TÚNEL DE TAGUATINGA

TÚNEL DE TAGUATINGA
O FUTURO PASSA POR AQUI

sábado, 22 de janeiro de 2022

Pelo menos dois mortos e 16 feridos em explosão de bomba no Paquistão

Foto:(crédito: Arif ALI / AFP)
"Até agora nenhum grupo reivindicou a responsabilidade por este ataque", informou a porta-voz da polícia de Lahore Lahore, Paquistão- Pelo menos duas pessoas morreram e 16 ficaram feridas nesta quinta-feira (20) na explosão de uma bomba em um bairro comercial de Lahore (leste), a segunda maior cidade do Paquistão, informou a polícia local. "As investigações iniciais indicam que a explosão foi causada por um dispositivo equipado com um temporizador e colocado em uma motocicleta", disse à AFP Rana Arif, porta-voz da polícia de Lahore. A polícia local e uma fonte médica informaram que duas pessoas morreram, uma delas um menino de 9 anos, e que 22 ficaram feridas na explosão no bairro de Anarkali. "Até agora nenhum grupo reivindicou a responsabilidade por este ataque", acrescentou Rana. Há algumas semanas, o Paquistão enfrenta um ressurgimento do grupo Tehrik-e-Taliban Pakistan (TTP), o Talibã paquistanês. O TTP, um movimento separado da nova liderança afegã, assumiu a responsabilidade por vários ataques desde o início da semana, incluindo o ataque de segunda-feira a um posto policial em Islamabad, no qual um policial foi morto e dois feridos. Tais incidentes são raros na capital, que está sob forte vigilância policial devido à presença de dezenas de embaixadas estrangeiras e onde a segurança melhorou nos últimos anos. O ministro do Interior paquistanês, Sheikh Rashid Ahmed, alertou na terça-feira contra a possibilidade de novos ataques. "É um sinal de que as atividades terroristas começaram em Islamabad", disse ele a repórteres. "Este é o primeiro ataque terrorista em 2022 e devemos estar vigilantes". O governo paquistanês havia acordado uma trégua de um mês com o TTP no final do ano passado, mas esse cessar-fogo terminou em 9 de dezembro, pois não houve progresso nas negociações de paz. Fonte:https://www.correiobraziliense.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário