A CADA DIA, VIVEMOS MAIS PERTO DA VALPARAÍSO QUE QUEREMOS

A CADA DIA, VIVEMOS MAIS PERTO DA VALPARAÍSO QUE QUEREMOS
VALPARAÍSO QUE EU QUERO 27

segunda-feira, 23 de maio de 2022

Peças arredondadas e com curvas têm sido aposta forte na decoração

Foto:Júlia Tótoli/Divulgação Neste projeto da Traama Arquitetura, banheira e espelho arredondados deixam local mais leve
Os móveis arredondados estão tomando conta dos ambientes. Veja como combiná-los de maneira harmônica e elegante O que você considera indispensável no momento de organizar o mobiliário do lar? Se a resposta é aconchego, investir em móveis curvos e orgânicos pode ser uma ótima escolha. Isso porque seus elementos oferecem a sensação de conforto à casa, proporcionando fluidez e melhor circulação, quando bem posicionados. Mas, nem por isso, praticidade e beleza ficam de fora. O segredo está na harmonia. Para a design de interiores e diretora comercial do Galpão Casa em Movimento, Elma Sousa, mobiliários de formatos arredondados podem ser inseridos em qualquer lugar da casa, tanto em ambientes externos quanto internos. O mais importante é saber equilibrá-los em suas formas e proporções, usando combinações de linhas curvas com linhas retas, que têm como resultado ambientes elegantes e funcionais. Os artigos de decoração não ficam para trás, já que, quando têm formatos, texturas e materiais que remetem à natureza, quebram o sentimento de rigidez e trazem leveza. Foto:Reprodução/Pinterest A pintura curvilínea e o relógio redondo formam uma decoração moderna
Foto:Lez Arquitetura/Divulgação Neste projeto da Lez Arquitetura, curvas e retas ajudam a compor o ambiente
Foto:Júlia Tótoli/Divulgação O uso de mesas arredondadas dá um ar de leveza à sala de jantar
Foto:Lez Arquitetura/Divulgação O sofá e a mesa de centro curvilíneos dão o tom da decoração do espaço
Entre os exemplos que apresenta, a profissional sugere usar uma mesa de jantar com forma curva no lugar de uma tradicional com linhas retas, que otimiza os espaços e melhora o conforto; inserir um sofá arredondado na sala, visando alterar a comunicação do local e criar um design mais informal, com destaque estratégico a esse elemento; posicionar, acima de um móvel reto, um espelho de geometria ondulada remetendo às formas da natureza; e incluir estantes em formatos curvos, que podem servir também como divisores de ambientes. Já para a arquiteta Gabriella Chiarelli, da Lez Arquitetura, esse planejamento depende do contexto geral do lar. Se a casa já foi reformada e há a busca por um toque diferente, é mais fácil complementar a decoração com elementos soltos, como espelhos, tapetes, almofadas e até quadros. No caso de um novo projeto, as possibilidades para apostar em móveis como aparadores, poltronas e até sofás é maior e têm mais chances de dar certo. "É necessário ter cautela com a tendência. Se o seu espaço já conta com muitos componentes, sugiro colocarmos em detalhes sutis. Agora, se a base for neutra, pode se jogar e escolher até desenhos feitos com pinturas de painéis nas paredes", explica. Quanto à combinação de estilos, vale escolher um que seja predominante para o espaço e apostar em complementos de modelos diferentes para compor a decoração. O minimalismo, por exemplo, tem se mostrado presente na linguagem dos produtos, com linhas contínuas e tecidos uniformes com textura. Para as paredes, é possível criar padrões de pinturas, como parte da composição, utilizando cores mais neutras ou vibrantes — esse pode, inclusive, ser um ótimo artifício para espaços alugados e que não permitem mudanças estruturais. Um pouco sobre as referências Entre as inspirações encontradas na produção dos móveis arredondados, a mais predominante é, primeiramente, a expressão da Art Nouveau e, depois, da Art Deco, dos anos 1920. Em seguida, como explica Elma Sousa, houve uma explosão nacional do design curvilineio, acompanhado de cores vibrantes e pés estilo palito, por volta de 1970. "Hoje, essa tendência vem de forma bem mais humanizada, partindo da necessidade do indivíduo em se relacionar com o seu espaço. Esses elementos podem ser simples, mas também bastante elegantes", esclarece. Fonte:https://www.correiobraziliense.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário