CAMPANHA ENTORNO GOIÁS

CAMPANHA ENTORNO GOIÁS
CAMPANHA ENTORNO GOIÁS

quarta-feira, 14 de fevereiro de 2024

Estados Unidos registram primeira morte por varíola do Alasca; entenda

 

Varíola do Alasca - (crédito: Departamento de Saúde do Alasca)

A doença rara é causada por um vírus do mesmo gênero da varíola; desde sua descoberta só seis pessoas foram contaminadas de acordo com o governo americano


Os Estados Unidos confirmaram o primeiro caso fatal de uma rara infecção da doença conhecida como Alaskapox (AKPV), a "varíola do Alasca", doença rara causada por um vírus do mesmo gênero da varíola. O óbito foi confirmado, na última sexta-feira (9/2), pelas autoridades norte-americanas. O idoso estava fazendo um tratamento contra câncer e por isso estima-se que seu sistema imunológico estava debilitado.

A doença foi descoberta em 2015 e tem pequenos mamíferos como principais vetores da doença, mas não se sabe ao certo como aconteceu a infecção que levou à morte do paciente.

De acordo com as autoridades de saúde norte-americanas, o paciente residia sozinho em uma área florestal e não relatou viagens recentes. Autoridades investigam se a doença foi contraída por arranhões de um gato de rua, que o idoso dizia cuidar.

O paciente notou um ferimento vermelho na axila em setembro do ano passado. Ele procurou atendimento médico e recebeu tratamento com antibióticos, mas não obteve melhora. Nas semanas seguintes, começou a sentir fadiga e dor no ombro. Em meados de novembro, ele foi hospitalizado e, em janeiro, morreu.

Este é o primeiro caso de varíola do Alasca registrado fora do interior do estado, o que pode indicar que o vírus está mais disseminado do que se imaginava. Apenas seis outros casos do vírus foram relatados às autoridades de saúde do estado desde o primeiro em 2015. Todos tiveram casos leves e se recuperaram.

Fonte:  https://www.correiobraziliense.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário