A CADA DIA, VIVEMOS MAIS PERTO DA VALPARAÍSO QUE QUEREMOS

A CADA DIA, VIVEMOS MAIS PERTO DA VALPARAÍSO QUE QUEREMOS
VALPARAÍSO QUE EU QUERO 27

domingo, 19 de junho de 2022

Perícia confirma que restos mortais encontrados são de Bruno Pereira

Foto: Reprodução/Redes sociais
Perícia também apontou que Dom e Bruno morreram baleados A Polícia Federal confirmou, nesta sábado (18/6), que parte dos restos mortais encontrados na região do Vale do Javari, no Amazonas, são do indigenista Bruno Pereira. A identificação do jornalista britânico Dom Phillips já tinha sido confirmada nesta sexta (17/6). Os corpos dos dois foram identificados com base na arcada dentária. Nesta sexta, um exame papiloscópico, de impressões digitais, também complementou a identificação de Dom Phillips. De acordo com a PF, não há indicativos de presença de restos mortais de outras pessoas em meio ao material coletado. A perícia também concluiu que Dom Phillips foi morto com um tiro no tórax e Bruno Pereira por três, na cabeça e no tórax. A munição usada foi "típica de caça, com múltiplos balins". A PF informou que "os trabalhos dos peritos do Instituto Nacional de Criminalística, nos próximos dias, serão concentrados nos exames de Genética Forense, Antropologia Forense e métodos complementares de Medicina Legal, para identificação completa dos remanescentes e compreensão da dinâmica dos eventos". Três pessoas estão presas suspeitas de envolvimento no crime. Na quarta, Amarildo da Costa Oliveira, conhecido como "Pelado" confessou os assassinatos e apontou o local onde estavam depositados os corpos. Além dele, estão presos o irmão dele, Oseney da Costa de Oliveira, e Jeferson da Silva Lima, conhecido como "Pelado da Dinha", que foi preso na manhã deste sábado. Dom e Bruno desapareceram no dia 5 de junho enquanto percorriam uma viagem de duas horas no Vale do Javari, no oeste do Amazonas. A região é conhecida por abrigar a maior quantidade de indígenas não-contatados do mundo. A reserva tem sofrido com constantes conflitos com criminosos que tentam explorar as riquezas da região. Fonte:https://www.correiobraziliense.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário