CAMPANHA DE UTILIDADE PÚBLICA--INFRAESTRUTURA

CAMPANHA DE UTILIDADE PÚBLICA--INFRAESTRUTURA
CAMPANHA DE UTILIDADE PÚBLICA--INFRAESTRUTURA

segunda-feira, 8 de janeiro de 2024

Cratera se abre em avenida comercial no Entorno do DF e assusta moradores

 

Cratera se abre no Jardim Ingá, distrito de Luziânia, no Entorno do DF - (crédito: Reprodução/Brasília Irônica)

Asfalto da Avenida Lucena Roriz I do Jardim Ingá, distrito de Luziânia, cedeu na noite deste sábado (6/1). Área foi isolada pelo Corpo de Bombeiros Militar de Goiás. Ninguém se feriu

Uma enorme  cratera se abriu na madrugada deste domingo (7/1), na Avenida Lucena Roriz I do Jardim Ingá, distrito de Luziânia (GO), município localizado no Entorno do Distrito Federal. A reportagem apurou que devido à forte chuva da noite de sábado (6/1), a terra cedeu junto do asfalto e houve o desmoronamento. Não houve vítimas ou veículos que caíram no local, que é uma via comercial.
A avenida é uma das principais do Jardim Ingá e tem casas por perto. No vídeo que circula nas redes sociais, é possível ver pessoas assustadas com o enorme buraco que se abriu na região. As imagens mostram a água descendo com força pela cratera.






Cratera se abre no Jardim Ingá, distrito de Luziânia, no Entorno do DF - (crédito: Reprodução/Brasília Irônica)

O Corpo de Bombeiros Militar de Goiás (CBMGO) esteve no local às 9h50 deste domingo (7/1). A corporação, que foi acionada pela Defesa Civil para atuar na ocorrência, informa que a forte chuva da noite anterior fez com que parte da via desmoronasse, impedindo o tráfego de veículos na rua.

Falta de recursos para obras

Segundo o CBMGO, o local passou por outras ações da corporação e da Defesa Civil de Luziânia. Foram realizadas obras pontuais e solicitado recurso para construções definitivas. Entretanto, informações da Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil (COMPDEC) mostram que apesar do dinheiro ter sido autorizado, ainda não foi liberado.

A Coordenadoria e a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano (SMDU) informam que os recursos previamente autorizados não serão suficientes para reparar os danos provocados pelas chuvas desse sábado (6/1).

No local, estavam equipes da Polícia Militar de Goiás, da COMPDEC e da Guarda Civil Municipal. Equipes da Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Obras), da Administração do Jardim Ingá. O próprio prefeito de Luziânia, Diego Sorgatto, se prontificou a adotar as medidas necessárias para o restabelecimento da normalidade na área afetada na maior brevidade de tempo possível.

Segundo o capitão Fábio Leite, do 5º Batalhão de Bombeiro Militar do CBMGO de Luziânia, o principal problema da Avenida Lucena Roriz I do Jardim Ingá são as águas pluviais. “Foram feitas intervenções, mas parece que não foi suficiente. Lá cabe um ônibus”, afirma o militar.

O bombeiro pondera que os estragos causados pela chuva eram mais recorrentes do que atualmente. “Acontece vez ou outra um ponto desse de abertura. Mas nessa magnitude não é comum. E não choveu em Luziânia, mas choveu no distrito do Jardim Ingá, que fica a 15 km de distância”, complementa o capitão Fábio Leite.

Trânsito

O trânsito no local foi interditado parcialmente com o uso de cones e fitas zebradas desde a noite de sábado. Na manhã deste domingo, maquinário pesado reforçava os pontos de interdição colocando barreiras físicas, e abrindo uma vala para desviar as águas pluviais. O objetivo é evitar a piora da situação em caso de novas chuvas.

Segundo o Corpo de Bombeiros, ficou definido que a Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil faria o levantamento dos dados para o preenchimento de novo Formulário de Informações do Desastre (FIDE). O objetivo é fazer um novo registro e, se for o caso, decretar situação de emergência pelo poder público municipal.

As equipes da Guarda Civil Municipal vão fazer revezamento no local para evitar que populares se aproximem da cratera, com a Polícia Militar de Goiás de sobreaviso se forem acionados pelos guardas civis

Fonte:  https://www.correiobraziliense.com.br/


Nenhum comentário:

Postar um comentário