TÚNEL DE TAGUATINGA

TÚNEL DE TAGUATINGA
O FUTURO PASSA POR AQUI

terça-feira, 15 de março de 2022

Idosa negra é vítima de racismo em supermercado no Pará

Em nota, a Polícia Civil disse que o caso foi registrado pela Seccional da Pedreira e que partes foram ouvidas, mas entendeu que não foi configurado como injúria racial Uma idosa de 81 anos afirma ter sido vítima de racismo, após sair de um supermercado, em Belém, no Pará na última sexta-feira (11). O caso foi no bairro da Pedreira e acabou gerando revolta e protesto entre moradores. Nilza Sacramento mora há 30 anos no local é líder comunitária. A idosa disse que olhava panos de prato, quando percebeu que estava sendo vigiada por seguranças do supermercado. “Eu acho que a cor preta está sendo discriminada, todo preto eles pensam que é ladrão”, disse Nilza ao site G1. Na saída, a mulher contou que foi abordada pelo segurança, que teria a constrangido na frente de outros clientes. Nilza é conhecida pela comunidade como dona Anastácia e é bastante conhecida no bairro. Em nota, a Polícia Civil disse que o caso foi registrado pela Seccional da Pedreira e que partes foram ouvidas, mas a Polícia entendeu que o caso não foi configurado como injúria racial. Neste domingo (13), amigos, representantes de movimentos sociais e instituições que defendem os direitos humanos se reuniram em frente à casa de Nilza para apoiá-la, além de cobrar respeito e providências. Fonte:https://jornaldebrasilia.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário