CAMPANHA DE UTILIDADE PÚBLICA--INFRAESTRUTURA

CAMPANHA DE UTILIDADE PÚBLICA--INFRAESTRUTURA
CAMPANHA DE UTILIDADE PÚBLICA--INFRAESTRUTURA

terça-feira, 28 de novembro de 2023

Médico é condenado por racismo

 

A condenação marca um episódio lamentável ocorrido na Fazenda Jatobá, em 15 de fevereiro de 2022

O Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO) condenou o médico Márcio Antônio Souza Júnior a pagar R$ 300 mil a título de indenização por danos morais coletivos. A condenação, resultante do crime de racismo, marca o episódio lamentável ocorrido na Fazenda Jatobá, em 15 de fevereiro de 2022. A sentença foi proferida pela juíza Erika Barbosa Gomes Cavalcante, da Vara Criminal.

O médico, que era proprietário da fazenda, filmou um caseiro negro com as mãos e os pés acorrentados por uma gargalheira em seu pescoço, simulando uma cena do período escravocrata. O vídeo, posteriormente compartilhado nas redes sociais, causou indignação e repúdio nacional e internacional.

Segundo informações do processo, o funcionário, que recebia um salário-mínimo para realizar serviços pesados na fazenda, foi abordado pelo acusado enquanto mostrava os apetrechos armazenados na igrejinha da propriedade. O médico então acorrentou o trabalhador, proferindo palavras ofensivas e insinuando que ele estava em uma "senzala" por não ter estudado.

Durante as investigações, foram apreendidos objetos que chancelam a denúncia apresentada pelo Ministério Público: uma gargalheira, um par de grilhões para mãos sem corrente e um par de grilhões para pés com corrente.

O valor da sentença será dividido entre a Associação Quilombo Alto Santana e a Associação Mulheres Coralinas.


Fonte: https://www.dm.com.br/


Nenhum comentário:

Postar um comentário