PREVENÇÃO É A MAIOR PROTEÇÃO

PREVENÇÃO É A MAIOR PROTEÇÃO
PREVENÇÃO É A MAIOR PROTEÇÃO

quinta-feira, 31 de março de 2016

CRISTIANO RODRIGUES E SUA ESPOSA TATHA PEDROSO, tem acompanhado a inauguração de várias obras que foram realizadas na gestão no PREFEITO HILDO DO CANDANGO.






 CRISTIANO RODRIGUES, tem 35 anos, é casado, pai de 3 filhos, PEDAGOGO, desde criança sempre foi apaixonado pela política e por políticas públicas, ACREDITANDO que pode-se mudar a vida da população através de pequenas ações, cresceu no setor de chácaras PADRE LÚCIO, onde fez parte da ASSOCIAÇÃO COMUNITÁRIA, destacando-se nos trabalhos e nas buscas de melhorias para a comunidade, em 2004 passou a morar em ÁGUAS LINDAS DE GOIÁS no SETOR JARDIM DA BARRAGEM 1, foi convidado a ser candidato a VEREADOR pelo PP - PARTIDO PROGRESSISTA, pois fora indicado pela COMUNIDADE DE PADRE LÚCIO, para ser vereador representando o setor, mas sentiu que ainda não era hora adiando o sonho de representar o povo, dedicou-se aos trabalhos de EVANGELIZAÇÃO DENTRO DA PARÓQUIA SÃO MAXIMILIANO através do MINISTÉRIO DE MÚSICA. EM 2008 foi convidado novamente a ser candidato, mas por questões pessoais abriu mão, decidindo apoiar outro candidato, que foi eleito, mas que não amparou o grupo que o elegeu, o que foi determinante na decisão de ser um futuro VEREADOR, em 2011 fez parte da SECRETÁRIA DE AÇÃO SOCIAL coordenando os PROGRAMAS SOCIAIS DA SECRETARIA, destacando-se no atendimento à população e na execução dos PROGRAMAS SOCIAIS, EM 2012, veio CANDIDATO A VEREADOR, mas esteve limitado por conta de um problema de saúde, mesmo com todas as limitações, empenhou-se até o fim, conseguindo conquistar 354 votos, ficando como 4º suplente. Desde então CRISTIANO RODRIGUES, vem trabalhando na pré-campanha, sendo hoje um dos PRÉ-CANDIDATOS do PSD com chances reais de ser eleito VEREADOR, pelo caráter, seriedade e transparência nos trabalhos prestados à IGREJA e a POPULAÇÃO DE ÁGUAS LINDAS DE GOIÁS.CRISTIANO RODRIGUES apoia a REELEIÇÃO DO PREFEITO HILDO DO CANDANGO..

"PROFESSOR SILVÉRIO PRESTA CONTAS DE SUA GESTÃO"

Professor Silvério se afasta da secretaria de educação para concorrer a uma vaga de vereador
Após três anos e três meses frente à Secretaria de Educação de Águas Lindas de Goiás Silvério atende ao pedido de vários setores da sociedade e vai concorrer ao cargo de vereador pelo Partido Verde. Silvério reuniu segmentos da sociedade nesta quarta-feira para prestar conta de seu trabalho. O prefeito Hildo e secretários estiveram presentes no evento.
Da redação A VERDADE

O secretário de educação de Águas Lindas de Goiás, professor Silvério deixa nesta quinta-feira (31) o cargo para concorrer a uma vaga de vereador nas eleições deste ano.
O secretário adjunto Deusimar Macedo assume a pasta. Silvério ficou três anos e três meses frente a SME e atende ao pedido de segmentos da
sociedade para pleitear o cargo de vereador pelo Partido Verde.
Silvério reuniu segmentos diversos da sociedade nesta quarta-feira (30) em sua residência para prestar conta
de seu trabalho. O prefeito Hildo do Candango, o vice Luiz Alberto e secretários prestigiaram a reunião que
contou ainda com cerca de quinhentas pessoas.
Em sua apresentação Silvério destacou o apoio que recebe do prefeito Hildo para que os avanços na educação
de Águas Lindas fossem possíveis e elogiou sua equipe de trabalho. Mostrou o antes e o depois, bem como as benfeitorias realizadas no setor educacional.
O prefeito Hildo agradeceu ao trabalho imensurável de professor Silvério e desejou-lhe sucesso nesta nova caminhada rumo ao Legislativo aguaslindense.
"Nós sabemos muito bem a situação em que foram encontradas as nossas escolas e hoje podemos dizer que muito foi feito para melhorar a qualidade da educação em nosso município. O professor Silvério tem seu nome gravado na memória de nosso povo como um grande benfeitor em prol da educação de nossas crianças", disse Hildo.

  
   

Prefeitura continua capacitação de professores em Águas Lindas



A Prefeitura de Águas Lindas de Goiás, por meio da Secretaria Municipal de Educação promoveu na manhã desta quarta-feira (30) mais uma etapa dos cursos do programa Letramento no auditório da SME. Um grupo de educadores participou do curso sobre: Métodos Fônicos, Interpretação de Desenhos, entre outros.
Durante as oficinas os professores puderam aprender como a história deve ser contada aos poucos, por partes, apresentando sempre o personagem correspondente e treinando o som com as crianças, a partir da visualização de cada cartaz. “Ao final de cada trecho deve-se deixar uma expectativa em torno da continuidade da história, fazer com que o aluno de fato vivencie cada trecho, vibre com as conquistas e espere ansiosamente pelo desfecho”, frisou a instrutora.
Os métodos fônicos também são conhecidos por métodos sintéticos ou fonéticos. Partem das letras (grafemas) e dos sons (fonemas) para formar, com elas, sílabas, palavras e depois frases. No principal modelo de Método Fônico utilizado pelos professores alfabetizadores, as crianças não pronunciam os nomes das letras, mas sim os seus sons.
O método fônico baseia-se no aprendizado da associação entre fonemas e grafemas (sons e letras) e usa, em princípio, textos produzidos especificamente para a alfabetização.
As professoras que empregam o método fônico ficaram maravilhadas com sua eficácia. “Para aprender, realmente, é necessário decodificar. Decodificar nada mais é do que converter os grafemas em fonemas. Aprender a pronunciar a palavra em presença da escrita. Quando pensamos em palavras usamos nossa voz interna”, declarou uma das professoras participantes.
Da Assessoria de Comunicação da Prefeitura
Fotos: ASCOM

quarta-feira, 30 de março de 2016

Secretaria de obras realiza trabalho de recuperação em vias de Águas Lindas

A Prefeitura de Águas Lindas de Goiás, por meio da Secretaria de Obras está realizando diversos trabalhos em vários bairros da cidade visando diminuir os danos causados pelo período chuvoso.



Além das equipes de recuperação asfáltica das ruas e avenidas, homens e maquinas trabalham em vários setores na construção do sistema de drenagem e ainda na implantação do novo sistema de abastecimento de água, a partir da barragem do descoberto.

O prefeito Hildo do Candango diz que essas obras são importantes para o progresso da cidade e destaca que o objetivo é melhorar a infraestrutura da cidade e a qualidade de vida da população.

“Estamos construindo as estações elevatórias dos setores: Jardim Itamaracá, Jardim Paraíso, Guaíra e Coimbra que irão oferecer à comunidade água tratada de qualidade. Os reservatórios de água em breve serão interligados a uma estação de tratamento de água no setor Sol Nascente”, disse o prefeito.

A prefeitura também está construindo a Estação de tratamento de Esgoto (ETE) que terá capacidade para atender 500 mil habitantes e vai recolher e tratar 80% do esgoto da cidade.

As obras executadas pela prefeitura são de grande importância para o crescimento da cidade. “As obras atraem as empresas que acabam se estabelecendo no município por conta de melhorias na infraestrutura com a construção de meio-fio, rede coletora de esgoto, asfalto, calçada e outros benefícios” acrescentou Hildo.  

Nos últimos três anos milhares de empregos diretos e indiretos foram gerados na construção civil por conta das obras na cidade.





Da Assessoria de Comunicação da Prefeitura
Fotos: ASCOM

segunda-feira, 28 de março de 2016

Censo Escolar: 3 milhões de alunos entre 4 e 17 anos estão fora da escola

As idades mais críticas são 4 anos, 690 mil de crianças não são atendidas, e 17 anos, em que 932 mil adolescentes deixaram os estudos

Os dados do Censo Escolar de 2015 mostram que as matrículas diminuiram em todas as etapas de ensino, menos na creche, que atende as crianças até os 3 anos de idade. Os números refletem a queda da população, em geral, que tem reduzido entre criança e jovens, mas, de acordo com especialistas ouvidos pela Agência Brasil, refletem também desafios para o sistema educacional. São 3 milhões de crianças e jovens de 4 a 17 anos fora das salas de aula, e que, por lei, deverão ser incluídos até este ano. O censo foi divulgado nessa semana pelo Ministério da Educação (MEC).
As idades mais críticas são 4 anos, 690 mil de crianças não são atendidas, e 17 anos, em que 932 mil adolescentes deixaram os estudos. O censo mostrou que a pré-escola, voltada para crianças de 4 e 5 anos, teve uma redução de 1% de matrículas em relação a 2014, passando de 4,96 milhões para 4,92 milhões, aproximadamente. Foi a primeira queda desde 2011. O ensino médio, que já  reduzia as matrículas pelo menos desde 2010, teve, desde então, a maior queda, entre 2014 e 2015, de 2,7%. O número de estudantes passou de 8,3 milhões para 8,1 milhões.
“Nos dois casos, ainda tem um percentual alto de crianças fora da escola e a gente não pode desperdiçar essa janela de oportunidade, de conseguir inserir mais crianças na rede escolar”, diz a superintendente do Todos Pela Educação, Alejandra, Meraz Velasco. A educação até os 17 anos é obrigatória no Brasil de acordo com a Emenda Constitucional 59 e com o Plano Nacional de Educação (PNE). Termina neste ano o prazo previsto no PNE para que todas as crianças e jovens de 4 a 17 anos estejam matriculados.

Crise
Para o coordenador da Campanha Nacional pelo Direito à Educação, Daniel Cara, a crise orçamentária pela qual passam tanto União, quanto estados e municípios, impacta a educação. “Não só na redução das matrículas, mas na dificuldade de expansão. Ao invés de estarmos diminuindo ou patinando, precisaríamos aumentar o número de matrículas”, diz.
Cara ressalta que isso é necessário até mesmo no ensino fundamental, tido como universalizado. “Temos 1% das crianças fora da escola, não pode sobrar ninguém. Para aquele 1%, a educação é definitiva para várias possibilidades na vida. Educação não pode ser secundarizada, tem que ver as opções orçamentárias que o Brasil faz”.

Ensino médio e pré-escola
Os cenários da educação infantil e do ensino médio são diferentes. Enquanto no ensino médio, a falta de atratividade, a busca por trabalho, a gravidez precoce fazem com que estudantes abandonem os estudos, no ensino infantil faltam salas de aula para incluir todas as crianças. No ensino médio, a maior parte dos jovens está na cidade e, na pré-escola, está no campo.
“O ensino médio não é atrativo para os alunos. O abandono é maior que em outras etapas”, diz o presidente do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), Eduardo Deschamps. Outro fator que pode ter levado à queda foi a implantação do 9º ano do ensino fundamental, que começou em 2006. As escolas tinham até 2010 para se adequar. Aqueles que entraram no ensino fundamental em 2006, concluiram os nove anos no ano passado. Assim, estudantes que iriam para o ensino médio, no ano passado, acabaram indo para o 9º ano, o que impactou nas matriculas.

Reformulação do currículo
O Consed aposta na reformulação do ensino médio para atrair mais os jovens. Entre outras mudanças, a intenção é que parte do currículo seja dedicado ao ensino técnico ou outros caminhos que poderão ser escolhidos pelos estudantes. A questão está em discussão na definição da Base Nacional Comum Curricular.
Já na pré-escola, segundo a vice-presidente da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), Manuelina Martins, há um esforço enorme de todas as secretarias para incluir esses alunos. “A maioria das crianças de 4 e 5 anos que estão fora da escola está no campo. O pai não manda porque acha que é muito pequena. O fechamento de escolas rurais pode ser um dos fatores que contribuiu para a redução das matrículas, não podemos descartar essa possibilidade”.
Manuelina explica, no entanto, que o cenário é complexo. “Houve o esvaziamento do campo. As pessoas estão vindo mais para a cidade. E as escolas do campo que atendiam um número bem significativo de alunos, tiveram redução enorme”. Manter essas escolas fica caro, de acordo com Manuelina, as matrículas nessa unidades custam de 50% a 80% a mais do que as matrículas na cidade. “Fica caro ofertar essa educação, porque uma escola que atendia 50 estudantes, hoje tem 15. O gestor acaba optando por transportá-los para a área urbana. Mas tem se feito um esforço enorme para manter a escola e tem municípios que estão construindo escolas rurais”.
A creche, que atende a crianças com até 3 anos, foi a única etapa regular que apresentou aumento nas matrículas, 5,2% a mais que em 2014. O número de crianças atendidas passou de 2,9 mihões para 3 milhões aproximadamente. O número vem crescendo desde 2010. A maioria das creches está na zona urbana (76,3%) e 40,7% são privadas, a maior participação da iniciativa privada em toda a educação básica.
Para garantir o cumprimento da lei, o MEC fará uma busca ativa para localizar jovens de 15 a 17 anos que estão fora da escola. Além dos estados e municípios, o ministério buscará a ajuda de agentes de saúde, assistência social, entre outros para contactar os jovens. Quanto à pré-escola, o MEC afirma que tem priorizado, junto com os municípios, a construção de pré-escolas e de módulos que atendam a essa faixa etária.

Educação para Jovens e Adultos
Além da educação regular, a queda de matrículas na Educação para Jovens e Adultos (EJA) preocupa os especialistas. No total, 3,4 milhões de adultos frequentavam a escola em 2015, número 4,5% menor que em 2014. A queda já vinha ocorrendo desde 2007, segundo os dados divulgados pelo MEC.
“A queda de matrículas é uma vergonha. Nao é de hoje, é uma queda constante. A EJA é um atendimento que tem uma especificidade, é importante, dá uma opção para as pessoas que abandonaram a escola, que não se adequam ao sistema regular porque há uma desagregação por faixa etária”, diz Alejandra. “A EJA deveria ter ótimos centros, ótimos programas que incorporassem a vivência da pessoa com uma idade maior, que já tem uma vivência no trabalho e tem um cotidiano muito diferente do aluno do regular”.
Cara diz que quando há dificuldade, as escolas rurais e a EJA são as que mais sofrem com os cortes. “A EJA não tem sido tratada como um direito, mas como uma etapa secundarizada. Gestores priorizam crianças e adolescentes. Acreditam que jovens e adultos que não conseguiram estudar no tempo regular, não têm tanta prioridade. Um aluno da EJA representa resiginficação do processo de ensino e aprendizagem na escola. Para todas as crianças e adolescentes que convivem com ele, é um exemplo positivo”.
O ponto também foi tratado pelo ministro da Educação, Aloizio Mercadante, quando divulgou os dados nessa semana. Segundo ele, há um esforço para aumentar a oferta do ensino técnico junto à etapa. Também entre 2014 e 2015, houve um aumento de 4,8% nas matrículas na educação profissional, chegando ao atendimento de 105,8 mil. A EJA é destaque na nova etapa do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), lançada no início do mês, com a meta de oferecer 2 milhões de vagas.
Fonte: Agência Brasil

PMDB PODE TER TERCEIRO PRESIDENTE SEM ELEIÇÃO

PMDB PODE TER EM TEMER SEU 3º PRESIDENTE QUE NÃO GANHOU ELEIÇÃO


SARNEY ASSUMIU NO LUGAR DE TANCREDO E ITAMAR SUCEDEU COLLOR APÓS O IMPEACHMENT

O PMDB, maior partido brasileiro, pode ter em Michel Temer, o vice-presidente de Dilma, seu terceiro presidente da República, sem nunca ter eleito um cabeça de chapa presidencial, após a ditadura militar. O primeiro foi José Sarney, vice de Tancredo Neves, que foi eleito indiretamente pelo Congresso. Itamar Franco sucedeu Fernando Collor, após o processo de impeachment, em 1992. Temer pode ser o terceiro.
Sarney assumiu a Presidência após Tancredo vencer eleição indireta no colégio eleitoral, pós-ditadura. Não concorreu em eleições abertas.
Itamar deixou o partido para se candidatar ao lado de Collor no extinto PRN. Saiu do PRN antes do impeachment e assumiu o cargo no PMDB
Michel Temer foi eleito e reeleito como vice de Dilma em 2010 e em 2014 e é o sucessor legítimo em caso de impeachment da petista.
Outra intrigante curiosidade é que toadas as vezes que vice-presidente é do PMDB, o titular não chega ao fim do ciclo no Palácio do Planalto.
Fonte:Diário do Poder

sábado, 26 de março de 2016

ENQUANTO ISSO EM ÁGUAS LINDAS DE GOIÁS : Eleição 2016 -PSC MAIS FORTALECIDO


Com a entrada do vereador Aluísio da Artec no PSC-Partido Social Cristão, cujo presidente é o vereador Zezito Moura, o partido vai mais fortalecido para a eleição deste ano e com a possibilidade de crescer mais ainda. Tanto Aluísio da Artec quanto Zezito Moura tem uma história profissional e politica na cidade .
O PSC deverá participar de coligação proporcional com outros partidos e na majoritária tem declarado apoio a reeleição do prefeito Hildo do Candango.

quarta-feira, 23 de março de 2016

Vapt Vupt divulga funcionamento na Semana Santa

Vapt-Vupt-Águas Lindas
Foto: Divulgação
A Secretaria de Gestão e Planejamento (Segplan), por meio da Superintendência de Gestão do Vapt Vupt, em função do feriado da Semana Santa, define os horários especiais de funcionamento nas unidades em todo o Estado. O cronograma respeita o disposto no Decreto 8.616, de 18 de março de 2016, sobre o ponto facultativo nas repartições públicas estaduais no dia 24, quinta-feira.
Nesta sexta-feira, dia 25, feriado da Paixão de Cristo, nenhuma unidade do Vapt Vupt funcionará.
Na quinta-feira, dia 24 (ponto facultativo), as unidades vão funcionar da seguinte forma:
Das 7 às 12 horas:
Goiânia: Unidade Referência (Rua 4), Central do Empresário, Central do Servidor (Palácio Pedro Ludovico), Mangalô, Praça da Bíblia, Campinas, Ipiranga, Shoppings Banana e Araguaia. Unidades Padrão Defensoria Pública, Delegacia Fiscal – Sefaz, Detran, Gespre, GoiásPrev, Ipasgo, Juceg, Procon, SCTI – Teleatendimento, Secima e Semdit (SINE).
Unidades Interior: Águas Lindas, Rio Verde, Itumbiara, Garavelo (Aparecida de Goiânia), Aparecida Centro, Senador Canedo e Trindade.
Das 8h às 13 horas:
Goiânia: Unidades do Shopping Buena Vista, Cidade Jardim e Passeio das Águas.
Interior: Anápolis e Admar Otto (Buriti Shopping – Aparecida de Goiânia)
Unidades que fecham na quinta-feira, dia 24, e só retomam o atendimento na segunda-feira, dia 28, em horário normal:
Interior: Alexânia, Alvorada do Norte, Anicuns, Bela Vista de Goiás, Bom Jesus, Buriti Alegre, Caldas Novas, Catalão, cidade de Goiás, Cristalina, Formosa, Goianésia, Goiatuba, Goianira, Itaberaí, Itapuranga, Iporá, Ipameri, Inhumas, Itauçu, Jataí, Jaraguá, Luziânia, Minaçu, Morrinhos, Mozarlândia, Mineiros, Nerópolis, Novo Gama, Planaltina, Porangatu, Posse, Piracanjuba, Pires do Rio, Quirinópolis, São Miguel do Araguaia, Santo Antônio do Descoberto, Santa Helena e Valparaíso.
Unidades que funcionarão no sábado, dia 26:
Das 7 às 12 horas
Goiânia: Unidade Referência (Rua 4), Central do Empresário, Central do Servidor (Palácio Pedro Ludovico), Mangalô, Praça da Bíblia, Campinas, Ipiranga, Shoppings Banana e Araguaia. Unidades Padrão Detran, Ipasgo, SCTI – Teleatendimento, Secima e Semdit (Sine).
Unidades Interior: Águas Lindas, Rio Verde, Itumbiara, Garavelo (Aparecida de Goiânia), Aparecida Centro, Senador Canedo e Trindade.
Das 8 às 13 horas
Goiânia: Unidades do Shopping Buena Vista, Cidade Jardim e Passeio das Águas.
Interior: Anápolis e Admar Otto (Buriti Shopping – Aparecida de Goiânia)
Exceção: a Unidade Padrão Vapt Vupt Defensoria Pública estará fechada nos dias 23, 24 e 25, seguindo programação de feriado do calendário forense, retornando na segunda-feira, dia 28, em horário normal.

terça-feira, 22 de março de 2016

Morre presidente da Associação Brasiliense de Blogueiros de Política

Do Radar Condomínios



Professor de jornalismo no Icesp e presidente da Associação Brasiliense de Blogueiros de Política - ABBP, Francisco de Paula Lima Junior, 49  anos, faleceu na madrugada de terça-feira (22/3)  depois de uma batalha de seis meses contra o câncer. O cientista político foi discreto até o último minuto de sua vida, deixando um legado de conhecimentos a uma legião de  alunos de jornalismo, profissionais de comunicação e muitos amigos.
Em dezembro do ano passado, oprofessor Chico, titular de um blog com o mesmo nome estava bem chegando  a participar das festas de confraternização da ABBP, entidade que criou com a finalidade de organizar os blogueiros de política do Distrito Federal e resgatar a credibilidade da chamada mídia alternativa. 
Em setembro do ano passado, Francisco de Paula Lima Junior foi diagnosticado com a doença. Passou por cirurgias complexas e, na última, precisou de doações de sangue e permaneceu na UTI do Hospital Daher. O jornalista e cientista político foi enterrado nesta terça-feira no Cemitério Campo da Esperança.

segunda-feira, 21 de março de 2016

Conheça Hildo do Candango

Prefeito Hildo entrega mais uma Unidade Básica de Saúde em Águas Lindas

A comunidade do Jardim Paraíso recebeu no último sábado, dia 19, uma grande festa na inauguração da Unidade Básica de Saúde totalmente reformada e ampliada. O prefeito Hildo do Candango fez questão de entregar as novas instalações da unidade.
Acompanhado da primeira-dama Aleandra de Sousa e do vice-prefeito Luiz Alberto Jiribita, o prefeito Hildo afirmou que seu compromisso com a saúde da cidade tem sido seguido à risca. “Nós trabalhamos para fazer de nossa cidade um lugar melhor pra todos e a saúde é algo essencial para alcançarmos o nosso objetivo. Por isso, estamos construindo postos de saúde, reformando e ampliando todas as unidades. Além de retomar a importante obra do hospital regional que será uma referência para toda região”.
Foram construídas quatro salas na unidade como a sala para procedimentos, farmácia, reuniões e sala para os ACS. A sala de vacina foi ampliada, assim como a recepção que agora é mais ampla e receberá a comunidade com mais conforto. A sala de odontologia foi reformada, os banheiros e forro foi trocado.
Emocionada, a secretária de Assistência Social Aleandra de Sousa citou inúmeras conquistas de Hildo enquanto deputado estadual. “Muitas vezes as pessoas se esquecem do que foi feito, mas nós nos lembramos de tudo, pois sabemos o quão difícil foi conquistar cada benefício, como o Corpo de Bombeiros, a subsecretaria de Educação do Estado, a delegacia e muitas outras. E hoje estou muito feliz de estar aqui entregando para a comunidade mais uma unidade de saúde que agora poderá atender com mais dignidade os pacientes da região”, completou.
Para o secretário de Saúde, Eduardo Rangel, eventos como este se tornaram rotina na cidade, “pois são tantos investimentos feitos na área da saúde que temos inaugurações com muita frequência”. Segundo ele, Hildo não investe apenas na contratação de médicos, mas também na infraestrutura das unidades de saúde e graças a credibilidade do Município os investimentos estão chegando em Águas Lindas”.
O presidente da Câmara de Vereadores, Evandro do Rainha da Paz parabenizou o prefeito Hildo pelos investimentos feitos na cidade. Para ele, Hildo tem se destacado como um prefeito atuante e integro. Para o presidente da Associação de Moradores do Jardim Paraíso, Júnior, tudo que está acontecendo na cidade “não é sorte, é trabalho duro”.
Participaram da inauguração os vereadores Rogemberg, Zezito Moura, Professor Reginaldo, Luís de Aquino e Aloísio da Artec. Além dos secretários municipais de Meio Ambiente Lúcio Mauro, de Obras Vicente Manoel, de
Educação Silvério Correa, de Habitação Zitinho. A diretora do Trabalho Maria Fábia, o diretor das Bibliotecas Severino Nunes e o chefe de gabinete Rubens Cardoso.



Da Assessoria de Comunicação da Prefeitura
Fotos: ASCOM

quinta-feira, 17 de março de 2016

Começam os preparativos para os Jogos Escolares 2016

A Prefeitura de Águas Lindas de Goiás, por meio da Secretaria Municipal de Educação e Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Lazer, divulgaram comunicado nesta quarta-feira (16) informando aos diretores, coordenadores, professores e demais profissionais da Educação que na próxima sexta-feira (18) às 14 horas, realizará no Auditório da Secretaria Municipal de Educação a 1ª Reunião para tratar da 4ª Edição dos Jogos Escolares de Águas Lindas de Goiás.
Para esta Edição é esperada a participação de mais de 30 escolas e média de 1300 alunos entre 8 e 17 anos, sendo divididos em 9 modalidades esportivas: Futsal, Handebol, Voleibol, Atletismo, Dama, Xadrez, Tênis de Mesa e pela primeira vez o Taekwondo.
Considerado como o maior evento esportivo municipal os Jogos Escolares vai contar com a participação de grande parte das escolas do nosso município no âmbito municipal, estadual e particular.
Todos os preparativos estão sendo providenciados. Entre estes, material esportivo, equipe de arbitragem e seleção das praças de esporte.
“O objetivo deste mega evento é de propagar o esporte em nosso município, esporte este, que além de retirar nossas crianças do risco de vulnerabilidade social, desenvolve todas as dimensões humanas, motora, cognitiva, afetiva e social”, declarou o prefeito Hildo do Candango.
As competições serão realizadas nas quadras cobertas das escolas municipais, Luíza Tereza, João Elísio, Vereador Érico, Darci Ribeiro, São Bartolomeu, na Praça CEU, no Colégio Filos, no Colégio Selectus e no Auditório da Secretaria Municipal de Educação, entre outros locais as serem definidos.
Da Assessoria de Comunicação da Prefeitura
Foto: ASCOM

domingo, 13 de março de 2016

"PSC EMPOSSA NOVA DIRETORIA EM ÁGUAS LINDAS"

Da redação A VERDADE

Com a presença do prefeito Hildo do Candango, do presidente regional do partido deputado Simeyzon Silveira, do vice-prefeito Luiz Alberto Jiribita, do vereador Zezito Moura, novo presidente da Mesa Diretora, vereador, e o mais novo filiado do PSC Aluísio da Artec, vereadores Reginaldo e Giovane Machado, líderes comunitários e políticos, populares posse da nova diretoria da Comissão Municipal do Partido Social Cristão (PSC) em Águas Lindas de Goiás.
NOVA DIRETORIA MUNICIPAL
Presidente - Zezito Moura
Vice presidente – Daniel Feitosa
2º Vice-presidente Aluísio da Artec
Secretária Geral Alda Quintiliano
Secretária – Marineide Maria
Tesoureiro – Mauro Bezerra
1ª Vogal - José Maciel
2º Vogal – Celso José
3º Vogal – James Rochiguer.

 

 

sexta-feira, 11 de março de 2016

Mutirões de limpeza continuam em Águas Lindas

A Prefeitura de Águas Lindas de Goiás por meio da Secretaria de Obras e Serviços Urbanos continua com equipes para realização de limpeza de vários bairros que se dividem na limpeza, recolhimento de lixo, roçagem e a recuperação asfáltica.
Hoje (11), a Avenida Rio Grande do Sul, que liga a BR-070 ao Jardim Santa Lúcia, recebeu as equipes. E o objetivo é levar estas ações para toda cidade. Segundo informações da Secretaria de Obras, é feito um cronograma de bairros e prioridades, que são seguidos à risca e levam benfeitorias à comunidade.
Para o prefeito Hildo do Candango estes serviços são de extrema importância para o município. “Nós limpamos as ruas, fazemos a roçagem e a recuperação asfáltica, tudo para deixar a nossa cidade mais bonita e organizada. Peço que todos que tratem o nosso município, que é o nosso lar, com carinho. Não vamos jogar lixo em lotes baldios ou nas vias. Vamos cuidar de nossa cidade”.
Hildo ainda falou da necessidade de estar atentos aos possíveis focos do mosquito da dengue, já que estamos em período chuvoso e qualquer objeto pode se tornar um possível criadouro.
Quanto às obras de infraestrutura que acontecem na cidade, Hildo afirmou que todas serão retomadas assim que o período chuvoso acabar. “Estou acompanhando de perto o andamento de cada obra, e assim que as chuvas cessarem, as empresas voltam com tudo para concluir estas obras”, concluiu.


Da Assessoria de Imprensa da Prefeitura
Fotos: ASCOM

quinta-feira, 10 de março de 2016

CONNECT VIDA: Planos de Saúde e Seguros

URGENTE


Com este caos na saúde pública, não brinque com sua vida, nem com a da sua família .
Adquira um plano de saúde;
Trabalho com:

BRADESCO
SULAMÉRICA
AMIL
UNIMED
SAÚDE SIM
QUALLITY

Melhores preços e condições do mercado.
Aceitamos qualquer tipo de público
Faça uma cotação sem nenhum comprometimento.
Mais informações  chamar no privado.



"Mulheres homenageadas em Águas Lindas"

"Mulheres homenageadas em Águas Lindas"
Da redação A VERDADE
Fotos: Alberto Pessoa

O prefeito Hildo juntamente coma primeira-dama de Águas Lindas de Goiás e Secretária de Assistência Social Aleandra de Sousa, participaram na manhã desta terça-feira (08), na quadra poliesportiva do Centre o Esportivo Unificado (CEU), de uma homenagem às mulheres, Dia Internacional da Mulher comemorado em 08 de março.
“A única forma de reconhecermos o valor de todas vocês e com trabalho em favor da coletividade e em especial às mulheres de nosso município, com os programas específicos desenvolvidos nesta comunidade”, disse o prefeito.
Houve apresentações artísticas dos grupos de Terceira Idade e crianças do Serviço de Fortalecimento de Vínculos e serviços do plantão Social, CadÚnico e informações sobre o Bolsa Família, corte de cabelo e manicure, agendamento oftalmológico, atendimento médico e aferição de pressão, entre outras o prefeito Hildo juntamente coma primeira-dama de Águas Lindas de Goiás e Secretária de Assistência Social.
Presentes ainda no evento o vice prefeito Luiz Alberto Jiribita e sua esposa Fábia, Diretora do Trabalho, vereadores Aluísio da Artec, Natália, Irismar e Zezito Moura, secretários e subsecretários de governo. Todas as equipes da SMAS (Cras,Creas, SCFV, CCI) prestigiaram o evento.
 
 

segunda-feira, 7 de março de 2016

Copa Artec chega à oitava rodada.

Disputada neste domingo(05/03) a oitava rodada da primeira Copa Artec de 2016.
Os jogos são realizados no campo do Real Artec JB, situado no Jardim Barragem 5 e já se tornou sinônimo de boas partidas. Sempre conquistando novos admiradores, principalmente pelo fato de ser disputada em um campo gramado.
Veja os resultados:

Real Artec Jb x WO Baianense
Galáticos 4 x 3 Inter
Real Esporte 0x0 Jd 06
Jardim Recanto 1x0 Sampaio Correia
Rubro-Negro 2x0 Etoys

No próximo domingo será disputada a última rodada da fase classificatória e a partir daí a competição entra na fase de mata-mata.
Esta edição da Copa Artec está sendo marcada por priorizar a disciplina. E devido esta prioridade, algumas equipes foram excluídas da competição, por apresentar comportamentos inadequados.
O vereador Alísio da Artec,único patrocinador da competição é uma pessoa frequente à beira do campo,onde é sempre bem recebido pelos atletas.

Fonte: Jornal Águas Lindas

domingo, 6 de março de 2016

Às vésperas das eleições, ação pode deixar inelegíveis principais candidatos à Prefeitura de Águas Lindas

Suspeita de irregularidade na venda de 320 lotes de área pública é investigada pelo Ministério Público. O ex-prefeito Geraldo Messias é o principal político investigado

Leilão público em Águas Lindas é alvo de investigação do Ministério Público de Goiás. Foram vendidos 320 lotes por R$ 800 mil
Leilão público em Águas Lindas é alvo de investigação do Ministério Público de Goiás. Foram vendidos 320 lotes por R$ 800 mil
Marcos Nunes Carreiro
Casos (ou suspeitas) de venda irregular de áreas públicas não são novidade no Brasil. Nem sempre, as suspeitas se confirmam, mas todas geralmente de­man­­dam uma investigação por par­te dos organismos responsáveis. Em Águas Lindas de Goiás, uma apu­ração em andamento pode acabar deixando dois políticos inelegíveis para as eleições deste ano.
Em agosto de 2015, a titular da 5ª promotoria de Justiça de Águas Lindas, Tânia Bandeira, abriu inquérito civil para averiguar uma possível irregularidade na venda de 320 lotes por parte da Prefeitura. A venda foi feita em fevereiro de 2012, por meio de um leilão, do qual participou apenas uma empresa: a Construtora Hábil Ltda., que arrematou a área por R$ 800 mil.
O processo foi aberto com base em notícia de fato, encaminhada pe­lo oficial do cartório de registro de imóveis da cidade, Sandro Alexan­der Ferreira, informando que havia sido solicitada a averbação do leilão, algo que não pôde ser feito por suspeitas de irregularidades no certame.
Avisado, o Ministério Público, por meio da promotora, resolveu abrir procedimento administrativo para investigar a questão. Porém, a situação se agravou em janeiro deste ano, quando Sandro Alexander emitiu nota de devolução da área, por ter se negado a registrar a carta de arrematação dos 320 lotes, agora em nome da Construtora Hábil.
Promotora Tânia Bandeira: “Se detectadas irregularidades na venda, mesmo que o imóvel esteja escriturado, entraremos com ação para anulá-la”
Promotora Tânia Bandeira: “Se detectadas irregularidades na venda, mesmo que o imóvel esteja escriturado, entraremos com ação para anulá-la”
As razões da negativa são:
1) O suposto não pagamento do Imposto de Transmissão de Bens Imóveis Inter-Vivos (ITBI), que deveria ter sido feito antes da emissão da carta de arrematação, com alíquota de 3,5%. Segundo o oficial, a alíquota constante nas guias é de 2%, isto é, abaixo do valor e ainda sem “notícia sobre o eventual recolhimento de juros e mora, multas ou anistia desses encargos”;
2) A não declaração do valor real dos imóveis. Para o oficial, o valor de venda está abaixo do valor de mercado, o que geraria prejuízo para o município e para o Estado.
A reportagem conversou com o oficial para que ele explicasse melhor sua posição. Por telefone, Sandro Alexander expõe a existência de uma “série de elementos estranhos” na venda dos 320 lotes. Ele afirma que, quando a em­presa foi transferir a área no car­tório, houve a constatação de que o ITBI não havia sido pago. “E o Código Tributário do município, em 2012, previa uma alíquota de 3,5%, que deveria ser paga quando fosse pegar a carta de arrematação. Pois a Prefeitura deu a carta, sem que pagassem o ITBI”, diz.
O oficial continua informando que, “quando foram pagar, agora em 2016, não cobraram multa, ju­ros, correção, nada. E ainda lançaram com o Código atual, que di­mi­nuiu a alíquota para 2%. Ou se­ja, uma visão completamente be­né­fica. Afinal, sobre qualquer tri­bu­to não pago, incidem juros, cor­reção monetária e multa. Sequer a inflação do período foi corrigida”, relata.
Dessa forma, para Sandro Ale­xander, “diante da grande quantidade de coisas erradas, avisei o Ministério Público. A Prefeitura ainda não explicou qual o critério usado para cobrar o ITBI daquela área. Várias prefeituras fazem uma espécie de Refiz, mas elas só podem fazê-lo se houver uma lei específica para isso. Nesse caso, não existe uma lei para isso; pelo menos não apontaram”.
Em relação ao ITBI, a promotora responsável pelo caso, Tânia d’Able Rocha Torres Bandeira, informou ao Jornal Opção que essa não é a maior preocupação do procedimento aberto pelo Ministério Público — o responsável pela Construtora Hábil diz que os impostos foram pagos ainda em 2012 (veja resposta na página ao lado). Para ela, há possíveis irregularidades mais graves.
A situação que poderia causar a a­nulação da venda, por exemplo, trata da modalidade empregada pela Prefeitura para colocar a área à ven­da. A lei que regula os mecanismos de licitação e alienação de bens pú­bli­cos é a Lei nº 8.666/1993. Em seu artigo 23º, inciso III, a legislação diz: “A concorrência é a modalidade de licitação cabível, qualquer que se­ja o valor de seu objeto, tanto na com­pra ou alienação de bens imóveis”.
A única exceção diz respeito àqueles bens imóveis cuja aquisição provenha de procedimentos judiciais ou de dação em pagamento; nesta situação, o gestor pode adotar procedimento licitatório, sob duas modalidades: concorrência ou leilão. Dação em pagamento é quando o ente — neste caso, o município — aceita, por exemplo, imóveis como quitação de um débito.
Essa é a justificativa da Prefeitura de Águas Lindas, à época comandada por Geraldo Messias (PP), para o leilão que vendeu os 320 lotes. Os imóveis pertenciam à Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb) e teriam sido adquiridos com a intenção de aumentar o cemitério da cidade, que já não tinha espaço para comportar a demanda.
A aquisição aconteceu em 2011, mas chama atenção o fato de, em dezembro do mesmo ano, ser aprovada a Lei Municipal 965/11 autorizando a alienação dos imóveis. Se todos os 320 lotes tivessem sido adquiridos por dação em pagamento, não haveria irregularidade no processo de venda, uma vez que a lei permite. O problema é que apenas uma parte dos lotes foi anexada ao município por meio de dação em pagamento; a outra foi comprada.
Logo, a modalidade correta para a venda da área seria a concorrência. A promotora explica: “O motivo pe­lo qual eu entendo que não poderia ser leilão é o seguinte: na certidão dos imóveis consta que o município adquiriu apenas parte desses imóveis por dação em pagamento, e não o todo. O valor total dos imóveis foi de quase R$ 500 mil; aproximadamente R$ 200 mil foi para quitação de tributos que a Caesb tinha com o município e o restante foi pa­go, em dinheiro, pela Prefeitura à Ca­esb. Ou seja, compraram o resto”.
Ela diz que, na matrícula dos imóveis, está escrito que a Prefeitura deu R$ 200 mil à Caesb, em dinheiro. “Então, os imóveis não foram ad­quiridos integralmente em dação em pagamento e a lei só permite leilão se for proveniente de dação em pagamento ou por processo judicial. As­sim, apenas parte dos imóveis poderia ser vendida por leilão”, conta.
Restrição de competitividade
O leilão dos 320 lotes, situados na Cachoeira e Saltador, denominados Chácaras do Descoberto, em Águas Lindas, aconteceu no dia 6 de fevereiro de 2012. Para o certame, apenas uma empresa compareceu, sendo consequentemente a vencedora.
A promotora vê nessa questão, também, uma possível irregularidade: “Como se verifica na ata de leilão, realmente somente compareceu a empresa Construtora Hábil Ltda. Isso é indício de que houve restrição da competitividade porque o município colocou à venda os 320 imóveis, em um único lote. Isso significa que quem desejasse adquirir teria que comprar todos os 320, o que acarreta uma restrição na competitividade do certame e inviabiliza a participação de outras empresas”.
O valor da venda
Existe outro questionamento em relação à venda e diz respeito ao valor pelo qual os 320 lotes foram alienados. O montante pago pela Construtora Hábil Ltda. pela totalidade da área foi R$ 800 mil. Aqui é possível retomar a fala da promotora Tânia Bandeira em relação ao ITBI.
Segundo ela, há fortes indícios de lesão ao erário municipal, pois o ITBI é calculado sobre o valor de cada um dos imóveis. “Con­siderando que há indícios de que o preço dado aos imóveis encontra-se subestimado, houve lesão ao patrimônio do município, tanto no valor recebido pela alienação quanto no valor a que teria direito em decorrência do pagamento do ITBI”, relata.
Porém, sobre o questionamento do oficial do cartório, Sandro Alexander, a respeito dos atrasos no pagamento dos tributos, a promotora diz: “É bastante comum que os adquirentes efetuem o pagamento de ITBI no momento em que se dirigem para escriturar os imóveis”.
A questão do valor da venda pode acabar afetando outro político, além do ex-prefeito Geraldo Mes­sias (PP). Airton Pereira dos Anjos, conhecido como Airton Corretor, é apontado como o indicado por Geraldo Messias para fazer a avaliação dos imóveis na época. O Termo de Avalição, que data de 22 de dezembro de 2011, estabelece o preço de 340 lotes — 20 a mais do que a quantidade colocada à venda — e foi assinado por três pessoas; uma delas é Airton.
Ele, que é corretor de imóveis registrado no Conselho Regional de Corretores de Imóveis (Creci), é o atual pré-candidato à Prefeitura de Águas Lindas pelo PDT. Airton, segundo o processo, teria sido indicado pelo prefeito da época, Geraldo Messias (PP), para avaliar o valor dos lotes a serem vendidos.
Até o momento, Airton não é alvo de investigação do Ministério Público, pois não foi feita ainda a perícia de avaliação dos imóveis nos autos do inquérito. Dessa forma, não é possível dizer ainda, com precisão, o valor de cada um dos imóveis à época da venda.
Contudo, segundo a promotora Tânia Bandeira, consta nos autos que cada imóvel tem 2 mil metros quadrados, havendo indícios de que cada um dos imóveis deveria valer, à época, cerca de R$ 40 mil. “Consi­derando que foram alienados 320 imóveis, totalizaria R$ 12 milhões, mas o município vendeu por apenas R$ 800 mil”, conta.
Dessa forma, se for confirmada a discrepância entre os valores, não apenas Airton como as outras duas pessoas que assinaram o Termo de Avaliação — Vera Lúcia Rodrigues Piquiá e Gonzaga do Reis Gui­marães — poderão entrar na investigação.
Possíveis consequências
Se isso ocorrer, a promotora alerta: “Se provadas irregularidades e verificando-se dano ao erário, todos os envolvidos — Geraldo Messias, proprietários da empresa Constru­tora Hábil Ltda., bem como os responsáveis pela avaliação dos imóveis — podem ser condenados a ressarcir o dano ao erário, bem como nas sanções da Lei de Improbidade Administrativa em que consta proibição de contratar com o poder público, multa civil e suspensão de direitos políticos; esta última acarreta a inelegibilidade (Lei nº 8.429/92). Além disso, também pode ser pleiteado judicialmente a anulação do negócio jurídico de venda, se comprovada a fraude”.

O outro lado: Geraldo Messias, Airton Corretor e Construtora Hábil Ltda

Se confirmadas irregularidades, pré-candidatos em Águas Lindas, Geraldo Messias e Airton Corretor, podem ficar inelegíveis
Se confirmadas irregularidades, pré-candidatos em Águas Lindas, Geraldo Messias e Airton Corretor, podem ficar inelegíveis
O Jornal Opção ouviu os envolvidos nas investigações do Ministério Público. Geraldo Messias (PP) e Airton Corretor (PDT) poderão ser os mais afetados, caso se comprovem as irregularidades. Os dois são apontados como pré-candidatos à Prefeitura de Águas Lindas nas eleições deste ano. Assim, se provadas as irregularidades, pode acontecer de nenhum dos dois poder sequer disputar.
Geraldo Messias afirma ter certeza de que todos os atos de sua gestão foram feitos rigorosamente dentro da lei. “E tudo está lá, publicamente, para não só a imprensa como também o Ministério Público acompanharem. Leilão se faz perante uma comissão e tenho certeza de que tudo estava dentro da lei”, garante. Sobre o preço de venda estar abaixo do valor de mercado, ele diz: “Isso não existe. Foi visto o Plano Diretor e também o preço do metro quadrado da época. Então, isso é fantasia”.
Airton Pereira dos Anjos, o Airton Corretor, ainda não é investigado. Até o momento, de acordo com o Ministério Público, os investigados são a Construtora Hábil Ltda. e o ex-prefeito Geraldo Mes­sias. Airton somente será alvo do inquérito, se comprovado que a avaliação dos imóveis assinada por ele é irregular. Porém, como seu nome foi citado, o Jornal Opção o procurou. E ele sustenta que não tem conhecimento do processo.
“Sou corretor de imóveis e faço avaliação para todas as pessoas e não cobro. E não fiz nenhuma avalição acima ou abaixo do valor de mercado. Eu fiz uma avaliação de acordo com os valores da época e não recebi um centavo. Me pediram para fazer, eu fiz, mas desconheço quem vendeu ou quem comprou”, alega.
Ele garante não saber do leilão, embora confirme que fez a avaliação. “Quando a Prefeitura ou qualquer outra pessoa vende, eu não tenho nada a ver com isso. Eu não faço par­te de vendas de imóveis da Pre­feitura. Eu compro e vendo imóveis quando eu fecho contrato com a pessoa. Eu fiz a avaliação de alguns, mas não sei se foi de todos. E fiz a avaliação no preço que valia na época. Aquela é uma área bem afastada do município, que fica perto do cemitério e que não tem tanto valor”, frisa.
A posição da construtora
O Jornal Opção também procurou a Construtora Hábil Ltda., um dos principais alvos do inquérito civil do Ministério Público em relação ao processo licitatório que vendeu os 320 lotes. Quem respondeu os questionamentos da reportagem foi Fernando Eurípedes de Souza, sócio-administrador da construtora, que tem sede em Goiânia.
Ele assegura que não há irregularidade alguma no processo em que sua empresa adquiriu a área pública alienada pela Prefeitura de Águas Lindas e informa que já encaminhou toda a documentação para o Ministério Público — mesmo que não tenha sido pedido — a fim de esclarecer a situação.
Em relação ao valor dos imóveis, que está sob averiguação por suspeita de estar abaixo do preço de mercado, Fernando diz que a localização da área não favorece um preço superior ao que foi pago por sua empresa no leilão. “Lá tem um cemitério ao lado e uma linha de alta tensão, que passa em cima da área. Essa linha vai cortando a cidade e deixando um vazio; também tem um lixão na divisa. Então, a área tem alguns inconvenientes”, expõe.
Para ele, é possível afirmar que a avaliação da época — R$ 800 mil — foi até acima do valor de mercado, “tanto que não houve muitos in­teressados. Além disso, o valor pelo qual a Prefeitura adquiriu os lo­tes foi R$ 400 mil, mais ou me­nos. Inclusive, disseram que os avaliadores chegaram ao teto. Então, foi lícito e público. Eu tenho interesse na região e arrematei o lance pe­lo valor de avaliação deles. In­clu­sive, tive que pagar 5% a mais para pagar a leiloeira, como é de praxe”.
Sobre o não pagamento do ITBI, algo questionado pelo oficial do cartório de registro de Águas Lindas, Fernando diz que sua empresa efetuou o pagamento do imposto. “O Sandro está fazendo uma grande confusão. Inclusive fui à Cor­regedoria para reclamar. Eu paguei as custas do cartório; R$ 53 mil de custas, um valor alto. Pagamos as custas e o imposto. Me deram o recibo e, depois, apareceu isso. Meu pessoal até ligou para alertá-lo, mas ele já havia passado a nota de devolução pedindo esclarecimento. Já encaminhamos o material para ele e a Prefeitura também deve estar fazendo o mesmo”, assegura.
Atual gestão
As ações investigadas são de responsabilidade da antiga gestão, de Geraldo Messias (PP). Porém, mes­mo que não se responsabilize pelas consequências, foram solicitados à atual gestão, de Hildo Can­dango (PTB), documentos ne­ces­sários para a investigação. Em relação a isso, a promotora Tânia Bandeira afirma que alguns documentos já foram encaminhados, mas que a solicitação ainda não foi atendida integralmente. Foram também solicitados documentos ao Cartório de Registro de Imóveis.
Para saber o motivo do atraso na entrega dos documentos solicitados, o Jornal Opção entrou em contato com a Procuradoria-Geral do Município de Águas Lindas, cuja titular é Julianna Machado Arantes Moretto. Contudo, até o fechamento desta edição, a procuradora não respondeu aos questionamentos da reportagem.

Fonte: Jornal Opção