TÚNEL DE TAGUATINGA

TÚNEL DE TAGUATINGA
O FUTURO PASSA POR AQUI

domingo, 5 de dezembro de 2021

Wanderson Mota confessou ter matado um homem aos 13 anos no Maranhão

Foto:(Foto:Divulgação)
Durante depoimento prestado na manhã deste sábado (4), Wanderson Mota, de 21 anos, confessou ter matado um homem no Maranhão, quando ele tinha 13 anos. Além disso, ele é apontado como autor de um triplo homicídio na cidade de Corumbá de Goiás no último final de semana. Wanderson teria matado a esposa grávida de 19 anos, a enteada de 2 anos e um fazendeiro de 73 anos. O caseiro se entregou à polícia na manhã deste sábado. De acordo com a Polícia Civil de Goiás (PCGO), Wanderson contou que, aos 13 anos, namorava uma adolescente no Maranhão. Até que um determinado dia, a namorada teria sido agredida pelo tio. Não gostando da situação, Wanderson Mota chamou a atenção do familiar e pediu para que ele parasse de bater na garota. Ainda segundo a polícia, Wanderson Mota relatou que o tio da adolescente pediu para ele ficar quieto, ou caso contrário ele o mataria. Wanderson, então, pegou uma faca e assassinou o rapaz. Logo após o crime, Wanderson fugiu para Goianápolis (GO), onde morava com parentes. A polícia define o caseiro como ”frio e dissimulado”, Durante cinco dias, as forças de segurança do estado se mobilizaram para capturar o criminoso. O Secretário de Segurança Pública de Goiás (SSP-GO), Rodney Miranda, explica que, Wanderson negou ter trocado tiros durante a fuga e ainda confirmou ter ido à fazenda onde pediu emprego aos trabalhadores que cuidavam de uma estufa de pimentões, em Mocambinho, distrito de Gameleira de Goiás. Portanto, neste sábado (4), Wanderson Mota teria aparecido em outra fazenda da região, e Cinda Mara Siqueira o convenceu a se entregar. De acordo com o delegado-chefe da 3ª Delegacia Regional de Polícia (DRP), Vander Coelho, todos os bens que estavam com Wanderson foram apreendidos, inclusive um aparelho celular. Fonte:https://diariodegoias.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário