PREVENÇÃO É A MAIOR PROTEÇÃO

PREVENÇÃO É A MAIOR PROTEÇÃO
PREVENÇÃO É A MAIOR PROTEÇÃO

terça-feira, 21 de maio de 2024

Ratinho diz que Forças Armadas deviam 'limpar o Rio Grande do Sul ao invés de pintar meio-fio'

 

O apresentador ainda criticou o governo pela criação de um ministério extraordinário para a reconstrução do estado.


Ratinho decidiu expor sua opinião sobe a reconstrução do Rio Grande do Sul (RS), assolado pelas chuvas torrenciais há quase 20 dias. Em entrevista ao colunista Léo Dias, o apresentador afirmou que as Forças Armadas deveriam fazer o trabalho pesado de limpeza e auxiliar diretamente a reerguer o estado.

“Acho que as forças armadas deviam entrar pra limpar, ao invés do soldado ficar lá pintando o meio-fio, no quartel, sem fazer nada, bota eles pra limpar lá, naquele monte de lenha, meter fogo pra limpar tudo e começar de novo”, disse.

Ratinho destacou que a população e o governo federal são responsáveis pela reconstrução do Rio Grande do Sul. “Quem vai concertar o RS. Ou via o governo federal, porque nós pagamos impostos. Vai pegar o dinheiro e vai consertar e, diretamente, também dá pra gente ajudar. Aí vai de cada um no que puder ajudar, independente do imposto que você já vai pagar”, declarou.

O apresentador ainda expressou seu descontentamento com a recente criação de um ministério extraordinário para apoiar o estado. Segundo ele, essa medida retira o poder do governador Eduardo Leite (PSDB).

“Achei que cometeram um erro em ter colocado um governo extraordinário lá. Deveria ter deixado o governante, o governador, resolver. Mandar as verbas para ele resolver. Colocar uma outra pessoa pra administrar essa tragédia é tirar o poder do governador, não achei justo”, afirmou.

Por fim, o comunicador ressaltou que a situação atual exige um esforço conjunto de todas as esferas governamentais: “Eu acho que agora é hora da entrada de todos os governadores, tem que entrar o Senado, Câmara, principalmente o Governo Federal pra ajudar”.

Fonte: https://www.dm.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário