PREVENÇÃO É A MAIOR PROTEÇÃO

PREVENÇÃO É A MAIOR PROTEÇÃO
PREVENÇÃO É A MAIOR PROTEÇÃO

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2022

Padre deixa igreja nos EUA após erro que invalidou milhares de batismos

Como o batismo é o primeiro de todos os sacramentos, algumas pessoas provavelmente precisarão repetir outros sacramentos, como o casamento Um padre do estado do Arizona, nos EUA, renunciou ao cargo em sua paróquia após uma investigação mostrar que os batismos celebrados por ele durante 20 anos eram inválidos. O reverendo Andres Arango, da paróquia de São Gregório, em Phoenix, usou a frase “Nós te batizamos em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo” em milhares de celebrações ao longo de duas décadas, explicou o bispo da região, Thomas J. Olmsted, em uma carta pública. O problema está no plural: o correto, segundo a Igreja, é “Eu te batizo”. “Não é a comunidade que batiza uma pessoa. É Cristo, e apenas Cristo, que preside todos os sacramentos”, escreveu Olmsted. De acordo com o bispo, o Vaticano alertou recentemente que os batismos não são válidos quando a fórmula é mudada para “Nós te batizamos” e que “mesmo padres não podem adicionar, remover ou mudar nada na liturgia por conta própria”. Olmsted afirma na carta que não acredita que o padre Arango tenha cometido o erro de forma intencional. Arango renunciou ao cargo no dia 1º de fevereiro. Ele escreveu uma carta aos fiéis pedindo desculpas pelo transtorno causado. “Me entristece saber que realizei batismos inválidos durante todo o meu ministério como sacerdote, usando regularmente uma fórmula incorreta. Lamento profundamente meu erro e como isso afetou muitas pessoas”, escreveu, acrescentando que vai se dedicar “em tempo integral a ajudar a remediar o ocorrido”. O bispo Olmsted pediu que os fiéis batizados por Arango procurem a diocese para receber orientações. Como o batismo é o primeiro de todos os sacramentos, algumas pessoas provavelmente precisarão repetir outros sacramentos, como o casamento. Fonte:https://jornaldebrasilia.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário