A CADA DIA, VIVEMOS MAIS PERTO DA VALPARAÍSO QUE QUEREMOS

A CADA DIA, VIVEMOS MAIS PERTO DA VALPARAÍSO QUE QUEREMOS
VALPARAÍSO QUE EU QUERO 27

sábado, 26 de fevereiro de 2022

Mãe comove a web com pedido de ajuda para remédio de filho autista

Foto: Arquivo pessoal
Frederico foi diagnosticado com autismo aos quatro anos. Ele faz acompanhamento com profissionais de saúde, além dos remédios que consome Em Santos, litoral de São Paulo, uma mãe perdeu o estojo de remédios do filho autista, avaliados em R$330. A internet, porém, se comoveu com a situação e ajudou a mãe a recuperar os medicamentos e dar continuidade ao tratamento do menino. A nutricionista Raisa Barragem diz ter ficado feliz com a reação imediata da web com intenção de ajudá-la. Frederico, de 12 anos, foi diagnosticado com autismo aos quatro. Ele faz acompanhamento com profissionais de saúde, além dos remédios que consome. “Os medicamentos são para hiperatividade, para ajudar no foco e para ansiedade. O autismo do Frederico é muito complexo”, explica a mãe ao g1. A criança passou o último domingo, 20, na casa da avó, que também mora em Santos. “Eu arrumo tudo, e levo todas as coisas dele. Ele gosta de levar computador, leva roupa, e tem que levar a mala dele de remédios, que são muitos. Na hora de ir embora, ele estava muito agitado. E com essa conturbação toda, eu fui levando ele, mochila, perguntando para a minha mãe se tudo estava no lugar. Na hora de guardar as coisas no carro, eu acredito que essa bolsa de remédios tenha caído na calçada”, conta a nutricionista. Assim que começou a organizar as coisas do filho, logo ao chegar em casa, Raisa percebeu que o estojo que continha todos os remédios da criança não estava lá. Ela chegou a ir procurar no elevador do prédio onde mora, mas sem sucesso. Em seguida, ligou para a mãe pedindo que esta procurasse na região onde o estojo poderia ter caído. “Ela desceu, entrou no elevador, mostrou o hall do prédio, foi na calçada, e por todo o caminho que eu percorri, mas nada”. As medicações, que precisam de receita, tinham sido recém compradas, por R$330. Apesar de não ser um valor tão alto, a nutricionista conta que foi desesperador, já que afetaria o “orçamento no fim do mês”. Em seu Facebook particular, ela relatou o episódio para que os amigos que encontrassem o estojo pudessem devolvê-lo. No post, ela diz ter perdido “um estojo grande contendo todos os remédios do Frederico. Foi na Avenida Bartholomeu de Gusmão. Voltei e não estava mais. O estojo contém uma caixa de ritalina, uma caixa de risperidona, seis cartelas de sertralina, um pote de ômega 3. Pelo amor de Deus, se alguém encontrar, ou então ver alguma publicação com ele, me avise!”, escreveu. Corrente do bem A administradora Maithe Morotti Cunha Bueno, ao ver a publicação da prima Raisa, compartilhou a postagem em outros grupos na rede social. Pouco tempo depois, o pedido já havia alcançado centenas de internautas de Santos. “O intuito era que o post alcançasse o maior número de pessoas possível, para que o estojo aparecesse. Os medicamentos não são baratos, e lá dentro havia toda uma organização quanto aos horários em que devem ser administrados. Raisa sempre foi muito dedicada com o Frederico”, explica. Depois de verem a postagem, duas pessoas encontraram em contato com Raisa e cederam medicamentos que tinham guardado. “Eu, na verdade, não imaginava que as pessoas fossem disponibilizar os medicamentos. Graças à ajuda dessas pessoas, que se comoveram com o ocorrido, é que o Frederico pôde tomar os medicamentos”, diz. “Foi muito rápido. Uma das pessoas que ofereceram falou que trabalha no Canal 5. Eu moro no Canal 4. Eu pensei ‘meu Deus, é muita coincidência’, e fui buscar. Era na esquina do meu trabalho. Ela deixou na portaria, e eu peguei. Não a vi pessoalmente. E a outra pessoa mora no Canal 2. Ela também guardou com carinho. É uma professora de educação especial, então, são coisas assim que ficam sempre ligadas. Essa empatia, só quem passa que sabe como é difícil”, conclui Raisa. Fonte:https://jornaldebrasilia.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário