A CADA DIA, VIVEMOS MAIS PERTO DA VALPARAÍSO QUE QUEREMOS

A CADA DIA, VIVEMOS MAIS PERTO DA VALPARAÍSO QUE QUEREMOS
VALPARAÍSO QUE EU QUERO 27

domingo, 12 de junho de 2022

Secretaria de Saúde recomenda uso de máscaras em escolas do DF

Foto:Minervino Júnior/CB/D.A.Press
Centro de Operações de Emergências emitiu uma nota recomendando a utilização de máscaras nas escolas públicas e privadas do Distrito Federal O Centro de Operações de Emergências em Saúde Pública (COE) emitiu uma nota recomendando o uso de máscaras dentro das escolas públicas e privadas do Distrito Federal. A Secretaria de Saúde do DF (SES-DF) confirmou a informação ao Correio, na noite deste sábado (11/6). “A calamidade acabou, mas as medidas de enfrentamento da doença COVID-19, não”, disse a secretaria por meio de nota. A orientação está de acordo com o cenário negativo que a capital do país tem apresentado nos últimos dias. Com o aumento de casos positivos e altos índices da taxa de transmissão, a pasta responsável reitera que não existem leis que obriguem os cidadãos a utilizarem máscaras faciais nos ambientes educacionais. Porém, a recomendação da SES continua para a sociedade. “A Vigilância Sanitária da Secretaria de Saúde informa que no que se refere a exigência legal, a pasta não pode obrigar o cidadão comum e os alunos das escolas a usar, contudo, tecnicamente, é recomendado o uso da máscara. Apesar da menor letalidade devido a cobertura vacinal, o DF vive uma onda crescente no número de contaminados, com taxa de transmissão acima de 1”, disse o texto. Cenário A pasta também divulgou um comunicado sobre a obrigatoriedade das máscaras aos trabalhadores. “Para trabalhadores ainda temos o artigo 1º da lei 6559/20. Ficam obrigados a utilizar máscaras de proteção, em seus ambientes de trabalho, os funcionários, servidores e colaboradores, em especial aqueles que prestem atendimento ao público, dos estabelecimentos públicos, industriais, comerciais, bancários, rodoviários, metroviários e de transporte de passageiros nas modalidades pública e privada, no âmbito do Distrito Federal, em funcionamento e operação durante o período de ações de enfrentamento ao novo coronavírus, causador da COVID-19”, concluiu o texto da secretaria. Pelo sexto dia consecutivo, a taxa de transmissão da covid-19 no Distrito Federal registrou aumento e atingiu, na última sexta-feira (10/6), o patamar mais alto desde 27 de janeiro: 1,80. O índice mostra que 100 moradores do DF infectados com o vírus podem transmiti-lo a outras 180 pessoas, em média. O aumento contínuo na taxa de transmissão mostra o descontrole da pandemia no DF. Autoridades sanitárias apontam que o índice, obtido pelo cálculo da média móvel de casos, deve permanecer abaixo de 1 para ter a certeza de que o avanço da doença está sendo mitigado. De acordo com o boletim publicado pela SES-DF, até às 17h da última sexta-feira (10/6), foram registrados 3.991 novos casos no DF. Fonte:https://www.correiobraziliense.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário