A CADA DIA, VIVEMOS MAIS PERTO DA VALPARAÍSO QUE QUEREMOS

A CADA DIA, VIVEMOS MAIS PERTO DA VALPARAÍSO QUE QUEREMOS
VALPARAÍSO QUE EU QUERO 27

quarta-feira, 6 de abril de 2022

Sistema Produtor Corumbá entrega água tratada a mais de 1,3 milhão de pessoas em Goiás e no Distrito Federal

Entre os maiores empreendimentos de saneamento do País, complexo operado pela Saneago e Caesb planeja dobrar capacidade para acompanhar crescimento econômico e populacional de municípios goianos do Entorno e Região Sul do DF
O Sistema Produtor Corumbá, um dos maiores empreendimentos do setor de saneamento no País, entra em operação nesta quarta-feira (06/04), em Valparaiso de Goiás. O empreendimento beneficia, nesta primeira fase, cerca de 1,3 milhão de pessoas em Goiás e no Distrito Federal. A solenidade oficial de entrega será realizada na Estação de Tratamento de Água em Valparaíso, com a presença dos governadores Ronaldo Caiado (Goiás) e Ibaneis Rocha (Distrito Federal). A obra é uma parceria entre as unidades federativas, sob a gestão da Companhia de Saneamento de Goiás (Saneago) e da Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb). O sistema amplia o abastecimento de água tratada nos municípios goianos de Luziânia, Valparaíso de Goiás, Cidade Ocidental e Novo Gama, que já contavam com atendimento universalizado. No Distrito Federal, a região Sul é beneficiada pela obra, que garante a distribuição regular inclusive no período de estiagem. Além disso, o sistema está preparado para o aumento de demanda, uma vez que foi planejado para acompanhar o crescimento econômico e populacional dos municípios de toda a região, que está entre as que mais crescem no Brasil. A primeira etapa da obra, que conta com investimentos superiores a R$ 440 milhões, apresenta capacidade de produção de 2.800 litros por segundo de água tratada – distribuídos entre a Saneago e a Caesb. Os custos e ações operacionais foram divididos entre os governos do Distrito Federal e de Goiás.
Como funciona? A implantação foi realizada pelo Consórcio Corumbá, firmado entre a Saneago e a Caesb. Ao todo, foram construídos: Estação de Tratamento de Água, Estação Elevatória de Água Bruta, 27,7 quilômetros de adutora, 38 quilômetros de linha de transmissão e subestações de energia elétrica. A água é captada no Lago Corumbá IV; passa pela Estação Elevatória de Água Bruta, na cidade de Luziânia; segue caminho, por meio de adutoras, até a Estação de Tratamento de Água, localizada em Valparaíso; e, depois de tratada, é encaminhada por meio de redes de distribuição para os imóveis. Ao trazer segurança hídrica para as cidades atendidas, a obra possibilita o desligamento de poços tubulares na região, que frequentemente geram problemas de desabastecimento e questões de baixa qualidade de água. O Sistema Produtor Corumbá pode colaborar com a melhoria desses indicadores operacionais, como: qualidade e eficiência. O objetivo geral da obra é buscar maior eficiência e a entrega de melhores resultados. O sistema pode ser ampliado para a vazão de 5.600 litros por segundo, dobrando a população beneficiada.
Histórico O atendimento do Entorno Sul de Goiás é um antigo projeto da Saneago iniciado em 1989 com o nome de “Sistema de Abastecimento de Água Grande Luziânia”. O investimento da Saneago era estimado à época em R$ 24 milhões até ano de 2003. O projeto entrou em ação, porém a captação do Lago Corumbá foi inundada no ano de 2005 devido a implantação da barragem. Mesmo com o prejuízo e com o processo frustrado, a Companhia voltou a fazer novo planejamento para o atendimento de uma das regiões que mais cresce no país. Sendo assim, o Sistema Produtor de Água Corumbá, foi concebido na configuração atual, para equacionar o problema de abastecimento público de água da região do Entorno Sul de Brasília e parte do Distrito Federal, em uma ação conjunta entre a Saneago e Caesb. A concepção atual foi idealizada no ano de 2006. Fotos: Divulgação/Saneago Secretaria de Comunicação - Governo de Goiás

Nenhum comentário:

Postar um comentário