PREVENÇÃO É A MAIOR PROTEÇÃO

PREVENÇÃO É A MAIOR PROTEÇÃO
PREVENÇÃO É A MAIOR PROTEÇÃO

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2022

MULHER É ATINGIDA NA CABEÇA POR TIRO DISPARADO PELO REVÓLVER DO MARIDO

Um mulher, de 36 anos, foi atingida na cabeça por um tiro disparado pelo revólver do marido, em Rio Verde, região sudoeste de Goiás. A Polícia Militar disse que companheiro dela alegou ser um tiro acidental enquanto a arma estava em um balcão na casa deles. A Polícia Civil investiga o caso. O advogado de Josias Elias de Araújo Neto disse à TV Anhanguera que acidentalmente houve o disparo de arma de fogo que atingiu a esposa. E que o cliente não possui antecedentes criminais, que está cuidando de todas as questões para que sua esposa se recupere e que a família está muito abalada com o ocorrido. O caso aconteceu na noite do último sábado (12). A vítima foi levada para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade em estado gravíssimo, e depois foi transferida para um hospital particular. Como o nome da paciente não foi divulgado, o g1 não conseguiu descobrir o estado de saúde dela até a última atualização dessa reportagem. À TV Anhanguera, a Polícia Militar informou que chegou ao local após um patrulhamento no bairro Dona Ilza, onde uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) realizava o atendimento da vítima. Conforme a corporação, o marido disse que o disparo aconteceu após ele pedir a esposa para pegar a arma e levar até ele. Depois, ele decidiu testar o revólver com um disparo para 'o alto' e em seguida, colocou a arma em um balcão, foi quando ela disparou de forma acidental e atingiu a cabeça da esposa. Segundo a polícia, a arma é legal e tem registro, mas o homem pode responder por disparo de arma de fogo de forma dolosa em local com pessoas e lesão corporal culposa. A Polícia Civil disse que o marido foi preso e solto após pagar fiança depois uma decisão judicial. Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário