TÚNEL DE TAGUATINGA

TÚNEL DE TAGUATINGA
O FUTURO PASSA POR AQUI

quarta-feira, 26 de janeiro de 2022

Agência Goiana de Assistência Técnica, Extensão Rural e Pesquisa Agropecuária (Emater):Criação de peixes é oportunidade para agricultura familiar

Na primeira live do ano, última quarta-feira (19), transmitida pelo programa Emater ao Vivo, Francisco Cabral Neto falou sobre construção de viveiros para piscicultura. “É preciso produzir e disponibilizar os peixes que o mercado está necessitando”, afirma. Durante a palestra, foi apresentada diferentes técnicas empregadas pela piscicultura A Agência Goiana de Assistência Técnica, Extensão Rural e Pesquisa Agropecuária (Emater), retomando o Emater ao Vivo, série de encontros semanais realizada pelo canal da instituição no YouTube, transmitiu na última quarta-feira (19) a palestra sobre construção de viveiros para criação de peixes. O primeiro encontro do ano contou com a participação do técnico e mestre em Aquicultura Continental, Francisco Cabral Neto. Durante a palestra, o profissional apresentou diferentes técnicas empregadas pela piscicultura direcionadas aos produtores rurais que possuem interesse em implementar a criação de peixes em suas propriedades. O debate teve como mediadora a jornalista e assessora de comunicação da Emater, Fernanda Garcia. Segundo Cabral, o encontro foi importante, especialmente para os agricultores familiares, que podem colocar em prática os conhecimentos adquiridos para alavancar a produtividade de seus negócios rurais. “Nós temos muita disponibilidade de água em Goiás, por isso o planejamento e a definição de estratégias na construção de viveiros é de suma importância. É preciso produzir e disponibilizar os peixes que o mercado está necessitando”, explica. O palestrante mostrou ainda a variedade de peixes de água doce disponível para a atividade e adequada às características ambientais de Goiás. Ele também explanou sobre tecnologias que podem ser aplicadas de maneira barata a fim de maximizar o lucro. A apresentação pode ser conferida na íntegra no canal da Emater no YouTube. Fonte: Agência Goiana de Assistência Técnica, Extensão Rural e Pesquisa Agropecuária (Emater)

Nenhum comentário:

Postar um comentário