TÚNEL DE TAGUATINGA

TÚNEL DE TAGUATINGA
O FUTURO PASSA POR AQUI

domingo, 5 de setembro de 2021

NETO É PRESO SUSPEITO DE MATAR AVÔ DECAPITADO E JOGAR CABEÇA PRÓXIMO A CÓRREGO DE SENADOR CANEDO

Por A VERDADE
A Polícia Civil prendeu, nesta quarta-feira (1º), um jovem de 19 anos suspeito de matar o avô encontrado decapitado em Senador Canedo, na Região Metropolitana de Goiânia. A cabeça da vítima foi localizada nesta manhã após o investigado indicar aos agentes onde a deixou: dentro de uma sacola, em região de mata, próximo a um córrego, a alguns quilômetros de distância do local do crime. O nome do detido não foi divulgado pela corporação, por isso o G1 não conseguiu descobrir quem é responsável pela defesa dele para pedir uma posição sobre o caso. O corpo do idoso, que tinha 82 anos, foi encontrado no final da tarde de terça-feira (31). Segundo a Polícia Civil, um vizinho deu falta dele e chamou a família. Filho da vítima e o neto que foi preso foram à casa e encontraram o corpo do parente. A Polícia Militar também foi acionada e registrou que, segundo os parentes, o idoso não tinha desavenças ou dívidas que pudessem ter motivado o crime. Agentes da Polícia Civil estiveram no local e encontraram indícios de que o próprio neto, que encontrou o corpo do avô junto com o pai, poderia ter cometido o crime. A corporação não divulgou o que gerou a desconfiança. O Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) de Senador Canedo colheu o depoimento do jovem e registrou que ele confessou ter cometido o crime. No entanto, a Polícia Civil informou que o rapaz não contou o motivo ou como tudo aconteceu. Segundo a Polícia Técnico-Científica, a cabeça deve ser identificada por meio de exame de DNA para confirmar que pertence ao idoso decapitado. Fonte: G1 de Goiás

Nenhum comentário:

Postar um comentário