CAMPANHA DE UTILIDADE PÚBLICA--INFRAESTRUTURA

CAMPANHA DE UTILIDADE PÚBLICA--INFRAESTRUTURA
CAMPANHA DE UTILIDADE PÚBLICA--INFRAESTRUTURA

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2022

Turista é morto a tiros em tentativa de fuga de assalto no litoral de SP

O caso foi registrado como roubo qualificado na delegacia sede do município e é investigado pela Polícia Civil. Ninguém foi preso até o momento Klaus Richmond Santos, SP Um turista de 26 anos foi morto a tiros no último fim de semana em Guarujá, no litoral paulista, enquanto manobrava o carro para fugir de um cerco feito por assaltantes no bairro da Enseada. O caso foi registrado como roubo qualificado na delegacia sede do município e é investigado pela Polícia Civil. Ninguém foi preso até o momento. Morador de Jundiaí (a 134 km de São Paulo), Luigi Giacomazzi dirigia um Volkswagen Polo acompanhado da mulher, a estudante de nutrição Tamires Cerasuolo, e de um amigo, quando um veículo preto aproximou-se fechando a passagem pela rua. Na sequência, um homem desceu do veículo e apontou uma arma em sua direção. Na tentativa de escapar, Giacomazzi engatou a marcha à ré, mas acabou sendo atingido pelos disparos e capotou o carro. Os dois passageiros que estavam com ele escaparam com vida, sendo encaminhados para a UPA (unidade de pronto atendimento) próxima ao local, onde permaneceram durante a madrugada de domingo (30) sob cuidados médicos. “Aos policiais militares, Tamires não deixou claro como saiu do veículo antes que o mesmo capotasse, mas apresentava diversas escoriações”, diz um trecho o boletim de ocorrência. A estudante contou que abriu a porta do carro e se jogou ao ouvir os disparos de arma de fogo. Somente depois viu o marido dentro do veículo. Em nota, a SSP (Secretaria de Segurança Pública) informou que o óbito de Giacomazzi foi constatado ainda no local. Ele deixa, além da esposa, uma filha de três anos. “Estou destruída. Mesmo com idas e vindas foram seis anos de histórias, de amor. Em uma tentativa de assalto o cara atirou na sua cabeça e capotamos no carro. A partir daí foi que perdi o homem da minha vida, o homem que largou tudo pra ir comigo pra Austrália, que cresceu comigo, deixou de ser menino para ser um pai de família, que amava e nos defendia mais do que tudo”, disse ela em publicação nas redes sociais. “Não tenho palavras pra descrever o sentimento de agora. Não sei como vou acordar sem você ao meu lado, não sei como vou dizer pra Maitê. Só sei que te amarei além da vida”, acrescenta no fim. De acordo com a SSP (Secretaria de Segurança Pública), o carro utilizado pelos assaltantes havia sido roubado minutos antes, na Vila Júlia, bairro próximo ao local. Segundo o proprietário do veículo roubado, quando reduziu a velocidade em razão de poças de água, acabou sendo abordado e precisou entregar o carro. Também pelas redes sociais, o pai de Luigi Giacomazzi desabafou, enquanto amigos lamentaram a perda do amigo. “Você é e sempre foi um moleque incrível, sorridente, alegre, que animava a todos”, escreveu um deles. O enterro ocorreu na manhã desta segunda-feira (31), no cemitério da Quarta Parada, localizado na zona leste de São Paulo. Em nota, a prefeitura de Guarujá disse lamentar profundamente o ocorrido e que se solidariza com a família e amigos da vítima. O município explica ainda que a Guarda Civil Municipal realiza patrulhamentos constantes por toda a cidade com efetivo de 328 agentes. A gestão também menciona que, desde 2017, uma série de ações e melhorias foram feitas para aumentar a segurança, como a instalação de mais de 13 mil pontos de iluminação e novas câmeras de monitoramento. Fonte:https://jornaldebrasilia.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário