A CADA DIA, VIVEMOS MAIS PERTO DA VALPARAÍSO QUE QUEREMOS

A CADA DIA, VIVEMOS MAIS PERTO DA VALPARAÍSO QUE QUEREMOS
VALPARAÍSO QUE EU QUERO 27

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2022

Marido espanca mulher grávida de 8 meses e abusa sexualmente de vizinha

Foto:pacifico
O criminoso está preso e é acusado de abusar, também, dos enteados de apenas 2 e 8 anos de idade Um crime bárbaro chocou moradores da Fercal. Uma mulher grávida de 8 meses está internada após ser agredida fisicamente pelo marido. O horror se estendeu ainda a uma vizinha do casal, quando o acusado começou a abusar sexualmente dela. Segundo os investigadores da 35ª Delegacia de Polícia (Sobradinho II), o homem atacou a vizinha beijando-a à força e praticando outros atos libidinosos. Preso em flagrante, o criminoso é investigado ainda por abuso sexual contra os seus enteados de apenas 2 e 8 anos. O autor já havia agredido a companheira anteriormente e, por isso, ela está sob medida protetiva. As penas para os crimes em apuração podem chegar a 30 anos de prisão. Está sofrendo violência doméstica ou conhece alguém nesta situação? Veja abaixo onde pedir ajuda no Distrito Federal. Rede de atendimento - Ligue 190: Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF). Uma viatura é enviada imediatamente até o local. Serviço disponível 24h por dia, todos os dias. Ligação gratuita. - Ligue 197: Polícia Civil do DF (PCDF). E-mail: denuncia197@pcdf.df.gov.br WhatsApp: (61) 98626-1197 Site: https://www.pcdf.df.gov.br/servicos/197/violencia-contra-mulher - Ligue 180: Central de Atendimento à Mulher, canal da Secretaria Nacional de Políticas para as Mulheres. Serviço registra e encaminha denúncias de violência contra a mulher aos órgãos competentes, além de reclamações, sugestões e elogios sobre o funcionamento dos serviços de atendimento. A denúncia pode ser feita de forma anônima, 24h por dia, todos os dias. Ligação gratuita. - Delegacias Especiais de Atendimento à Mulher (Deam): funcionamento 24 horas por dia, todos os dias. Deam 1: previne, reprime e investiga os crimes praticados contra a mulher em todo o DF, à exceção de Ceilândia. Endereço: EQS 204/205, Asa Sul. Telefones: 3207-6172 / 3207-6195 / 98362-5673 E-mail: deam_sa@pcdf.df.gov.br Deam 2: previne, reprime e investiga crimes contra a mulher praticados em Ceilândia. Endereço: St. M QNM 2, Ceilândia Telefones: 3207-7391 / 3207-7408 / 3207-7438 - Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos Whatsapp: (61) 99656-5008 - Canal 24h - Secretaria da Mulher do DF Whatsapp: (61) 99415-0635 - Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) Promotorias nas regiões administrativas do DF https://www.mpdft.mp.br/portal/index.php/promotorias-de-justica-nas-cidades Núcleo de Gênero Endereço: Eixo Monumental, Praça do Buriti, Lote 2, Sala 144, Sede do MPDFT Telefones: 3343-6086 e 3343-9625 E-mail:pro-mulher@mpdft.mp.br - Defensoria Pública do DF Núcleo de Assistência Jurídica de Defesa da Mulher (Nudem) Endereço: Fórum José Júlio Leal Fagundes, Setor de Múltiplas Atividades Sul, Trecho 3, Lotes 4/6, BL 4 Telefones: (061) 3103-1926 / 3103-1928 / 3103-1765 WhatsApp (61) 999359-0032 E-mail: najmulher@defensoria.df.gov.br http://www.defensoria.df.gov.br/nucleos-de-assistencia-juridica/ - Núcleos do Pró-Vítima Ceilândia End.: Shopping Popular de Ceilândia – Espaço na Hora (61) 9 8314-0620 - Horário: 08:00 às 17:00 Guará End.: Lúcio Costa QELC Alpendre dos Jovens – Lúcio Costa (61) 9 8314-0619 - Horário 08:00 às 17:00 Paranoá End.: Quadra 05, Conjunto 03, Área Especial D – Parque de Obras (61) 9 8314-0622 - Horário: 08:00 às 17:00 Planaltina End.: Fórum Desembargador Lúcio Batista Arantes, 1º Andar, Salas 111/114 (61) 9 8314-0611 /3103-2405 - Horário: 12:00 às 19:00 Recanto das Emas End.: Estação da Cidadania – Céu das Artes, Quadra 113, Área Especial 01 61) 9 8314- 0613 - Horário:08:00 às 17:00 Itapõa End.: Praça dos Direitos, Quadra 203 – Del Lago II(61) 9 8314-063208:00 às 17:00 (61) 9 8314-0632 - Horário:08:00 às 17:00 Taguatinga End.: Administração Regional de Taguatinga – Espaço da Mulher – Praça do Relógio (61) 98314-0631 Site: https://www.sejus.df.gov.br/pro-vitima/ Rodoferroviária End: Estação Rodoferroviária, Ala Norte, Sala 04 – Brasília/DF (61) 98314-0626 / 2104-4288 / 4289 Além disso, a Secretaria de Justiça e Cidadania (SEJUS), implantou um novo número, o 125, para receber denúncias de violação de direitos de crianças e adolescentes no Distrito Federal. A ligação é gratuita e o serviço é realizado pela Coordenação do Sistema de Denúncias de Violação dos Direitos da Criança e do Adolescente – CISDECA. Fonte:https://www.correiobraziliense.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário