A CADA DIA, VIVEMOS MAIS PERTO DA VALPARAÍSO QUE QUEREMOS

A CADA DIA, VIVEMOS MAIS PERTO DA VALPARAÍSO QUE QUEREMOS
VALPARAÍSO QUE EU QUERO 27

segunda-feira, 7 de março de 2022

Déficit de R$ 6 bi-- Dívidas do estado dificulta pagamento integral da data-base a servidores, diz Caiado

Governador Ronaldo Caiado l Foto: Reprodução
O governador de Goiás ainda diz que, a partir do Regime de Recuperação Fiscal, o aumento permito por lei tem como teto a inflação do ano anterior Acompanhado pelo ministro do Trabalho e Previdência, Onyx Lorenzoni para apresentação do programa do governo federal, Serviço Civil Voluntário, o governador Ronaldo Caiado (União Brasil) afirmou nesta segunda-feira, 7, que as negociações do pagamento da data-base aos servidores públicos estaduais ainda estão em andamento. No entanto, ele acredita que os trabalhadores estão “conscientes de que estamos recuperando 100% das perdas da inflação do ano anteriores e eles sabem que não tem como cobrar mais de um estado que não realiza o reajuste da data-base desde 2016”. Caiado ainda diz que a partir do Regime de Recuperação Fiscal, o aumento permito por lei tem como teto a inflação do ano anterior. “Como nós vamos pagar mais se eu recebi o estado de Goiás com R$ 6 bilhões de dívidas imediatas, salários atrasados e o governo bloqueado no Tesouro Nacional? É como você pedir a um cidadão atropelado, com várias fraturas, que ele seja doador de sangue. Goiás está em um processo de recuperação, graças a negociação com o governo federal”, pontuou o governador. Nesta segunda-feira, 7, como adiantado pelo Jornal Opção, o governador falou sobre a possibilidade do Estado de Goiás flexibilizar o uso de máscaras, que são usadas desde março de 2020 como forma de proteção contra a Covid-19. Para ele, o ideal é aguardar 15 dias úteis após as festividades de carnaval para se tomar uma decisão. Segundo o governador, este será o “teste real pois as pessoas conviveram sem o uso de máscara [no período das festas]”. Para ele, caso haja uma tendência na queda por demanda de internação e contaminação, será a prova real e poderá caminhar com a possibilidade de dispensa do uso de máscaras, tanto em ambiente fechado quanto em ambiente aberto. Por Ysabella Portela Fonte:https://www.jornalopcao.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário