A CADA DIA, VIVEMOS MAIS PERTO DA VALPARAÍSO QUE QUEREMOS

A CADA DIA, VIVEMOS MAIS PERTO DA VALPARAÍSO QUE QUEREMOS
VALPARAÍSO QUE EU QUERO 27

quinta-feira, 30 de dezembro de 2021

Ômicron já representa 31% dos casos de covid-19 no Brasil, mostra levantamento

Foto:(crédito: Phill Magakoe/AFP)
Variante foi detectada em oito estados brasileiros, entre 1 e 25 de dezembro, de acordo com monitoramento divulgado pelo Instituto Todos pela Saúde O avanço da variante ômicron do novo coronavírus tem preocupado autoridades sanitárias em todo o mundo. No Brasil, ela já representa 31,7% dos casos confirmados da covid-19. Os dados são de um levantamento feito pelo Instituto Todos Pela Saúde. Segundo a análise técnica, dos 16 estados que enviaram amostras, 8 tiveram casos confirmados da variante no período entre 1º e 25 de dezembro. A pesquisa, divulgada nesta quarta-feira (29/12), usou 30,4 mil resultados de amostras enviados pelos laboratórios DB Molecular e Dasa. O método escolhido para a coleta foi o exame RT-PCR, no qual é colhida a secreção nasal dos pacientes. O relatório destaca que o índice de resultados positivos foi considerado baixo (2,1%) e que esse dado é positivo do ponto de vista do controle da pandemia no Brasil, de forma geral. Foto:Série histórica do levantamento criada pelo Instituto Todos pela Saúde (foto: Instituto Todos pela Saúde/Divulgação)
Mesmo assim, os cientistas alertam para a alteração na prevalência da variante Ômicron, que é mais transmissível. Embora a média geral esteja em um patamar aceitável para o momento, ela passou de 40% em alguns dias do período observado e chegou a 70% em 25 de dezembro. Para os autores do monitoramento, esse é um indício de que se precisa seguir atento e manter as medidas de proteção sanitária, como o uso de máscara e o distanciamento social. Isso tendo em vista, especialmente, a atual epidemia de gripe H3N2 no Brasil. Os dois vírus somados, podem levar a um novo colapso do atendimento médico-hospitalar, ainda que sejam menos letais que o coronavírus original. Fonte:https://www.correiobraziliense.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário