto é social, e o desenvolvimento de políticas públicas que prezem pelas minorias.
A cidade de Águas Lindas de Goiás vive hoje um dos seus melhores momentos, tem um executivo atuante e um legislativo atento e que participa com o andamento do progresso e o desenvolvimento, devido a isso, muitos bairros passam por grandes transformações.
Os bairros mais distantes são atendidos por equipes capacitadas, que visitam, levam atenção e acesso à programas sociais aos que não tem condições de se locomover até as secretarias.
Este trabalho desenvolvido é fruto do exemplo que Aleandra deu enquanto atuava como secretária de Assistência Social, sempre preocupada em oferecer o melhor atendimento a população e levar os recursos socioassistenciais aos que realmente necessitavam.

quarta-feira, 18 de abril de 2018

MDB NA LAVA JATO --DODGE QUER RENAN, GARIBALDI, JUCÁ, SARNEY E RAUPP NO BANCO DOS RÉUS

PGR REBATE DEFESAS DE DENUNCIADOS POR CORRUPÇÃO NA LAVA JATO


POLÍTICOS DO MDB SÃO ALVOS DE DENÚNCIAS (FOTOS AGÊNCIA SENADO)



A Procuradoria-Geral da República (PGR) enviou, nesta segunda-feira (16), réplica às alegações da defesa de quatro senadores, dois ex-senadores e três executivos de empreiteiras acusados de crimes de corrupção passiva e ativa, e lavagem de dinheiro, entre 2008 e 2012, com a Transpetro, braço de logística e transporte da Petrobras. A denúncia foi encaminhada ao Supremo Tribunal Federal (STF) em agosto de 2017, e ainda aguarda análise da Suprema Corte.
O texto da PGR rebate as alegações dos senadores do MDB Renan Calheiros (AL), Garibaldi Alves Filho (RN), Romero Jucá (RR) e Valdir Raupp (RO); do ex-presidente da República José Sarney; bem como dos administradores da NM Engenharia e da NM Serviços Luiz Maramaldo e Nelson Cortonesi Maramaldo; e do executivo da Odebrecht Ambiental Fernando Reis.
De acordo com a denúncia houve repasse de verbas para o então PMDB (hoje MDB) a diretórios do partido, pela NM Engenharia e pela Odebrecht Ambiental (braço do grupo Odebrecht que administra concessões na área de saneamento), com a contrapartida de que essas empresas fossem privilegiadas em contratos com a Transpetro.
NÃO É SÓ DELAÇÃO
Ao longo de 80 itens, Dodge rebate as alegações dos denunciados e expõe a fundamentação para as denúncias e a manutenção do inquérito frente ao STF. A PGR rechaça as alegações da maioria dos investigados de que a denúncia se baseia somente em delações. “Os fatos narrados na denúncia amparam-se em provas independentes, obtidas durante a investigação, aptas a confirmar as declarações dos colaboradores. Há, pois, justa causa para deflagrar a ação penal”, assevera na réplica.
O documento também repele a argumentação de diversos envolvidos para que a denúncia seja rejeitada pela Suprema Corte. “Denúncia genérica e inconsistente é a que não permite a compreensão dos fatos imputados aos acusados, cerceando-lhes a possibilidade de defesa. Entretanto, pela leitura da peça apresentada, é possível compreender com clareza os fatos narrados”, afirma Dodge.
Para a PGR, as impugnações feitas pelos acusados quanto à interpretação dos fatos descritos na denúncia dizem respeito ao mérito da causa. “Por isso, devem ser analisadas mais apropriadamente ao final da instrução processual”, aponta.
O ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado, pivô do esquema investigado, não fez contestações à denúncia da PGR, justificando que o fará durante o interrogatório judicial, além de reafirmar “integralmente as declarações prestadas até o momento e o seu compromisso de cooperar com as investigações em curso”.
Entre todas as alegações feitas pela defesa dos acusados, Raquel Dodge aceitou apenas a argumentação dos executivos Luiz e Nelson Maramaldo, os quais afirmaram que a denúncia os responsabilizavam por oito atos de corrupção ativa, quando a acusação “relaciona sete repasses indevidos de verbas a diretórios políticos, por meio de doação oficial”, diz o texto. (Com informações da Secom da PGR)


TJGO-- Bispo e padres envolvidos em desvio de dinheiro conseguem habeas corpus

Decisão foi aprovada por unanimidade na tarde desta terça-feira (17/4)
Dinheiro apreendido com os envolvidos no desvio | Foto: Divulgação
O bispo da Diocese de Formosa, José Ronaldo Ribeiro, e padres de paróquias da cidade envolvidos em esquema de desvio de dinheiro que estavam presos desde o dia 19 de março, conseguiram habeas corpus. A decisão foi aprovada por unanimidade pelos desembargadores do Tribunal de Justiça de Goiás (TJGO) na tarde desta terça-feira (17/4).
De acordo com a decisão, os indiciados precisam respeitas algumas medidas cautelares como não se ausentar da cidade sem autorização judicial e recolhimento domiciliar noturno a partir das 11h.
O grupo é acusado de desviar cerca de R$ 1 milhão por ano e utilizar o dinheiro para comprar uma fazenda de gado e uma casa lotérica na cidade de Posse e colocar em nome de “laranjas”.
As investigações se iniciaram após o Ministério Público ter recebido denúncias de apostolados leigos (fiéis) dando conta que os desvios haviam sido iniciados em 2015.
Na última sexta-feira (13/4) o juiz Fernando Oliveira Samuel, da 2ª Vara Criminal de Formosa, deferiu pedido do Ministério Público do Estado de Goiás (MP-GO) para determinar a bloqueio de bens, quebra de sigilo bancário e autorização para depósito e avaliação dos produtos de nove membros da Diocese.
Fonte: Jornal Opção
BLOG A VERDADE 

Ensino Superior-- José Eliton discute parceria com governo de SP para UEG oferecer cursos à distância

Governo de Goiás
O governador de Goiás, José Eliton (PSDB), se reuniu, na tarde desta terça-feira (17/4), com o governador de São Paulo, Márcio França, no Palácio dos Bandeirantes, para dar início a um convênio, entre os dois estados, por meio do qual a UEG passará a ofertar, gratuitamente, cursos superiores a distância.
Pela parceria, a instituição dará cinco cursos que são oferecidos pela Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp), ministrados por professores da USP e Unicamp.
A iniciativa é uma inovação na educação superior pública de Goiás. “É uma democratização do Ensino Superior; um projeto muito importante que nós queremos replicar em Goiás. É Goiás trabalhando, acelerando e inovando”, avaliou José Eliton.
Conforme explicou o governador Márcio França, toda a área de Ensino Superior a Distância (EAD) da USP e Unicamp hoje é concentrada na Univesp, que foi criada em 2012 e já tem mais de 35 mil estudantes distribuídos em 243 polos do Estado de São Paulo.
A Univesp é uma instituição exclusivamente de Educação a Distância (EAD) mantida pelo Governo do Estado de São Paulo e oferta os cursos de Engenharia da Computação, Engenharia de Produção, licenciatura em Matemática, Pedagogia e Gestão Pública.
Os cursos são realizados em ambiente virtual de aprendizagem, com videoaulas, bibliotecas digitais e conteúdos pedagógicos. Mas há também aulas presenciais e, portanto, as cidades conveniadas precisam oferecer um laboratório com 50 computadores e duas salas de aula. Os cursos têm de três a cinco anos de duração.
José Eliton afirmou que a consolidação do convênio é prioridade. Uma equipe da UEG deve ir a São Paulo já na próxima semana para conhecer melhor o programa, e prosseguir com as tratativas.
Conforme discutiu com o governador de São Paulo, os cursos deverão ser ofertados, sobretudo, aos municípios que não contam com unidade da UEG. “O objetivo é democratizar e universalizar cada vez mais o Ensino Superior em Goiás”, disse.
Ele aproveitou para parabenizar o Governo de São Paulo pelo programa e desejou ao governador recém-empossado boa sorte na condução de São Paulo, “que é a locomotiva do País”.

Fonte:Jornal Opção
BLOG A VERDADE