TÚNEL DE TAGUATINGA

TÚNEL DE TAGUATINGA
O FUTURO PASSA POR AQUI

segunda-feira, 22 de novembro de 2021

Suspeito de matar a esposa grávida a facadas em Luziânia é preso

karollayne Barbosa estava no 6º mês de gestação e foi atingida na barriga e no peito, chegou a ser socorrida, mas ela e o bebê morreram na UPA, segundo a PM. Imagem mostra prisão do suspeito. Um homem, que não teve a identidade revelada, foi preso em flagrante suspeito de matar a facadas a esposa grávida de seis meses, em Luziânia, no Entorno do Distrito Federal. De acordo com a Polícia Militar, karollayne Barbosa de Castro Ramos, de 22 anos, foi atingida na barriga e no peito. Um vídeo mostra o momento em que o suspeito foi detido. Como o nome do suspeito não foi divulgado, o g1 não conseguiu localizar a defesa dele para que se posicionasse até a última atualização desta reportagem. O crime aconteceu na noite de sábado (20). De acordo com o sargento Otaviano Freitas Evangelista, o casal estava em um carro com mais três pessoas voltando de um bar, quando o suspeito, que era o condutor do veículo, acabou se envolvendo em um acidente. O policial informou que houve uma briga no local entre o suspeito e o condutor do outro carro atingido. O sargento disse que os dois motoristas conseguiram se resolver, mas após isso, o suspeito começou a discutir com a esposa. A PM informou que, durante a confusão, o suspeito pegou uma faca que tinha dentro do seu carro e atingiu a esposa duas vezes a deixando com a faca cravada no peito. Após isso, ele fugiu do local. A mulher chegou a ser socorrida pelo Corpo de Bombeiros, mas ela e o bebê morreram na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade, conforme informou o policial. A corporação disse ainda que uma prima, que estava no veículo com o casal, contou que os dois estavam juntos há cerca de um ano, mas que vivia um relacionamento bastante conturbado. A familiar da vítima disse aos policiais que o filho que ela esperava era do suspeito e que, além desse bebê, ela tinha outros dois filhos de outro relacionamento. Prisão A PM informou que, após o ocorrido, começou a fazer buscas na região até chegar à casa da avó dele. Quando a equipe chegou, o suspeito teria corrido para um lote aos fundos da casa. Durante as buscas a corporação conseguiu encontrá-lo escondido em cima de uma árvore, onde foi dada voz de prisão, momento em que ele confessou o crime aos policiais. O suspeito foi detido e levado à delegacia da cidade. A Polícia Civil vai investigar o crime e ele deverá responder por feminicídio. Por A VERDADE

Nenhum comentário:

Postar um comentário