TÚNEL DE TAGUATINGA

TÚNEL DE TAGUATINGA
O FUTURO PASSA POR AQUI

domingo, 20 de março de 2022

Caiado participa de lançamento de obra sobre buscas a Lázaro Barbosa

Governador Ronaldo Caiado e primeira-dama Gracinha Caiado recebem livro autografado pelo tenente-coronel Edson Melo, autor de Contagem Regressiva - A Trajetória da Caçada a Lázaro Barbosa (Fotos: André Saddi)
Contagem Regressiva - A Trajetória da Caçada a Lázaro Barbosa, escrito pelo tenente-coronel Edson Melo, que integrou operação de captura ao autor de chacina em Ceilândia, narra jornada de nove integrantes da tropa de elite da PM goiana durante força-tarefa que envolveu 270 policiais O governador Ronaldo Caiado participou, nesta sexta-feira (18), do primeiro Portões Abertos do Batalhão de Rondas Ostensivas Táticas Metropolitana (Rotam) de 2022, que recebeu a população como forma de aproximá-la da tropa de elite da Polícia Militar do Estado de Goiás. O evento marcou ainda o lançamento do livro Contagem Regressiva - A Trajetória da Caçada a Lázaro Barbosa, escrito pelo tenente-coronel Edson Melo e que narra a jornada de integrantes da Rotam durante as buscas pelo criminoso Lázaro Barbosa. Para o chefe do Executivo estadual, o evento mostrou a identificação que a Rotam tem com a comunidade. “Presenciamos o carinho das pessoas, das famílias, se aproximando daquilo que traz paz, tranquilidade e segurança. A sociedade tem a noção clara da finalidade e do que realmente a Rotam e a Polícia Militar fazem pelo Estado”, explicou. Acompanhando o governador Ronaldo Caiado no evento, a presidente de honra da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG) e coordenadora do Gabinete de Políticas Sociais (GPS), primeira-dama Gracinha Caiado, pontuou a credibilidade da Rotam. “É um batalhão respeitado não só em Goiás, mas em todo Brasil, que tenho respeito e tem toda uma admiração da população goiana”, assegurou. “Essa abertura à sociedade é para mostrar parte da nossa Polícia Militar e dizer que o sucesso da nossa corporação é ter uma comunidade de bem”, afirmou o comandante-geral da PM, coronel Renato Brum. Livro A obra traz o ponto de vista do policial no caso Lázaro Barbosa, assassino que ficou conhecido após matar quatro pessoas de uma mesma família na zona rural de Ceilândia, no Distrito Federal, e se esconder em matas no Entorno de Brasília. O governador disse que a publicação presta satisfação à sociedade. “É responsabilidade dos policiais dar segurança à população. Um cidadão não pode implantar o terrorismo e o medo”, sublinhou. O autor Edson Melo é superintendente de Segurança da Secretaria de Estado da Casa Militar e relatou com detalhes a atuação das autoridades de Goiás, com apoio das tropas do DF e das polícias Federal e Rodoviária Federal, além de outras agências federais. Segundo o PM, foram dias embrenhados pelo mato para procurar um criminoso cruel que tirou a paz de moradores de vários municípios. “O que vivemos ali foi a mais pura realidade de homem de honra, que tem compromisso com a segurança pública. Não estávamos ali por vaidade. Cada um de nós nos dedicamos por amor. Proteger o cidadão goiano é muito mais que função, é um ideal de vida”, frisou o tenente-coronel Edson Melo. A operação envolveu mais de 270 policiais. O fugitivo foi capturado no dia 26 de junho de 2021. À época, o governador homenageou os policiais goianos que, junto aos do Distrito Federal, trabalharam nas buscas a Lázaro Barbosa. O episódio serviu de inspiração para o tenente-coronel, que fazia parte do comando da equipe de militares, escrever o livro. Além de integrantes das forças de segurança, participaram do evento o deputado estadual Amauri Ribeiro, o vereador de Goiânia Sargento Novandir e o secretário Estadual de Saúde, Ismael Alexandrino. Fonte: Secretaria de Comunicação - Governo de Goiás

Nenhum comentário:

Postar um comentário