TÚNEL DE TAGUATINGA

TÚNEL DE TAGUATINGA
O FUTURO PASSA POR AQUI

sábado, 8 de janeiro de 2022

Covid-19: com mais 1.565 casos em 24h, taxa de transmissão chega a 1.66 no DF

Foto:(crédito: Ed Alves/CB/D.A Press)
A última vez que o Distrito Federal registrou alta de mais de 1,5 mil casos foi em 29 de março de 2021. Dados são do último boletim divulgado pela Secretaria de Saúde Pelo segundo dia consecutivo, o Distrito Federal ultrapassa mais de mil casos de covid-19 em 24h. De acordo com o último boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Saúde (SES-DF) nesta sexta-feira (7/1), foram notificados mais 1.565 ocorrências da doença na capital. Ao todo, já são 524.916 infectados desde o início da pandemia. A última vez que o DF registrou mais de 1,5 mil casos diário foi em 29 de março de 2021, quando houve uma nova onda de contaminações pelo novo coronavírus. Com as recentes ocorrências, a taxa de transmissão (Rt) disparou e chegou a 1.66. Ou seja, a cada grupo de 100 pessoas com o vírus infecta outras 166. Na quinta-feira (6/1), a taxa de transmissão estava em 1.45 - um aumento de 0.21 em 24h. Desde os primeiros meses da pandemia, em 2020, o Distrito Federal não registrava um índice tão alto de transmissão. Devido a alta de casos de covid-19, além do aumento da circulação do vírus da gripe o governo do DF cancelou as festas de carnaval deste ano. De acordo com decreto assinado pelo governador Ibaneis Rocha (MDB), fica cancelado todos os eventos carnavalescos públicos e privados. Mortes Segundo o último boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Saúde, o DF registrou mais três mortes ocasionadas por complicações do novo coronavírus. As vítimas eram residentes de Águas Claras, Gama e Sobradinho. Ao todo, 11.119 pessoas perderam a vida pela doença na capital desde o início da pandemia. Desse quantitativo, 959 são residentes de outros Estados, sendo que 825 residiam em Goiás. Fonte:https://www.correiobraziliense.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário