TÚNEL DE TAGUATINGA

TÚNEL DE TAGUATINGA
O FUTURO PASSA POR AQUI

quarta-feira, 19 de janeiro de 2022

Esposa de suspeito de matar pastora ganha medida protetiva por ser ameaçada

Foto:Reprodução/ rede social
A pastora foi agredida e morta por Matheus na igreja Assembleia de Deus, nesta sexta-feira (14) Beatriz Souza redacao@grupojbr.com A esposa do suspeito de matar a pastora Odete Rosalina da Costa, de 79 anos, ganhou uma medida protetiva contra ele na Justiça, em Goiânia. Casada com Matheus Macaubas, de 22 anos, há cinco anos, ela afirmou que ele teve um surto psicótico e tentou matar a ela e sua filha, em Goiânia. Ela afirmou a Justiça que ele a ameaçou de morte, a agrediu e danificou o seu carro. A pastora foi agredida e morta por Matheus na igreja Assembleia de Deus, nesta sexta-feira (14). Ela era mãe do cantor gospel que já ganhou um grammy, Delino Marçal. O suspeito foi preso em flagrante, passou por audiência de custódia e teve a prisão mantida pela Justiça. “Ele chegou a casa por volta de 21h, dormiu e acordou às 2h, surtado, tentou matar a esposa e a filha da esposa, que é de um relacionamento anterior. Possivelmente ele fez um uso prolongado de drogas durante a noite”, explicou o delegado André Veloso. A Polícia Civil apurou que o suspeito, invadiu o templo e começou uma briga com um homem. Depois, ele agrediu a pastora com um objeto de metal que ele arrancou do portão do local e fugiu. Ele foi preso em flagrante. Odete foi enterrada no sábado (15). O filho dela, Denilo Marçal, se emocionou na despedida: “Além de incentivadora, minha mãe era uma pessoa que me inspirava. Quando eu compartilhava um coisa ruim, ela tinha sempre um pensamento positivo. Tinha uma palavra amiga e um ombro amigo para a gente chorar”. Foto:Reprodução\ Polícia Civil
Fonte:https://jornaldebrasilia.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário