A CADA DIA, VIVEMOS MAIS PERTO DA VALPARAÍSO QUE QUEREMOS

A CADA DIA, VIVEMOS MAIS PERTO DA VALPARAÍSO QUE QUEREMOS
VALPARAÍSO QUE EU QUERO 27

sábado, 19 de fevereiro de 2022

Eleições 2022 --Com margem em votação, Cidadania aprova federação com PSDB

Partido senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE) votou entre federação com o PSDB ou PDT, de Ciro Gomes | Foto: reprodução
Decisão por união agora depende dos tucanos, mas a tendência é em prol da aliança Foi aprovada, neste sábado, 19, pelo diretório nacional do Cidadania, a federação com o PSDB. Apesar de ainda ser necessária a aprovação do próprio PSDB, a aliança entre as siglas deve levar reforço à campanha do governador de São Paulo, João Doria, à presidência da República. O movimento pode ainda fortalecer a indicação da senadora Eliziane Gama (Cidadania-MA) como vice na chapa do tucano. A votação no partido de Roberto Freire foi de segundo turno, quando os dirigentes tiveram que escolher entre o PSDB e o PDT, do presidenciável Ciro Gomes. O placar ficou com 56 a favor do PSDB, 47 com o PDT e sete abstenções. No entanto, a decisão de se federalizar, ainda deve ser aprovado pelos tucanos. Porém, a tendência é que os partidos estejam juntos nestas eleições. O PSDB, por meio de nota, informou que “os presidentes dos dois partidos, Roberto Freire e o tucano Bruno Araújo, vinham costurando o acordo em volta do nome de João Doria para Presidente da República. Este é o primeiro movimento formal de apoio de um partido na decisão do xadrez eleitoral para o Planalto em 2022. Conversas dos tucanos seguem com MDB e União Brasil”. Quanto ao processo de decisão, na avaliação do presidente nacional do Cidadania, Roberto Freire, o “debate foi democrático” e “respeitou a história do nosso e dos demais partidos que manifestaram interesse em uma federação”. Cabe ressaltar que pelas regras atuais da federação, criada no intuito de dar sobrevida a legendas pequenas com dificuldades de superar a cláusula de barreira, os partidos devem ficar unidos por quatro anos, como se fossem uma só agremiação. Na mesma reunião em que foi votada a possibilidade de federação, o diretório do Cidadania aprovou a data do dia 12 de março para a realização do Congresso Nacional do Cidadania, que irá eleger o novo corpo dirigente do partido. Por Nielton Soares dos Santos Fote:https://www.jornalopcao.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário