CAMPANHA DE UTILIDADE PÚBLICA--INFRAESTRUTURA

CAMPANHA DE UTILIDADE PÚBLICA--INFRAESTRUTURA
CAMPANHA DE UTILIDADE PÚBLICA--INFRAESTRUTURA

terça-feira, 12 de setembro de 2023

Mãe é detida por amarrar filho de 9 anos a poste e agredi-lo, diz polícia

 

Polícia Civil e Conselho Tutelar, em Palmelo — Foto: Reprodução/TV Anhanguera




Testemunhas afirmam que a mulher agrediu a criança por não querer tomar banho. Conselho Tutelar afirmou que a família do menino é assistida há 4 meses.


Uma mãe foi detida por amarrar a filho de 9 anos em um poste e agredi-lo, em Palmelo, no sul do estado. Testemunhas afirmam que a mulher agrediu a criança por não querer tomar banho.

À repórter Alyne Braga, a mãe da criança informou que agrediu o garoto para aplicar uma "correção" a ele.

As agressões ocorreram no último sábado (9). Testemunhas afirmaram à TV Anhanguera que após a mãe amarrar a criança, que tem transtornos mentais e problemas auditivos, ao poste, o agrediu por cerca de 5 minutos, entre agressões físicas e psicológicas.

"Ela disse que o menino estava rebelde e chegou a agredi-la, por isso, ela o amarrou e bateu nele com o objetivo de educar a criança", disse o delegado Elton Fonseca, responsável pelo caso.

O Conselho Tutelar foi acionado para atender este caso. O menino foi encaminhado para uma casa de apoio do município, até que se encontre um lar para a criança.

A mãe chegou a ser detida após as agressões, mas já se encontra em liberdade. Segundo o Conselho Tutelar, a família da criança já é assistida há 4 meses e que as agressões eram recorrentes.



Por Gustavo Cruz, Letícia Grazielly e Alyne Braga, g1 Goiás e TV Anhanguera



Fonte: https://g1.globo.com/go



Nenhum comentário:

Postar um comentário