TÚNEL DE TAGUATINGA

TÚNEL DE TAGUATINGA
O FUTURO PASSA POR AQUI

quarta-feira, 9 de março de 2022

Idosa que teve teto do quarto tomado por enxame gigante de marimbondos levou 15 picadas, diz filha

Foto:Reprodução
Foi um vizinho, que toma conta do local, quem avisou que o enxame havia ocupado quase todo o teto e acionou os bombeiros Depois de ter o teto do quarto tomado por um enxame gigante de marimbondos, a idosa Maria das Dores de Souza Silca, 76, levou quinze picadas dos insetos ao voltar para casa e ficou com o corpo inchado. Os insetos foram exterminados no sábado, 5, pelo Corpo de Bombeiros. O caso aconteceu em Niquelândia, norte do Goiás. A exterminação dos insetos foi optada devido a agressividade do enxame. O trabalho durou várias horas, no entanto, ninguém se feriu. Luzia Cândida da Silva, 50, filha da aposentada, disse ao g1 que a mãe faz tratamento médico contra a Doença de Chagas, e que por isso costuma passar um tempo na casa de outra filha, que mora em uma cidade próxima. Durante quase dois meses, por conta das consultas e do tratamento, a casa da idosa ficou fechada. Foto: Luzia Cândida/Arquivo Pessoal
Ainda de acordo com Luzia, a idosa estava na casa da irmã desde o Natal, porém decidiu voltar para a casa, uma chácara a qual gosta muito. Até então, Maria das Dores disse que não havia tantos marimbondos no teto, entretanto, eles estavam construindo uma casa. “Quando chegou na chácara, minha mãe falou que eles [marimbondos] estavam se juntando no teto, mas mesmo assim não conseguiu dormir no quarto e foi para o sofá da sala. Ela dormiu na casa por uns 20 dias, quando nos ligou e contou que levou 15 picadas”, contou a filha. A aposentada voltou, então, para a casa da outra filha e sua residência permaneceu fechada por mais de 30 dias. Foi um vizinho, que toma conta do local, quem avisou que o enxame havia ocupado quase todo o teto e acionou os bombeiros. Perigo da picada Ao g1, o biólogo Edson Abrão informou que geralmente a retirada dos insetos por profissionais ocorre durante à noite, momento em que estão dormindo e ficam menos agressivos. “Marimbondos e abelhas são os insetos que mais matam no mundo. É um enxame muito perigoso, que só ataca quando se sente ameaçado. O inseto pica a pessoa e libera uma substância, que causa ardência no local”, explicou Abrão. Ainda de acordo com o biólogo, essa picada, algumas vezes, pode causar choque anafilático. Não é o veneno em si que mata a pessoa, mas causa fortes dores e vermelhidão no local picado. Segundo o Ministério da Saúde, o choque anafilático é a forma mais grave de reação à alergia. O tratamento imediato é fundamental para evitar a morte. Fonte:https://jornaldebrasilia.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário