UM NOVO TEMPO

UM NOVO TEMPO
+ DE 40 ATENDIMENTOS PEDIÁTRICOS

quinta-feira, 28 de julho de 2022

MDB oficializa Simone Tebet como candidata ao Palácio do Planalto

Apesar da confirmação, há ala no partido que defende apoio à candidatura de Lula. Foto: Reuters--
Ainda não há definição de quem será o vice na chapa Mesmo sem consenso interno e ainda sem a definição para o vice na chapa, a senadora Simone Tebet foi oficializada para concorrer ao Palácio do Planalto pelo MDB nas eleições de outubro. O nome dela foi confirmado pelo partido na convenção nacional que foi realizada de forma virtual em Brasília nesta quarta-feira (27). Foram 262 votos a favor e 9 contrários à indicação. Em uma mensagem na internet, PSDB e o Cidadania também confirmaram o apoio à candidatura de Simone Tebet, decisão essa que foi tomada de forma unanimidade na convenção nacional da Federação dos dois partidos. Como o senador tucano Tasso Jereissati continua dando sinais de que vai rejeitar o convite para ser o vice da chapa, aumentam as chances de uma chapa totalmente feminina, com a senadora Eliziane Gama, do Cidadania, para ocupar o cargo. Na convenção, o ex-presidente Michel Temer defendeu a candidatura da senadora, que somente o partido pode trazer pacificação ao país, mas cobrou uma defesa das medidas adotadas por ele enquanto estava no cargo, como a reforma trabalhista e o do ensino médio. Apesar da confirmação do nome de Tebet, existe um racha no MDB. Uma ala do partido defende a indicação da senadora, mas outra faz campanha ao ex-presidente Lula. Uma terceira ainda quer a reeleição de Jair Bolsonaro. Para evitar que o nome de Tebet fosse rejeitado, o presidente do partido, Baleia Rossi, se comprometeu a liberar os estados para fazerem campanha para o candidato que quiserem. Além do MDB, PSDB e Cidadania, o Progressistas também decidiu anunciar o posicionamento nas eleições de outubro. No entanto, o PP vai apoiar à reeleição do presidente Jair Bolsonaro. O prazo para as convenções partidárias para confirmar os nomes na disputa deste ano segue até o dia 5 de agosto. Além de Tebet, até agora, Ciro Gomes, do PDT, Lula, do PT, André Janones, do Avante, e Jair Bolsonaro, do PL, Leonardo Péricles, da UP, já tiveram os nomes confirmados para a disputa presidencial. Fonte:https://www.band.uol.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário