A CADA DIA, VIVEMOS MAIS PERTO DA VALPARAÍSO QUE QUEREMOS

A CADA DIA, VIVEMOS MAIS PERTO DA VALPARAÍSO QUE QUEREMOS
VALPARAÍSO QUE EU QUERO 27

quarta-feira, 13 de abril de 2022

Homem empresta apartamento a amigo e encontra mulher morta a facadas e com travesseiro no rosto; suspeito é preso

Foto: Reprodução/TV Globo
Nessa segunda-feira, 11, uma mulher foi encontrada morta em cima da cama em um apartamento em Paulista, no Grande Recife Nessa segunda-feira, 11, uma mulher foi encontrada morta em cima da cama em um apartamento em Paulista, no Grande Recife. Segundo a Polícia Civil, ela estava com o rosto coberto por um travesseiro e tinha marcas de facada pelo corpo. Um homem, com quem ela teria tido um relacionamento, foi preso em flagrante por feminicídio. Segundo o delegado do caso Sérgio Ricardo, o corpo foi encontrado em cima da cama pelo dono do local, que fica no segundo andar de um prédio no bairro de Arthur Lundgren II. Esse homem contou para a polícia que emprestou, por R$ 50, o imóvel a um amigo que queria se reconciliar com a companheira, porém ao chegar no apartamento, não encontrou o conhecido e a porta está trancada. “Ele teve de arrombar a porta com ajuda de terceiros e encontrou o corpo deitado, despido na cama em um dos quartos do imóvel. A vítima tinha várias lesões de arma branca”, disse Sérgio Ricardo. Na madrugada de domingo, 10, para segunda, testemunhas relataram para os policiais terem ouvido gritos de uma mulher pedindo socorro e barulhos, mas não interferiram e não sabiam precisar se seria a vítima. A Polícia Civil só foi acionada no final da tarde da segunda-feira, 11, quando o proprietário encontrou a mulher morta. A perícia constatou diversas lesões nas costas, tórax, braços e também rosto da vítima, que possivelmente se chama Ana Lúcia, segundo o Sérgio Ricardo. “A vítima sofreu bastante violência, com várias lesões de arma branca. […] Depois do ocorrido, ele fugiu do local”, declarou. No apartamento, os investigadores encontraram indícios que a mulher bebeu e preparou uma refeição, tendo passado a noite e, possivelmente, madrugada com o suspeito. Além disso, a chave da casa do homem foi localizada no imóvel, assim como roupas íntimas dele. A investigação aponta que o homem, que não teve o nome divulgado, mora a cerca de 15 metros do apartamento onde ocorreu do crime, mas fugiu para um depósito de recicláveis localizados na Avenida Claudio Gueiros, no bairro de Pau Amarelo, aonde foi preso em flagrante. “Ele não confessa o crime, está muito reticente. […] Ele se reservou o direito de permanecer em silêncio e só falar em juízo. No entanto, todos os indícios apontam a autoria”, afirmou o delegado. Após ser preso, ele foi encaminhado para o Departamento De Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP), no bairro do Cordeiro, no Recife. O delegado pediu a prisão preventiva dele, mas aguardava a reposta da audiência de custódia. Fonte:https://jornaldebrasilia.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário