TÚNEL DE TAGUATINGA

TÚNEL DE TAGUATINGA
O FUTURO PASSA POR AQUI

quarta-feira, 5 de janeiro de 2022

Sindilab aponta que diagnósticos de dupla infecção vão aumentar no DF

(crédito: DIPTENDU DUTTA/AFP)
Nos próximos dias, mais casos de covid-19 e Influenza no mesmo paciente serão registrados. Primeira confirmação de Flurona no DF será notificada à Anvisa A preocupação agora é essa: contrair gripe e covid-19 ao mesmo tempo. Com o surto de Influenza A no Distrito Federal, hospitais e unidades de saúde pública estão com estoques vazios da vacina contra a gripe, devido à alta procura. Nesta terça-feira (4/1), o presidente do Sindicato dos Laboratórios de Pesquisa e Análises Clínicas, Alexandre Bitencourt, disse ao Correio que nos próximos dias, os diagnósticos positivos de pessoas com as duas enfermidades devem aumentar. Em Brasília, os laboratórios possuem um kit capaz de identificar os dois vírus ao mesmo tempo no paciente, realizando somente um exame. “Com o mesmo cotonete, é possível realizar os dois testes. Já é previsível que mais casos se confirmem nesta primeira semana”, explica Bitencourt. Na noite desta terça-feira (4/1), o primeiro caso suspeito de Flurona (dupla infeceção) no DF chegou ao Sindilab, porém a informação não era oficial. A entidade explicou que primeiro seria necessário a notificação à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). “Nós recebemos o relato de que há uma infecção conjunta em um paciente de Brasília. Não se pode quebrar o sigilo do paciente. Aguardemos a notificação à Anvisa pelo laboratório que fez o registro”, esclareceu o presidente do Sindilab. O sindicato, que reúne 210 laboratórios da rede particular, está reunindo informações dos seus associados para fazer um balanço dos casos. Bitercourt explicou que, apesar da projeção de aumento de casos, não haveria motivo para pânico. “São sintomas desagradáveis, porém o risco de letalidade é baixo. Já se sabe como tratar a influenza. O mais importante é que todos se vacinem para covid e gripe”, comentou. Na noite desta terça-feira (4/1), o Correio teve acesso ao laudo que confirma o primeiro caso de dupla infecção na capital federal. Escassez De acordo com a Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES-DF), os estoques de vacina contra a Influenza estão quase zerados na rede pública de saúde, pois a procura aumentou. Em nota, a secretaria informou que nesta terça-feira (4/1), algumas regiões zeraram os estoques e não haverá reabastecimento, pois todas as vacinas contra a gripe da Rede Central de Frio já foram distribuídas para as sete superintendências. Esse é o caso da região Oeste. A região Sudoeste possui somente dez doses da vacina contra a gripe. Fonte:https://www.correiobraziliense.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário