A CADA DIA, VIVEMOS MAIS PERTO DA VALPARAÍSO QUE QUEREMOS

A CADA DIA, VIVEMOS MAIS PERTO DA VALPARAÍSO QUE QUEREMOS
VALPARAÍSO QUE EU QUERO 27

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2022

Marido usa galão de 20L como cofre para realizar sonho da esposa

Foto: Arquivo pessoal
O casal usou um galão de 20 litros para guardar o dinheiro usado para Amanda pôr silicone. Eles juntaram cerca de R$20 mil Amanda Araújo de Aguiar, 36, teve o sonho realizado na última sexta-feira, 11. Ela e o marido, que moram em Praia Grande, litoral de São Paulo, usaram um galão de 20 litros para guardar o dinheiro usado para Amanda pôr silicone. Ao lado do marido, Sidney Nardes de Aguiar, 47, ela juntou cerca de R$20 mil. A realização da cirurgia plástica foi uma maneira de recuperar a autoestima de Amanda. Ela teve alta do Hospital Beneficência Portuguesa, em Santos, após a plástica nos seios e na barriga. O procedimento, que foi bem-sucedido, foi feito junto com outra cirurgia que a dona de casa necessitava fazer. Há cerca de seis meses, depois de passar por uma histerectomia total, onde retirou as trompas e o útero, ela descobriu uma hérnia, que estava sobre a sua cicatriz de uma cesariana. “Ela [hérnia] quase me matou. Deu um acúmulo de líquido muito grande”, afirma Amanda ao g1. Sidney propôs a esposa que, já que ela teria que corrigir a hérnia, aproveitasse para realizar o sonho de colocar silicone. “Para amenizar um pouco a minha dor, e não fazer duas vezes, já que precisaria me abrir de novo”, brinca a mulher. “Eu me olhava no espelho e via que estava perdendo a minha figura de mulher. Eu queria recuperar a minha autoestima. Cheguei a pesar 100 kg, e ele [Sidney] falava para mim que eu era linda. Eu dizia que não. Um dia, quis fazer [a cirurgia], por incentivo de uma cunhada minha, irmã dele. Só que fui atrás de preços, e vi que era uma realidade muito distante. Chorei muito. Aí, ele falou que, se era um sonho, os sonhos são para serem realizados”, conta. Durante o ano passado, o casal economizou ao máximo para que o dinheiro necessário fosse arrecadado. Pais de três filhos, o casal chegou a reduzir a conta de luz pela metade. Logo no início, Sidney escreveu um bilhete como forma de incentivo para a esposa. No texto, ele disse que ao colocar os primeiros R$200 no cofre improvisado, deixava “1% do seu sonho”. “A gente enxuga daqui, aperta dali, você deixa de sair um pouquinho. A gente comia pizza quase todo fim de semana, e passamos a não comer. Saíamos para uma baladinha, e passamos a não sair. Era economia na luz, economia no ar-condicionado, na água. A gente pegou um galão de 20 litros de água e colocou o dinheiro. Fiz um cofre com ele e conseguiu juntar uns R$ 3 mil”, lembra o empresário. A dupla chegou a conseguir um valor superior, mas tiveram que adiar o procedimento porque a casa do pai de Sidney precisava de reforma. “Na casa dele, entrava água. Não tinha como não arrumar. Na época, ela disse ‘depois a gente vê a cirurgia’. Então, vi que ela estava comigo em qualquer situação. Ela é super parceira, ela é amiga, é companheira. Em todos os meus projetos profissionais me apoia. Quando você tem um sonho, você foca. E eu queria ver ela feliz”, explica Sidney. Já em casa, Sidney postou uma foto ao lado da esposa após o procedimento cirúrgico. Na legenda da foto, o marido conta que o maior sonho da esposa “era fazer uma cirurgia plástica e pôr silicone”. O texto teve seis mil compartilhamentos, e Sidney afirma estar se sentindo “o cara, pois ela sempre me deu tanto, e hoje eu pude retribuir um pouco toda a alegria que ela me deu”. Amanda diz que ficou feliz com a repercussão positiva da história do casal. Ela espera que isso possa estimular outros casais a fazerem o mesmo. “Os homens podem ser um pouquinho mais companheiros das mulheres. Todo relacionamento tem que ter atos de companheirismo”, finaliza.
Fonte:https://jornaldebrasilia.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário