TÚNEL DE TAGUATINGA

TÚNEL DE TAGUATINGA
O FUTURO PASSA POR AQUI

quarta-feira, 16 de março de 2022

Personal espanca homem em situação de rua após flagrar sexo com esposa em carro

Foto:Redes sociais/Reprodução O homem em situação de rua sai do carro e tenta fugir, nu e com um pedaço de roupa na mão, mas é seguido pelo marido traído, que começa a agredi-lo
O marido encontrou os dois no carro dela, pelados, no meio de uma rua em Planaltina. O caso é investigado pela 16ª Delegacia de Polícia Civil Um personal trainer espancou um homem em situação de rua em Planaltina, no Distrito Federal, após flagrar ele e a esposa juntos em um ato sexual no carro dela. Em um vídeo capturado por câmeras de segurança do local, compartilhado nas redes sociais, é possível ver o “amante” sair do carro nu e começar a ser agredido pelo marido. O caso ocorreu na noite da última quarta-feira (9/3) e é investigado pela 16ª Delegacia de Polícia Civil de Planaltina. Veja:
No registro, é possível ver que, enquanto o marido está na janela do passageiro em uma provável conversa com a esposa, o homem em situação de rua sai do carro pela porta do motorista, nu, com um pedaço de roupa na mão e descalço. Em seguida, ele é derrubado com um soco pelo personal. O homem se levanta e tenta se aproximar do veículo, mas é derrubado mais uma vez pelo marido, que desfere socos e pontapés contra ele, que cai e permanece intacto. Por fim, o personal dá um último tapa no rosto dele. Em seguida, o personal se afasta da cena e parece perder as forças. Ele se abaixa e respira fundo algumas vezes. No fim do registro, a esposa dele sai do veículo, enquanto ele faz uma ligação. O site R7 teve acesso a gravações de áudio em que a mulher relata o ocorrido. Ela conta que encontrou o homem enquanto estava com a sogra e que ele pediu para encontrá-la depois, o que ela concordou. No entanto, as falas da mulher mostram certa confusão mental. Em um momento, ela diz que encontrar o morador de rua era uma missão religiosa, uma parte do propósito dela. Ela chegou a dizer ainda que por vários momentos via o homem como “Deus” e outras como o marido dela. Fonte:https://www.correiobraziliense.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário