PREVENÇÃO É A MAIOR PROTEÇÃO

PREVENÇÃO É A MAIOR PROTEÇÃO
PREVENÇÃO É A MAIOR PROTEÇÃO

segunda-feira, 20 de maio de 2024

Suspeito de matar jovem com deficiência é preso

 

– Foto: Divulgação PCGO

Pâmela foi encontrada morta no dia 14 de março de 2024, às margens de uma represa no Residencial Campos Dourados. Ela apresentava sinais de violência graves


Osvaldo Pereira de Sousa, suspeito de ter matado a jovem Pâmela Carneiro de Araújo, de 19 anos, que tinha deficiência mental severa, foi preso nesta manhã de segunda-feira, 20, em cumprimento de um mandado de prisão temporária e de busca domiciliar por meio da Delegacia Estadual de Investigações de Homicídios (DIH).

Pâmela foi encontrada morta no dia 14 de março de 2024, às margens de uma represa no Residencial Campos Dourados, em Goiânia. O corpo da jovem apresentava sinais de violência grave.


Após semanas de investigação, a DIH conseguiu imagens de câmeras de segurança que flagraram o momento em que Osvaldo aborda Pâmela na rua, oferece uma flor a ela e a convence a subir na garupa de sua motocicleta. Em seguida, ele a leva para o local onde o corpo foi encontrado.

Durante a operação de hoje, a equipe da DIH coletou material genético (DNA) de Osvaldo, que será comparado com material biológico encontrado sob as unhas da vítima.


Suspeito de matar jovem com deficiência é preso

Na busca domiciliar, foram apreendidas as roupas que o suspeito usava no dia do crime, seu celular, a moto e o capacete utilizados por ele no dia do assassinato.



– Foto: Divulgação PCGO

A divulgação da imagem e do nome de Osvaldo foi autorizada pela Justiça, com base na Lei nº 13.869/2019, portaria nº 02/2020 – PC, Despacho do Delegado Geral, nº 000010828006 e Despacho DIH/DGPC- 09555. As autoridades acreditam que a medida pode ajudar a identificar outras testemunhas do crime e até mesmo outras vítimas de Osvaldo.

Fonte:  https://www.dm.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário